Copenhagen, Toronto e Cingapura são as três cidades mais seguras do mundo
Pixabay/Montagem iG
Copenhagen, Toronto e Cingapura são as três cidades mais seguras do mundo

A segurança nas grandes cidades do mundo é um dos temas mais discutidos nas reuniões com líderes de vários os países. No Brasil, por exemplo, não há uma capital onde a população se sinta realmente segura. Todos os anos, a empresa Economist Intelligence Unit examina diferentes fatores que afetam a vida nas cidades e classifica quais são os locais mais seguros do mundo para morar e visitar.

Para chegar aos nomes das 10 mais seguras do mundo, a pesquisa separou cinco categorias que refletem na segurança: digital, saúde, infraestrutura, pessoal e ambiental. No total, 60 cidades diferentes foram analisadas e Copenhagen, capital da Dinamarca, ficou em primeiro lugar como o destino mais seguro do mundo, com 84,2 pontos em 100. A metrópole europeia se destacou mais em segurança pessoal, que analisou a criminalidade e o sistema de justiça, juntamente com a corrupção e o terrorismo potencial.

Já Toronto, no Canadá, ficou em segundo lugar e marcou 82,2 pontos, deixando Singapura em terceiro lugar, com 80,7. Sydney obteve a melhor pontuação em digital, cobrindo acesso à internet, privacidade e segurança cibernética. A capital japonesa, Tóquio, saiu por cima em segurança de saúde, que examina o acesso à saúde, sistemas de saúde mental e resposta à pandemia.

A segurança da infraestrutura, por outro lado, se refere a todos os tipos de elementos, desde a segurança no transporte e facilidade de uso para pedestres até o gerenciamento de desastres e o abastecimento de água. Hong Kong obteve a pontuação mais alta nesta área.

10º lugar - Estocolmo, Suécia

De uma pequena cidade medieval no Lago Mälaren que marca o início de um arquipélago de 24 mil ilhas e ilhotas no Mar Báltico, tornou-se uma metrópole europeia moderna, progressista e liberal (casamentos de pessoas do mesmo sexo são aceitos!). A cidade é distribuída por 14 ilhas e cortada por canais e pontes. Tem lindos prédios históricos em tons pastéis e jardins tão verdes quanto o Djurgården. Quanto à cultura, dispensa comentários: são cem galerias de arte e 70 museus.

Pelas ruas, Estocolmo apresenta edifícios expoentes da arquitetura moderna. E, nas lojas, mostra os produtos típicos do país, entre eles, cristais, móveis de madeira e artesanatos. Para completar, conta com ótima infraestrutura turística nas áreas de hotelaria e gastronomia.

9º lugar - Melbourne, Austrália

Melbourne vai te encantar, seja com a vida noturna, seja com a pura e simples experiência cultural que proporciona
shutterstock
Melbourne vai te encantar, seja com a vida noturna, seja com a pura e simples experiência cultural que proporciona


É raro encontrar algum morador de Melbourne que não goste da cidade, pelo contrário, eles são apaixonados por ela. E tem motivos de sobra para isso. A capital de Victoria e maior cidade do país é um caldeirão cultural. Para começar, tem a maior comunidade grega fora de Atenas. Imigrantes chineses, italianos, vietnamitas e libaneses também deixaram suas marcas. Por causa de sua população - e arquitetura - tão diversa, o turista até esquece que está na Austrália.

Com cerca de 3 milhões de habitantes, Melbourne cresceu com a descoberta do ouro, na década de 1850. E hoje está no topo da lista de destinos turísticos com boas opções de shopping, restaurantes, baladas e cafés. Talvez por isso seja considerada uma das melhores cidades do mundo para se viver.

8º lugar - Hong Kong, Hong Kong

Hong kong
Unsplash
Hong kong


A cidade de Hong Kong é conhecida como um paraíso de turismo  e consumo do mundo. A região voltou ao domínio da China em 1997 e cada vez mais habitantes do continente chinês viajaram a Hong Kong, impulsionando o setor turístico do local e dinamizando a economia local. Este é um dos quatro pilares da economia de lá e o crescimento de visitantes obrigou os moradores locais a estudarem o mandarim para atender essa demanda.

Entre as principais atrações do paíes estão a ilha de Lantau, que costumava a ser habitada apenas por pescadores e que mantém um ritmo calmo de vida. A cidade também é o berço da Disneyland, que foi inaugurada em 2005, que tem vários elementos da cultura chinesa, como a aplicação das regras do feng shui em todo o planejamento.

7º lugar - Wellington, Nova Zelândia

Pré-estreia da trilogia Hobbit em Wellington atraiu 100 mil fãs
Wellington/ Reuters
Pré-estreia da trilogia Hobbit em Wellington atraiu 100 mil fãs


capital da Nova Zelândia é também a segunda mais populosa do país. Ela abriga restaurantes, cafés, cervejarias artesanais e diversas atrações que contribuem para o clima moderno da cidade.

6º lugar - Amsterdam, Holanda

Também chamado de Jardim da Europa, o Parque Keukenhof é o local que reúne a maior quantidade de flores do mundo
Ducs Amsterdam
Também chamado de Jardim da Europa, o Parque Keukenhof é o local que reúne a maior quantidade de flores do mundo


Leia Também

Abaixo da linha do mar, repleto de canais e perfeito para andar de bicicleta, Amsterdam, ou Amsterdã , chama a atenção de viajantes e famosos que adoram arte, uma boa cerveja e querem experimentar a liberdade do país, que libera até o uso de maconha recreativa. 

Com vida noturna agitada, museus de arte e muita modernidade, Amsterdam reúne diversas atividades diferentes para quem quer aproveitar tudo de um local só. Para visitar a cidade ou qualquer outro ponto da Holanda (Países Baixos), a melhor época é nos meses quentes do hemisfério norte. De março a outubro, quando há a primavera até o fim do verão.

5º lugar - Tóquio, Japão

Tóquio: Curiosidades e destaques da capital japonesa
Unsplash
Tóquio: Curiosidades e destaques da capital japonesa


A capital japonesa é um dos destinos mais cobiçados para quem ama tecnologia. A cidade, que possui a faixa de pedestres mais movimentada do mundo. Com mais de 13 milhões de habitantes,  Tóquio é conhecida por ser uma das capitais mais organizadas e acolhedoras do mundo e riquíssima em cultura. Outro ponto forte é também a sua gastronomia e, nesta cidade, estão alguns dos melhores restaurantes do mundo.

Uma grande metrópole com uma atmosfera contagiante, mas que também oferece refúgios de paz e tranquilidade, com um grande contato com a natureza, por meio de magníficos santuários, ótimos para renovar as energias e conhecer mais sobre a tradição local.

4º lugar - Sydney, Austrália

Sydney
Reprodução
Sydney


Sydney já foi considerada uma das  cidades mais instragramáveis do "mundo" por conta das belezas singulares do local. A cidade também tem muitas belezas naturais e artificiais e por este motivo é chamada de “uma das cidades mais amadas da Austrália”. Entre os pontos turísticos estão o porto, as praias escondidas, o Sydney Opera House e o Harbour Bridge .

3º lugar - Singapura, Singapura

10 melhores destinos para 2015
Getty Images
10 melhores destinos para 2015


Singapura tem uma gastronomia muito rica e deliciosa . Esse pequeno e recente país que fica ao sul da Malásia traz, entre seus destaques, um cenário gastronômico muito amplo e com um conceito de comida de rua tão rico que lá são feitas até convenções internacionais sobre isso. A cidade é tão organizada nesse assunto que foram criados os chamados Hawker Centers, que são centros de comida de rua onde os comerciantes dispõem de uma estrutura para vender os seus produtos.

2º lugar - Toronto, Canadá

Toronto também está entre os destinos mais procurados
Divulgação/NR-7 Comunicação
Toronto também está entre os destinos mais procurados


O Canadá é um dos países preferidos dos brasileiros para cursos no exterior. De acordo com a Pesquisa de Mercado Selo Belta 2019, o país é líder do segmento há 14 anos e continua ofertando ótimos serviços como saúde, infraestrutura e qualidade de vida. Mas se o objetivo é só  visitar Toronto  como turista, dá para aproveitar muitas atrações que a metrópole oferece.

Entre as opções está a CN Tower, uma torre que já foi considerada como uma das mais altas do mundo e possui uma estrutura de 553 metros de altura. Ela recebe cerca de 2 milhões de turistas por ano para essa finalidade. Ela tem um "piso de vidro" e o restaurante mais alto do mundo, que durante 72 minutos gira 360°. O ambiente também foi usado como cenários do filme Highpoint – "O Código da Morte".

1º lugar - Copenhagen, Dinamarca

Copenhagen
Pixabay
Copenhagen


Além de ser a mais segura do mundo, Copenhagenm também é considerada a cidade mais feliz do mundo. O governo local valoriza a importância dos pequenos detalhes da vida, sem ostentação ou luxo, mas prioriza a sensação de conforto e felicidade entre os habitantes. A capital dinamarquesa é elegante e encantadora, um bom lugar para fazer compras, passear, se divertir, fazer compras, comer e tomar um café à beira dos canais. 

Entre as principais atrações da cidade estão os Jardins Tivoli, que se tornou um tesouro nacional e atração obrigatório para quem visita o país. Já o Nyhavn é um canal com prédios e casinhas coloridas às margens do rio. O Palácio de Amalienborg também está no roteiro de quem gosta de boas histórias da realeza e observar peças antigas dentro do museu. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários