As queimadas no Pantanal começaram há dois meses. A polícia está buscando pelo culpado por iniciar os incêndios , que já devastaram uma área de mais de 2 hectares e atingiram pontos turísticos. Um dos locais que sofreu com as chamas foi a fazenda Dolina Água Milagrosa, localizada a 250 km de Cuiabá, capital do Mato Grosso. 

escadaria da Dolina Água Milagrosa
Reprodução/Instagram/TV Centro América
Fogo destrói escadaria e vegetação da Dolina Água Milagrosa

O ponto turístico é um famoso ponto de mergulho com águas azul-turquesa e cerca de 100 m de profundidade. O local é dentro de uma propriedade particular e teve a vegetação e a escadaria que dá acesso às águas destruídas pelo fogo. Marcelo Crastillon, o proprietário da fazenda, disse em entrevista ao G1 que não conseguiu conter as chamas.

"Tivemos a ajuda de alguns vizinhos. Acionamos os bombeiros, mas eles não puderam atender ao chamado, porque estariam apagando incêndios em outros locais. Infelizmente, não tivemos êxito ao apagar esse fogo", contou. As visitas na Dolina Água Milagrosa foram canceladas e só serão retomadas quando as escadas forem reconstruídas. A previsão de Marcelo é que isso só ocorra no próximo ano.

O dono da fazenda também disse que as chamas estão se encaminhando para as propriedades vizinhas. Ele contou que estão tentando apagar as chamas, mas não estão tendo sucesso. "Estamos aqui há mais de 50 anos e nunca aconteceu um incêndio com tanta força e devastação", declara.

"Esperamos uma chuva para acabar com esse fogo e para evitar que outras propriedades sejam atingidas. Estamos muito tristes. A Dolina é considerada uma das belezas naturais mais preservadas no estado. Agora é esperar que a chuva deste ano seja abundante para que a flora possa se recuperar", desabafa Marcelo.

    Veja Também

      Mostrar mais