São Paulo tem a maior malha de ciclovias e ciclofaixas da América Latina
Tima Miroshnichenko/Pexels
São Paulo tem a maior malha de ciclovias e ciclofaixas da América Latina

A cidade de São Paulo possui mais de 699 km de vias com tratamento cicloviário permanente, sendo que 667 km são de ciclovias/ciclofaixas, e 32 km de ciclorrotas. Com todo esse aparato, é possível passar por vários pontos turísticos da capital sobre duas rodas, com diferentes rotas que variam de acordo com a programação desejada. 

Para facilitar a rota de quem deseja ver mais da capital paulista de bike, o iG Turismo montou alguns roteiros em diferentes regiões da cidade, com atrações variadas e quantidades de quilômetro diversificadas, bem como o tempo de trajeto. Basta escolher qual o melhor programa. 

Centro histórico

Durante as férias, nos dias de semana é interessante conhecer o centro histórico de São Paulo e testemunhar a região de comércio, além das construções antigas e conservadas que destoam da modernidade da capital. O percurso tem 7,1 km e tempo previsto de duas horas, partindo do pressuposto que as paradas serão dedicadas apenas às fotos, e quatro horas caso deseje entrar nos estabelecimentos e instalações.

O percurso inclui: Pateo do Collegio, Solar da Marquesa, Caixa Cultural, Praça da Sé, Rua Benjamin Constant, Largo São Francisco – Faculdade de Direito da USP, Rua Líbero Badaró, Prédio da Prefeitura, Viaduto do Chá, Vista do Anhangabaú, Praça Ramos, Theatro Municipal, entre outros pontos.

Da Luz à Liberdade

Esse é o roteiro ideal para um sábado, principalmente porque a Pinacoteca do Estado e o Museu da Língua Portuguesa têm entrada gratuita. Além disso, na Praça da Liberdade acontece a famosa feira com comidas típicas e artesanato da cultura oriental. O percurso tem 5,6 km e tempo previsto de três horas de pedalada, mas pode-se contar seis caso queira de fato entrar na Pinacoteca ou no Museu.

O percurso passa por: Parque da Luz, Pinacoteca, Museu da Língua Portuguesa, Cásper Líbero, Rua Antonio de Godoi, Largo Paissandu, Galeria Olido, Galeria do Rock, Dom José de Barros, Barão de Itapetininga, Rua Marconi, Dr. Bráulio Gomes, Biblioteca Mário de Andrade, Xavier de Toledo, Theatro Municipal, Praça Ramos de Azevedo, São João, Vale do Anhangabaú, entre outros.

Leia Também

A rota dos parques

Também para os dias de semana durante as férias, dar passeios pelos parques da capital é uma ótima opção, principalmente com a possibilidade de parar em algum lugar para fazer um piquenique ou até mesmo conhecer o próprio parque de bike. O percurso inclui o Parque Villa Lobos e Parque do Povo, ambos conectados pela ciclovia do Rio Pinheiros. Todo caminho tem 23 km e tempo previsto de duas horas, mas podem ser quatro dependendo das paradas que forem feitas. 

O caminho percorre: Parque Villa-Lobos, Av. Prof Fonseca Rodrigues, Ponte Cidade Universitária, Ciclovia do Rio Pinheiros, Ciclopassarela e Parque do Povo.

Avenida Paulista e Ibirapuera

O percurso é recomendado para ser feito com a ciclofaixa de lazer que funciona aos domingos e feriados, das 7h da manhã às 16h. Por meio dele, é possível atravessar toda a extensão da avenida mais popular da capital, passando também por outros atrativos culturais, como ir ao Parque das Bicicletas e Ibirapuera, na região sul, perto dos bairros Vila Mariana e Moema.

O percurso tem cerca de 15 km, contando apenas a ida e, em média, de duas a quatro horas de duração. O trajeto passa por: Av. Paulista, Conjunto Nacional, Parque Mario Covas, Parque Trianon, Masp, Centro Cultural Fiesp, Espaço Cultural Citi, Prédio da Gazeta, Instituto Itaú Cultural, Casa das Rosas, Rua Vergueiro, Rua Domingos de Morais, Av. Jabaquara, Av. Indianópolis, Parque das Bicicletas e Ibirapuera.


** Estagiário das editorias Queer, Canal do Pet e Turismo desde 2021, Miguel Trombini já passou pelas editorias Delas e Receitas. Produz majoritariamente para a página LGBTQIAP+ do iG e utiliza um pouco da experiência como homem trans e gay para oferecer o conteúdo mais completo possível acerca da diversidade sexual e de gênero.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários