Entre ter um celular de última geração e viajar, o que você escolheria? Este mês, a Apple anunciou três novos modelos de seus aparelhos: o iPhone XR, o iPhone XS e o iPhone XS Max. Nos Estados Unidos , esses aparelhos serão comercializados de US$ 749 a US$ 1.099 (aproximadamente de R$ 3.108 a R$ 4.560), tudo vai depender do modelo e da memória do celular. Só que com esse valor dá para comprar passagens aéreas e fazer viagens incríveis.

undefined
shutterstock
Os valores dos novos iPhones prometem ser altos e com esse valor dá para comprar passagens aéreas para vários destinos


Os novos modelos da Apple devem chegar ao Brasil no final do ano e os preços em que serão vendidos aqui ainda não foram divulgados, mas considerando os valores dos modelos anteriores, a estimativa é que custem de R$ 5.520 a R$ 10.150. Claro que tem muita gente ansiosa pelos novos celulares, mas também tem muito turista colocando os custos na balança e vendo que com esse valor dá para comprar mais do que apenas as passagens aéreas .

Para fazer um comparativo, o Voopter, aplicativo brasileiro de comparação de preço de passagens aéreas e promoções, analisou valores e listou destinos que custam menos que um iPhone. Durante a pesquisa foi constatado que pode ser até mais vantajoso fazer uma viagem para uma cidade norte-americana e comprar o celular no exterior.

1. Miami – Passagens aéreas custam em média R$ 1.828

undefined
Divulgação
As passagens aéreas para Miami não são tão caras, e vale a pena viajar e ainda comprar o aparelho lá fora


Essa conta é simples! Casos os preços estimados para os celulares estejam corretos, vale mais a pena viajar para os Estados Unidos, curtir as atrações de Miami e comprar por lá um novo aparelho para trazer para casa.

As passagens aéreas para o destino estão custando em média R$ 1.828 e, dependendo do local de partida, os valores são ainda menores. Os valores das passagens aéreas para quem parte de Fortaleza, por exemplo, estão custando em média R$ 1.417, esse valor somado ao valor que o iPhone é vendido nos Estados Unidos fica em torno de R$ 4.963, ou seja, é mais barato do que o celular será comercializado no Brasil.

2. Joanesburgo – Passagens aéreas custam em média R$ 2.300

undefined
shutterstock
Joanesburgo, na África do Sul, é outra opção de destino em que as passagens aéreas são mais baratas que comprar o iPhone


Outra opção é atravessar o Atlântico e conhecer o continente africano. Por lá, é possível fazer um ótimo roteiro pela África do Sul, incluindo safáris e praias maravilhosas. Além de belas paisagens, o local conta com moradores hospitaleiros que recebem muito bem os turistas. Uma dica de passeio é o Museu do Apartheid, que leva o visitante a mergulhar na história através de vídeos, fotos, textos e objetos da época.

O Lion Park é outra atração recomendada, pois o turista pode ficar perto de animais selvagens típicos da região. Na Cidade do Cabo, os apaixonados podem fazer um tour romântico que inclui jantares no shopping Victoria & Albert Waterfront, vinhos nas vinícolas da região ou passeios de helicóptero para admirar o litoral da cidade. Para curtir um belo pôr-do-sol, faça uma visita ao Parque Natural do Cabo da Boa Esperança.

3. Pequim – Passagens aéreas custam em média R$ 3.800

undefined
shutterstock
Pequim, na China, é um dos lugares mais surpreendentes da lista por ser distante, mas possuir passagens aéreas em conta


Acredite se quiser, mas também dá para ir para o outro lado do mundo com o valor desse celular. O turista que busca fazer uma viagem mais exótica pode preparar um roteiro pela capital da China. A indicação é começar pela Cidade Proibida, um palácio imperial desde meados da Dinastia Ming até ao fim da Dinastia Qing. O local fica no centro da antiga cidade de Pequim que, hoje, abriga diversos palácios e imensos museus com tours, exposições de arte e restaurantes.

Perto dessa atração fica outro ponto turístico que vale a pena ser visitado, a Praça da Paz Celestial. Quem gosta de esportes pode aproveitar a viagem para conhecer o famoso Estádio Ninho de Pássaros, que foi construído para as Olimpíadas de 2008. A gastronomia exótica também se torna uma atração à parte, então vai com o estômago preparado.

4. Auckland – Passagens aéreas custam em média R$ 4.100

undefined
shutterstock
Auckland é a cidade mais popular entre os brasileiros que vão a Nova Zelândia e as passagens aéreas estão baratas


A maior  cidade da Nova Zelândia mistura belezas naturais, bons restaurantes e ótimos lugares para fazer compras. Mesmo sendo um ambiente urbano, as pessoas estão a cerca de 30 minutos de belas praias e trilhas para caminhadas, o destino também fica perto de ilhas que costumam encantar os turistas. O clima local é quente e os dias geralmente são ensolarados.

A cultura de Auckland tem muita influencia da polinésia, envolvendo ótima gastronomia, bons vinhos e lugares para compras de alto requinte. No roteiro, não deixe de colocar visitas a Wynyard Quarter, Viaduct Harbour e o Britomart. Depois de explorar bem a cidade, é possível conhecer regiões próximas para degustar vinhos e admirar paisagens formadas por colinas e pelo mar.

5. Praga – Passagens aéreas custam em média R$ 2.928

undefined
shutterstock
Praga, na República Tcheca, além de contar com promoções de passagens aéreas, possui um câmbio favorável


Esse destino da República Tcheca é uma boa pedida para quem gosta de cultura, história e cerveja. Todos esses elementos vão tornar a viagem inesquecível e, o melhor, é que comparado com outros destinos da Europa é uma região com ótimos preços – principalmente porque a moeda não é o Euro, mas sim a Coroa Tcheca (CZK), que possui câmbio favorável, no qual R$ 1 equivale CZK 5,3.

Bom, mas isso também não significa que tudo em Praga é uma pechincha, as coisas no destino equivalem ao preço pago no Brasil. O local é basicamente dividido em quatro regiões, são elas: Cidade do Castelo, Cidade Pequena, Cidade Velha e Cidade Nova, e em cada área o turista tem muito para explorar. O Castelo de Praga, o Relógio Astronômico, a Ponte Carlos, o bairro Judeu e a Igreja de Nossa Senhora da Vitória, dedicada ao Menino Jesus de Praga, são algumas das atrações indicadas.

6. Dubai – Passagens aéreas custam em média R$ 4.000

undefined
shutterstock
A moderna Dubai é uma cidade cara, mas, mesmo assim, as passagens aéreas são mais baratas que comprar um iPhone


A moderna arquitetura dessa cidade dos Emirados Árabes tornou o destino o mais conhecido internacionalmente da região. Assim como São Paulo, Dubai é daqueles lugares que não param e, como possui atrações gigantescas, vários lugares recebem o título de “maior do mundo”. Tudo é muito moderno porque petróleo rende muita riqueza para a cidade e isso se reflete nos carros, que geralmente são de luxo, na variedade de lojas de grifes e nas imponentes construções.

Leia também: 7 passos simples para planejar viagem dos sonhos sozinho; confira e tente 

Deu para perceber que com o valor do celular dá para comprar passagens aéreas para diversos destinos, então é só escolher o que você prefere e fazer as malas - quem sabe o celular novo não volta com você em sua bagagem?

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários