Tamanho do texto

Próximo da capital paulista, Socorro é um município preparado para receber turistas com deficiências físicas, idosos, crianças e até jovens mais ousados

Não são poucos os destinos que o Brasil oferece para os turistas corajosos, que gostam de praticar esportes radicais. A cidade de Socorro, localizada a 132 km da capital paulista, no entanto, é uma opção não só para os que procuram se aventurar. Apesar de pequeno, o município oferece diversidade na programação turística, sem deixar a ação de lado.

Leia também: 15 passeios bate e volta saindo de São Paulo

A 132 quilômetros de São Paulo, Socorro é a cidade que oferece de tudo um pouco e fica lotada durante as férias
Divulgação
A 132 quilômetros de São Paulo, Socorro é a cidade que oferece de tudo um pouco e fica lotada durante as férias


De acordo com Deise Formagio, chefe do departamento de turismo de Socorro , além da adrenalina, o visitante pode vivenciar experiências diferentes no meio rural, participar das festas que estão sempre presentes no calendário da estância e se banhar nas cachoeiras, apreciando as belezas da região - um dos maiores atrativos do município.

Quando o assunto é a disputa entre os locais mais procurados da cidade, o Mirante do Cristo e os parques de aventura geralmente geram empate na preferência do público, mas Deise faz questão de defender o lugar que mais gosta de ir com seus familiares.

“O Mirante do Cristo possui uma visão privilegiada da cidade, atendimento turístico às quartas, sábados, domingos e feriados. O núcleo de turismo rural se reúne para fazer exposições, degustação de produtos da roça. É uma programação que não pode faltar na lista de passeios dos turistas”, avisa aos convidados.

A cidade também se destaca na inclusão de portadores de deficiências físicas, já que os moradores da cidade apostaram no potencial da estância, abraçando a ideia de se preparar para ajudar essas pessoas até durante experiências radicais. Centenas de socorrenses foram treinados e, não à toa, o reconhecimento bateu à porta depois de um tempo. Em 2014, o ano da Copa do Mundo no Brasil, a cidade recebeu o prêmio “Rainha Sofia de Acessibilidade Universal de Município”, concedido pelo governo espanhol.

Indicada para todos os estilos, gostos e bolsos, a cidade é um orgulho para quem nasceu por lá. Deise, por exemplo, frisa o quanto foi importante fazer parte de projetos que tiveram o objetivo de receber bem todos os turistas, sem distinção alguma. Ela acredita que o país inteiro deveria se atentar mais ao tema, afinal não temos poucos cadeirantes no território nacional.

Premiada, cidade recebe pessoas com deficiências físicas de braços abertos e os moradores se orgulham muito disso
Divulgação
Premiada, cidade recebe pessoas com deficiências físicas de braços abertos e os moradores se orgulham muito disso


“Em 2005, Socorro fez uma parceria com a ONG Aventureiros Especiais, AVAPE e Ministério do Turismo, para adaptar atividades de aventura para pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida e capacitar as pessoas para atenderem bem”, conta orgulhosa. Em 2007, ainda segundo ela, a estância também implantou o projeto Socorro Acessível, em parceria com o Ministério do Turismo, com o objetivo de adaptar os atrativos turísticos públicos e também conscientizar todos os empreendedores a adaptarem seus negócios.

Leia também: Conheça cinco cidades próximas a São Paulo para aproveitar o frio do inverno

“Outros pontos importantes da implantação do projeto do Socorro Acessível é o grande público que temos para explorar. No último senso do IBGE foi identificado 45 milhões de pessoas com deficiência. Além disso, a cidade acaba atraindo muitas mídias espontâneas, o que é ótimo para a agente”, acrescenta a responsável pelo Turismo da estância.

Opções para o roteiro

1. Mirante do Cristo 

O Mirante do Cristo é um dos pontos turísticos mais procurados, segundo a secretaria de Turismo, para tirar fotos
Divulgação
O Mirante do Cristo é um dos pontos turísticos mais procurados, segundo a secretaria de Turismo, para tirar fotos


Leia também: Saiba quais são os melhores destinos para pessoas da terceira idade

Além de contar com uma linda vista, o local tem playground adaptado para as crianças, sanitários e estacionamento. De acordo com Deise, os turistas sempre procuram o espaço para fotografar e relaxar, já que dá para ter uma conexão especial com a natureza. Lá também é o ponto turístico ideal para conhecer um pouco mais sobre a gastronomia do município:"São vendidos doces, geléias, café, cachaças etc", afirma a socorrense.

2.  Rio do Peixe 

Os rios de aventura, na cidade de Socorro, são ótimos para praticar rafting, por isso atraem tantos turistas ao local
Divulgação
Os rios de aventura, na cidade de Socorro, são ótimos para praticar rafting, por isso atraem tantos turistas ao local


Amado por quem gosta de esportes radicais, o Rio do Peixe é o lugar onde os turistas e os socorrenses praticam rafting. Pertinho de lá existe uma trilha e quem não curte andar muito a pé pode alugar quadricíclos ou até mesmo fazer um passeio de cavalo na área que dá vista para a cachoeira. "A experiência é incrível", assegura Deise, que indica o passeio para pessoas todas as idades.

3. Compras

Além da feira noturna, que é um ótimo local para comprar lanches, o centro da cidade é ótimo para comprar roupas
Divulgação
Além da feira noturna, que é um ótimo local para comprar lanches, o centro da cidade é ótimo para comprar roupas


Por incrível que pareça, além de diversão pela cidade, Socorro é um lugar indicado para quem  gosta de comprar roupas. "Os turistas têm a oportunidade de comprar direto do fabricante com preços cerca de 60% mais baratos em relação às lojas dos grandes centros. Socorro é um dos maiores polos de fabricação de malhas de tricô de São Paulo e, em tempos de alta da inflação, é uma boa opção para quem quer estar na moda sem gastar muito", defende.

O Espaço do Artesanato também faz parte deste roteiro de compras indicado pela secretaria de turismo da cidade. E é uma bela dica para quem gosta de apreciar a cultura e a arte local, com obras de mais de 30 artesãos de Socorro, que podem ser adquiridas a qualquer momento.

4. Parque dos Sonhos

Rapel, arvorismo e tirolesa são atividades que poucos deixam de fazer em Socorro: a cidade dos aventureiros
Divulgação
Rapel, arvorismo e tirolesa são atividades que poucos deixam de fazer em Socorro: a cidade dos aventureiros





Leia também: Viagens curtas, destinos nacionais e turismo corporativo são destaques

O parque dos sonhos é apenas um dos tantos parques de aventura que a cidade abriga. Lá, os turistas andam a cavalo, brincam na tirolesa e ainda podem curtir outras atrações, como  as trilhas ecológicas, o circuito de arvorismo, os passeios de trator,rapel, espeleoturismo e boiacrosse. Quem curte fazer um piquenique com os familiares e amigos também adorará o roteiro. Para Deise, ainda que a viagem seja curtinha, não dá para ir até Socorro e não conhecer um desses parques.