Tamanho do texto

As sugestões vão de como fazer compras até como se locomover pelo país

Seja para  esquiar no Valle Nevado e em outras montanhas chilenas , ou para passar três dias em Santiago e região , fazer uma viagem ao Chile pode ser uma boa oportunidade para explorar novos horizontes sem ir muito longe do Brasil.

Fachada e praça do Palacio de La Moneda, em Santiago, no Chile arrow-options
shutterstock
Seguindo essas dicas, você poderá aproveitar sua viagem ao Chile sem precisar gastar todas as suas economias

E ainda há um atrativo a mais para embarcar para esse destino. Com alguns cuidados, a sua viagem ao Chile pode ficar bem mais em conta. 

E para você saber exatamente o que fazer para gastar menos, a jornalista e influenciadora Mili Anjos separou algumas dicas de como economizar  por lá. Mas fique tranquilo, pois esse não é um trabalho de Hércules. "O Chile é muito parecido com São Paulo, tem para todos os bolsos", observa a influenciadora.

Como economizar na viagem ao Chile indo às compras

Fachada do Arauco Premium Outlet, em Santiago, com carros estacionados em frente arrow-options
shutterstock
Para economizar, os outlets são as principais opções para compras físicas durante a sua viagem ao Chile

Segundo Mili, o Chile tem diversos acordos de livre comércio com outros países, principalmente no caso do e-commerce. "Por exemplo, você pode comprar algo na Amazon e eles entregam no Chile sem taxa de importação, apenas paga a taxa de correio", exemplifica.

Caso não vá ficar tempo suficiente aproveitando o turismo no Chile para receber suas encomendas, uma alternativa barata é ir aos outlets, onde você encontra peças e produtos de várias marcas por preços mais acessíveis.

Como economizar na viagem ao Chile saindo para esquiar

Turistas passeando em frente a estação de esqui no Chile arrow-options
shutterstock
Principalmente no começo e no final da alta temporada, as estações de esqui oferecem promoções para os turistas

Mili lembra que as estações de esqui oferecem diversas promoções para quem vai aproveitar a neve que cobre os Andes entre junho e agosto. Isso acontece principalmente durante o início e o final da temporada, então fique de olho para não perder a neve e a economia.

Quanto ao tamanho das ofertas, alguns sites oferecem pacotes com descontos que vão até 50%, ou então com descontos exclusivos para determinados países - dentre eles o Brasil e a Argentina.

Leia também: 7 viagens rápidas para aproveitar destinos da América do Sul em 3 dias

Como economizar na viagem ao Chile explorando o país

Ônibus turístico de dois andares no Chile arrow-options
shutterstock
Para explorar o país durante sua viagem ao Chile, os ônibus podem ser a sua melhor opção para economizar

Para se locomover em sua viagem ao Chile, Mili recomenda o uso dos ônibus, os quais permitem aos turistas atravessarem todo o país por um preço bastante acessível. O aluguel de carro também é uma opção barata para quem vai viajar por lá.

Um aviso para quem procura como economizar e acha que o Uber pode ser uma saída: embora ele funcione em alguns locais, circular de Uber ou com outros aplicativos de transporte não é permitido pela lei chilena - então é melhor investir em outras formas de locomoção.

Como economizar na viagem ao Chile fazendo tours culturais

Fachada do Museo Historico Nacional do Chile, na Plaza de Armas de Santiago arrow-options
shutterstock
Lugares como o Museo Historico Nacional são ótimas ideias de como economizar num roteiro cultural, pela entrada franca

Outro ponto forte do turismo no Chile, principalmente para os amantes de história e cultura, é é a visitação a galerias, museus e centros culturais. E, para sua sorte, vários deles oferecem entrada franca.

Ou seja, você pode descobrir um pouco mais da cultura do país sem precisar pagar, principalmente se visitar Santiago. Segundo Mili, alguns estabelecimentos do tipo são o Museo Nacional de Bellas Artes e o Museo Historico Nacional.

Vários marcos turísticos e históricos também podem ser visitados gratuitamente, como o Parque Bicentenario, o Centro Histórico de Antofagasta e o Cerro San Cristóbal. Para os amantes de chocolate, vale aproveitar as degustações gratuitas na Ruta del Chocolate, na região da cidade de Valdivia.

Como economizar na viagem ao Chile escolhendo sua hospedagem

Quarto de hotel no Parque Nacional Torres del Paine, no Chile arrow-options
shutterstock
Quanto às hospedagens na sua viagem ao Chile, o Airbnb e os alojamentos são mais em conta, mas são mais concorridos

Por fim, a escolha do hotel é muito importante para qualquer viagem, principalmente em destinos mais concorridos como o Chile. E nessa empreitada, existem três opções que saem mais em conta: os grandes hotéis, os alojamentos compartilhados e as hospedagens do Airbnb.

As opções do Airbnb  são as mais em conta, mas também são muito procuradas. Os que mais enchem, porém, são os alojamentos compartilhados. Quanto aos hotéis, vale a mesma dica que para outros destinos: pesquisar qual atende às suas exigências e às do seu bolso.

Dessa forma, sua viagem ao Chile , seja na alta temporada das estações de esqui, seja na temporada de compras em cidades como Santiago, ficará bem mais barata do que se você simplesmente mergulhar de cabeça e deixar a carteira de fora do planejamento.