O período entre o Carnaval e as férias de julho é ideal para fazer viagens e gastar pouco. Chamado de baixa temporada, nesses meses os destinos nacionais tendem a ficar mais baratos do que durante o verão e férias escolares, além de ficarem mais vazios também.

Leia também: O que fazer se o destino da sua viagem tem casos de coronavírus

Aqueles que gostam de ir contra o fluxo, esse é o melhor momento para tirar as férias ou pegar uma folga. Para economizar de verdade, a dica é buscar promoções em plataformas de ofertas locais para garantir uma estadia ainda mais em conta na baixa temporada

Se você vai tirar uns dias de descanso nesse período, mas não sabe qual destino conhecer, veja cinco opções de lugares no Brasil que o iG Turismo separou e que valem uma visitinha.

Florianópolis

praia arrow-options
shutterstock
Praia da Lagoinha do Leste, em Florianópolis

A Ilha da Magia, como é conhecida, estará propícia para uma visita entre os meses de março a junho. O clima durante o outono é ameno, com dias de calor de 28ºC e outros com as temperaturas mais baixas, porém é ideal para passeios ao ar livre e não estraga a visita pelas 42 praias da cidade.

Leia também: 10 praias tranquilas para conhecer em Florianópolis

Em comparação aos outras estações do ano, como no verão e julho, a passagem aérea para Florianópolis está mais em conta. Em pesquisa no Google Flights* , um ticket saindo de São Paulo no mês de maio custa em torno de R$ 200, enquanto em dezembro esse valor sobe para R$ 900.

As hospedagens também estão mais baixas nesse período. No Chalés Villa Bella, por exemplo, uma diária para duas pessoas com cortesia para crianças até 2 anos, custa R$ 139 a noite. A promoção do Peixe Urbano fica em vigor até junho.

Caldas Novas

caldas novas arrow-options
Divulgação/ViajaNet
Caldas Novas, em Goiás, tem muitos parques aquáticos com águas termais

As águas quentes e termais do município de Caldas Novas , em Goiás, atraem muita gente no inverno, especialmente no mês de julho com as férias escolares. Por isso, a dica é aproveitar o outono, mesmo tendo os meses de março e abril com bastante chuva. Nessa época os preços estão melhores e as temperaturas mais amenas para curtir os resorts e parques aquáticos.

Leia também: 10 atrações para conhecer em Caldas Novas

O acesso até Caldas Novas pode ser feito por ônibus e carros saindo de Brasília (300 km de distância) e de Goiânia (170 km de distância) ou de avião. O aeroporto da cidade é pequeno e a quantidade de voos é baixa. O preço saindo de São Paulo no mês de maio custa R$ 200, já em julho pode chegar acima de R$ 500.

Na hospedagem, o Di Roma Exclusive cobra a diária de R$ 109 para quatro pessoas em um quarto. A promoção no Peixe Urbano vale para sete dias e ainda inclui entrada gratuita no parque interno do resort.

Bonito

bonito arrow-options
shutterstock
Gruta do Lago Azul em Bonito, Mato Grosso do Sul, é melhor frequentada na baixa temporada

O outono também é a estação ideal para visitar Bonito , no Mato Grosso do Sul. Fora da temporada, os passeios de ecoturismo ficam mais acessíveis e, como é um período de pouca chuva, os programas aquáticos são mais favoráveis. As cavernas, como a Gruta do Lago Azul, são passeios indispensáveis .

A cidade não tem aeroporto, então para acessá-la vindo de outros estados é necessário viajar até Campo Grande, capital do Estado, e partir de carro alugado para Bonito, distante cerca de 300 km. A passagem de ida no Google Fights, saindo de São Paulo, custa em torno de R$ 300 em maio. Já no mês de janeiro, alta temporada, esse valor sobe e pode chegar a R$ 3.000.

Natal

natal arrow-options
shutterstock
Natal é um destino que faz sucesso em todas as épocas do ano, mas no outono tem preços bem abaixo do normal

Quem não abre mão de praia pode aproveitar Natal, no Rio Grande do Norte, durante a baixa temporada. Além das belas dunas e praias paradisíacas, a cidade também tem toda a infraestrutura e aspectos de uma metrópole. 

O outono é chuvoso no extremo do Nordeste, mas tem temperaturas altas com máximas entre 30ºC e 28ºC. As chuvas não irão atrapalhar os passeios pela cidade, que fica bem mais em conta nessa época.

Leia também: Conheça a Praia de Pipa, o paraíso de Natal

Uma passagem aérea de ida para Natal, saindo de São Paulo, de acordo com o Google Flights, custa em maio R$ 600. O mesmo trecho no verão, entre dezembro e março, pode chegar a R$ 2.400 por pessoa. 

Serra Gaúcha

gramado arrow-options
shutterstock
Gramado é uma das cidades mais famosas da Serra Gaúcha

A Serra Gaúcha é um destino ideal para quem quer curtir as baixas temperaturas. Abrigando cidades conhecidas como Bento Gonçalves, Canela e Gramado, a Serra oferece preços mais em conta no outono, basta planejar a viagem fora das férias escolares e feriados. 

A região conta com vinícolas, o parque de neve Snowland, festas temáticas e cidades históricas que chamam atenção pela arquitetura. O turista pode escolher conhecer a região com inspirações italianas, alemãs ou gaúchas.

Para chegar até a região é necessário desembarcar no Aeroporto Internacional Salgado Filho, em Porto Alegre, e seguir de carro. Uma passagem para o Rio Grande do Sul, saindo de São Paulo, custa em média R$ 200 no outono e em outras épocas do ano pode chegar a R$ 800.

Leia também: Veja quais são as melhores atrações da Serra Gaúcha

Na cidade de São Cristóvão, uma diária durante a baixa temporada no Hotel Prata Villagio com café da manhã custa R$ 129, com acomodação em quarto de luxo e cortesia para crianças de até 5 anos.

    Veja Também

      Mostrar mais