Próximo a São Paulo, várias cidades atraem a atenção dos turistas
Pexels
Próximo a São Paulo, várias cidades atraem a atenção dos turistas


O Estado de São Paulo possui o maior número de cidades entre todas as regiões do país. Entre os 645 municípios, existem alguns bem próximos à capital que são pequenos em tamanho e levam a vida de maneira bem pacata, o que atrai a atenção daqueles que vivem perto da metrópole.

O maior atrativo desses lugares é a oportunidade de respirar novos ares e se aproximar ainda mais da natureza e de uma vida tranquila. Veja a lista abaixo e conheça destinos nos arredores de São Paulo que proporcionam diferentes atrações e que fazem esquecer a correria da capital.

1. Cabreúva (80 km de São Paulo)

Cabreúva é um bom destino para fazer um bate e volta
Reprodução/Budismo Kadampa
Cabreúva é um bom destino para fazer um bate e volta


Essa cidade de 50.429 habitantes é um refúgio de natureza e calmaria para quem precisa dar um tempo da rotina caótica, além de ser uma boa opção para quem busca por um passeio “bate e volta” ou um fim de semana de descanso.

O município tem possibilidades de hospedagens mais econômicas, trilhas em meio à natureza e até um templo budista, o Templo Pela Paz Mundial . Nele, os visitantes podem visitar um jardim onde são realizadas atividades de meditação, uma loja com produtos de oferenda e práticas ritualísticas, cafeteria com vista para o templo e chalés de madeira ao lado da mata para quem optar por participar de cursos e retiros.


2. Guararema (80 km de São Paulo)

Guararema
shutterstock
Cidade antiga que une natureza e construções históricas


A cidade com 30.136 habitantes conta com um charme: a parte antiga une natureza às construções históricas e proporciona uma espécie de volta no tempo com trilhos por onde as locomotivas se deslocavam. 

Há atividades para todos os gostos. O Parque Municipal da Pedra Montada, por exemplo, é um espaço ao ar livre por onde os turistas podem caminhar e ver grandes rochas que foram preservadas com o passar dos anos. Já para quem curte passeios mais radicais, os circuitos Off Road são uma boa opção. Neles, os visitantes percorrem um percurso de quadriciclo cheio de aventura. Para curtir esse passeio, o turista paga uma taxa a partir de R$ 300.

3. Pedra Bela (120 km de São Paulo)

Pedra Bela
shutterstock
Pedra Bela


Com 6 mil habitantes, Pedra Bela é cheia de simplicidade de calmaria, mas possui sua dose de aventura também: a principal atração da região é a Grande Tirolesa de 1,9 mil metros de extensão que liga o alto de um morro com a cidade lá embaixo. Nos dias quentes é possível fazer trilhas que levam a refrescantes cachoeiras de águas cristalinas, como a Cachoeira Boca da Mata, com várias quedas d’água onde é possível se refrescar e admirar a natureza.

4. Boituva (120 km de São Paulo)

Boituva
Pexels
Balões de ar quente


Com 62.170 habitantes, Boituva é o melhor destino para quem busca turismo de aventura . Lá está localizado o Centro Nacional de Paraquedismo, que conta com mais de 12 clubes e mais de 8 aeronaves Turbo Helices. No local também são feitos passeios de balão, cujas decolagens são programadas no próprio Centro Nacional de Paraquedismo, ao amanhecer. Já para quem aprecia cachaça, um bom lugar para conhecer é a Fazenda do Pinhal, onde é produzida a cachaça local, Três Coronéis. No engenho, é possível conhecer todas as etapas de produção da bebida desde a moagem da cana até a finalização. 

6. Holambra (130 km de São Paulo)

Holambra, conhecida como 'Cidade das Flores'
shutterstock
Holambra, conhecida como 'Cidade das Flores'


Conhecida como ‘Cidade das Flores’, por ser uma das maiores produtoras do país, Holambra é um destino cheio de charme e elegância, povoada por apenas 12 mil habitantes. A cidade possui lugares característicos da cultura europeia, principalmente porque recebeu grandes influências alemãs e holandesas, e oferece passeios para toda a família.

Um dos pontos turísticos mais visitados é o Moinho Povos Unidos, o mais alto do país, inaugurado em 2008 para comemorar os 60 anos da imigração holandesa no Brasil. É possível visitar os cinco andares da construção e saber como ela foi feita. 

