Tamanho do texto

Essas dicas de como economizar em Buenos Aires ajudarão a cortar despesas com coisas como hospedagem, transporte e alimentação durante a viagem

A capital da Argentina é um destino em alta entre os turistas brasileiros, principalmente devido ao câmbio favorável (com R$ 1,00, é possível comprar 13 pesos argentinos*). E para tirar o máximo proveito dessa situação, existem ainda mais dicas de como economizar em Buenos Aires.

Leia também: 5 dicas para economizar na viagem ao Chile

Obelisco de Buenos Aires visto a partir do chão arrow-options
shutterstock
Saber como economizar em Buenos Aires irá ajudá-lo a potencializar ainda mais o câmbio favorável

Mas quais seriam as melhores dicas? Para responder a essa pergunta, o iG Turismo conversou com Izabella Lessa, gerente comercial da Azul Viagens, que compartilhou sete conselhos de como economizar em Buenos Aires .

Como economizar em Buenos Aires #1: Planeje bem a viagem

Tachinha marcando Buenos Aires no mapa arrow-options
shutterstock
Como economizar em Buenos Aires: planejar bem a sua viagem é essencial para definir e distribuir seu orçamento

Para começar, é essencial saber o que vai fazer por lá. Quanto mais claro for o seu objetivo e o seu roteiro para a visita à capital da Argentina , melhor você conseguirá distribuir seu orçamento para as diferentes atividades nas quais tiver interesse.

Como economizar em Buenos Aires #2: Escolha um hotel longe do centro 

Letreiro de hotel iluminado à noite em Buenos Aires arrow-options
shutterstock
Como economizar em Buenos Aires: hotéis mais distantes do centro são uma opção ao mesmo tempo segura e barata

Hospedar-se próximo das atrações turísticas tem suas vantagens, mas economizar não necessariamente é uma delas. Para fugir de preços altos, procure hotéis mais distantes, principalmente se sua viagem para Buenos Aires for curta. "Para viagens mais longas mais longas talvez faça sentido ir com o Airbnb", observa Izabella.

Como economizar em Buenos Aires #3: Feche um pacote de viagem 

Passagem para Buenos Aires junto de um celular sobre uma mesa arrow-options
shutterstock
Como economizar em Buenos Aires: fechar um pacote de viagem pode sair mais barato do que comprar tudo separadamente

Os pacotes de viagens, sejam eles pré-prontos ou feitos "sob medida" costumam sair mais em conta porque as agências têm acesso mais fácil preços e promoções de passagens e hospedagens. Além disso, eles te darão uma maior segurança caso ocorram imprevistos com seu voo ou seu quarto de hotel.

Como economizar em Buenos Aires #4: Use o transporte público 

Interior da estação Carlos Gardel do metrô de Buenos Aires arrow-options
shutterstock
Como economizar em Buenos Aires: se não tiver pressa para transitar, o transporte público é a opção mais barata

Se tempo não for um problema para você, a forma mais barata de se locomover numa viagem para Buenos Aires é com o transporte público. Caso esteja com pressa ou queira um pouco mais de conforto, táxis ou Ubers também são opções viáveis.

Leia também: 9 bairros de Buenos Aires para você explorar durante sua próxima viagem

Como economizar em Buenos Aires #5: Coma em restaurantes locais 

Restaurantes de rua em Palermo arrow-options
shutterstock
Como economizar em Buenos Aires: comer em restaurantes voltados para a população da cidade pode ser mais viável

Saber como economizar em Buenos Aires também significa saber onde comer. A não ser que você realmente queira uma experiência gastronômica diferenciada, o ideal é procurar por estabelecimentos locais, cuja clientela seja composta por cidadãos da capital da Argentina.

Como economizar em Buenos Aires #6: Compre produtos nacionais 

Pessoas andando pela feira de San Telmo arrow-options
shutterstock
Como economizar em Buenos Aires: produtos feitos na própria Argentina são mais baratos que aqueles importados

Quando for às compras, evite lojas de marcas importadas ou que você poderia encontrar em cidades brasileiras também. Se você quer economizar em Buenos Aires, o ideal é comprar produtos feitos na própria argentina. Segundo Izabella, as melhores alternativas são artigos em couro, vinhos e chocolates.

Como economizar em Buenos Aires #7: Use o real para pagar pelas coisas 

Homem contando notas de 100 reais arrow-options
shutterstock
Como economizar em Buenos Aires: não se preocupe com casas de câmbio e use o real para ir às compras na cidade

Nem pense em trocar o real pelo dólar quando viajar para Buenos Aires. Diversos comércios da cidade aceitam o real sem precisar trocar por outra moeda. Assim você não precisa gastar dinheiro extra comprando dólares, nem pegar fila para trocar suas economias por pesos argentinos.

Leia também: Quer viajar para Buenos Aires? Saiba qual a melhor forma de aproveitar a cidade

Portanto, se você quiser uma opção de destino em conta e próxima do Brasil, basta lembrar dessas dicas de  como economizar em Buenos Aires  na hora de planejar sua próxima viagem para o exterior.

* Valor consultado em 16 de setembro e sujeito a mudanças