Você viu?

6. Socorro (135 km de São Paulo)

Socorro
shutterstock
Socorro


Com seus 38.878 habitantes, Socorro está localizada na região da Serra da Mantiqueira e é um dos pontos de encontro dos aventureiros que buscam pelo ecoturismo . Arvorismo e rafting pelo Rio Peixe são algumas das opções, mas a  Gruta do Anjo é uma das atrações mais conhecidas. 

Os visitantes podem entrar na gruta via pedalinho e apreciar a caverna com águas cristalinas. As galerias são amplas e a água pode chegar a até 4 metros de profundidade com temperatura de 10°C no entorno, tornando-se um viveiro natural de carpas. O ingresso custa R$ 35 por pessoa e o local já foi cenário de três novelas, tanto da Globo quanto do SBT.

Socorro
Reprodução/Comtur
Gruta do Anjo


Porém, para quem prefere uma boa trilha, Socorro também oferece opções, como a Pedra da Boa Vista, que tem 1300 metros de altura e atrai os que curtem rappel, trekking, caminhada e voo com paraglider.

7. Pedreira (136 km de São Paulo)

Pedreiras
shutterstock
Porcelanas


Pedreira, com seus 48.463 habitantes, chama atenção principalmente pelo artesanato local em porcelana, muito vendido nas lojinhas do centro da cidade, que vão desde vasos e quadros até utensílios de cozinha, louças e esculturas.

O Museu da Porcelana, localizado na Praça Coronel João Pedro, centro, tem entrada gratuita e funciona todos os dias, das 9h às 12h, e das 13h às 17h.

Museu da Porcelana
Divulgação
Museu da Porcelana, em Pedreira


O museu foi instalado em um antigo sobrado no século 19 e o acervo conta com peças que representam a fundação de Pedreira, imigração italiana, ferrovia, comércio, religião, cultura, etc. Além disso, há uma minifábrica onde pode-se ver o processo de fabricação da porcelana. 

8. Santo Antônio do Pinhal (170 km de São Paulo)

Santo Antônio do Pinhal
shutterstock
Santo Antônio do Pinhal


Com pouco mais de 7 mil habitantes, e no coração da Serra da Mantiqueira, Santo Antônio do Pinhal é uma opção barata para passeios e hospedagem, além de ser extremamente charmoso, com muita área verde.

Uma das melhores formas de conhecer a cidade é pelo passeio de trem que sai de Santo Antônio do Pinhal e vai até Campos do Jordão. O Trem Mirante oferece um roteiro de 2 horas e meia, passa pelo centro de Campos do Jordão, trechos da Serra da Mantiqueira e por um dos mais altos pontos ferroviários: Alto do Lajeado, com 1.743 metros de altura.

9. Brotas (290,7 km de São Paulo)

Brotas
Divulgação/Brotas Online
Brotas


Brotas possui 24.636 habitantes e é bastante procurada devido ao ecoturismo. Um dos locais mais buscado é o ‘Cassorova Ecoparque’, um sítio que abriga as cachoeiras Quatis e Cassorova.

O local oferece passeios de visitação às cachoeiras, canionismo (descida de cachoeiras através de uma corda, com a técnica do rapel), cachoeirismo (descida na qual o participante transpõe cachoeiras, saltos, tobogãs e outros obstáculos naturais utilizando diversas técnicas de exploração) e tirolesa, que podem ser comprados à parte. Os preços variam de R$ 250 a R$ 279. 

10. Eldorado (242,8 km de São Paulo)

Caverna do Diabo
Divulgação/Viagens e Caminhos
Caverna do Diabo


Eldorado possui 15.544 habitantes e cresceu graças à busca do ouro no período colonial. Conhecida como ‘Estância Turística’, com belezas naturais como a Caverna do Diabo, o principal ponto turístico da cidade. Ela é a maior caverna do estado de São Paulo e foi descoberta em 1891.

Atualmente, de um total de 6500 metros de extensão, 700 metros dela estão disponíveis para visitação. A área tem iluminação artificial, escadas, passarelas e pontes, facilitando o acesso dos visitantes e respeitando o relevo natural. A entrada custa R$ 25,00 e a cada 20 minutos saem grupos monitorados.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários