O iG Turismo foi conhecer o Clara Ibiúna Resort, opção de acomodação ideal para famílias; veja o que achamos
Clara Ibiúna Resort/Divulgação
O iG Turismo foi conhecer o Clara Ibiúna Resort, opção de acomodação ideal para famílias; veja o que achamos

Com a aproximação da chegada das férias de julho, diversos viajantes começam a buscar opções de passeio, viagens e estadias para usufruir no descanso – principalmente as famílias com crianças, devido ao recesso escolar. O Clara Ibiúna Resort, localizado em Ibiúna, interior de São Paulo, é uma opção para quem encontra o melhor dos mundos: seguro e com muitas opções de lazer para crianças; elegante, aconchegante e relaxante para os adultos.

A cidade fica localizada a pouco mais de 70 km da capital paulista (um trajeto que dura em torno de duas horas e meia) e é pequena – tem pouco mais de 1 mil km². Desse tamanho, cerca de 56 hectares são ocupados pelo luxuoso hotel, que se destaca pela área verde preservada, as construções sofisticadas e as diversas possibilidades de lazer ao ar livre. O espaço é tão grande que demanda organização do hóspede para que não precise dar muitas voltas ou retornar ao quarto em diversos momentos. No entanto, é possível pegar caronas com carrinhos de golfe que circulam o dia inteiro, sendo ainda uma facilidade para pessoas com mobilidade reduzida.

Entre as belezas naturais dentro do Clara Ibiúna Resorts estão as águas da represa de Itupararanga, a estrela do hotel, que ocupam cerca de 3 km de margem do interior e fazem companhia ao visitante em todos os momentos do dia; seja como vista dos apartamentos e restaurante ou por ser cenário de passeios de barco e atividades náuticas diárias.

Não à toa, essas exclusividades e confortos atraem alguns visitantes famosos. No fim de semana em que o iG Turismo visitou o Clara Ibiúna Resort, estavam entre os hóspedes o apresentador e jornalista Reinaldo Gottino e o político Thammy Miranda, ambos ao lado da família.

A decoração interna remete às casinhas de fazenda e conta com muitos elementos naturais e rústicos. Os prédios que abrigam os apartamentos transmitem leveza e se integram facilmente à paisagem ao redor. Tudo isso constrói uma atmosfera de aconchego e de zelo com a natureza. Entre outros atributos estão uma bela floresta própria – por onde é possível fazer trilhas –, haras, área fitness, piscinas cobertas e descobertas, quadras de futebol, tênis e beach tennis, spa by L'Occitane, salão de jogos, teatro e até mesmo uma capela.

O resort inaugurou em novembro do ano passado o Bloco Península, que conta com uma nova piscina e um bar com menu à la carte. Mesmo chegando por último, o espaço é, definitivamente, o mais badalado em dias quentes.

O sucesso da novata de águas esverdeadas foi tão grande que as outras duas piscinas, mais próximas da recepção e do restaurante, se tornaram muito menos usadas. Alguns hóspedes preferem pagar porções e lanches à parte para não perder a piscina para o almoço (que está incluído no pacote). Logo, as piscinas mais antigas são opção apenas para quem quer mais sossego e passaram a cumprir mais o papel de acrescentar mais beleza à paisagem. Por estar em uma posição mais alta e não ter árvores ao redor, a Piscina Península também recebe mais luz solar.

A diversidade de recreação e opções de lazer se estendem ao período noturno. No entanto, por mais que haja do que desfrutar ao ar livre, a iluminação do hotel não dá conta dos espaços no período da noite e o visitante acaba não conseguindo desfrutar tanto de outros atributos a não ser os internos.

Nesse caso, o ideal é apreciar o jantar, degustar a carta de vinhos, desfrutar do salão de jogos ou ir às apresentações noturnas realizadas por monitores. O lado bom é a possibilidade de se deitar na grama ou nas espreguiçadeiras para admirar as estrelas, que são vistas aos montes à noite.

Acomodações

O resort conta com 124 acomodações que se dividem entre apartamentos e suítes. Esses quartos ficam localizados em chalés, casas de madeira e até mesmo construções subterrâneas no nível da represa. Todos os apartamentos contam com vista para o lago, além de varanda, cama queen size, duas camas de solteiro, banheira, ducha e cuba dupla nos banheiros.

O iG Turismo ficou hospedado no Apartamento Superior Represa, que fica próximo da área do spa, academia, piscina coberta e hípica; além da recepção principal, restaurante e duas das três piscinas descobertas.

A acomodação dispõe de uma bela vista para o lago, que é emoldurado pela natureza do resort e pelas florestas mais ao horizonte. Essa vista é bonita em todos os períodos do dia, seja ao relaxar na varanda ou para acordar com as janelas abertas. No período da noite, vale voltar os olhos para o céu para observar as estrelas. A área do apartamento, de mais de 554 m², é bem ampla e capaz de acomodar até quatro pessoas confortavelmente.

As suítes dos chalés têm metragens entre 24 m² e 51 m² e se dividem pelas casas térreas – a Suíte Sede é a menor e mais simples, enquanto a Suíte Mata Conjugada é a maior. Todas têm proximidade com a área da represa e vista para o lago; com exceção da Suíte Mata, que fica em um espaço dentro da floresta do resort.

A Suíte Master é modesta em metragem, mas é aconchegante: são 69 m² que acomodam até cinco pessoas. A acomodação conta com piscina privativa, mas, pela proximidade com as piscinas gerais e o restaurante, pode não oferecer muita quietude.

Por fim, a Suíte Presidencial tem área de 165 m² e foi construída logo abaixo da área da Piscina e do Bar Península. Ela tem acesso totalmente integrado à represa e conta com exclusividades como varanda, jacuzzi, piscina privativa, espreguiçadeiras, lareiras e uma área de estar cercada por grandes janelões.

Perfeito para famílias

Inaugurado em 2017, o resort é o segundo empreendimento do grupo Clara Resorts, os mesmos responsáveis pelo Santa Clara Eco Resort, instalação em Dourado (também no interior de São Paulo) que já foi eleita pelo Traveller's Choice, premiação promovida pelo TripAdvisor, como o segundo melhor do mundo para famílias; além de o melhor hotel da América do Sul e América Latina.

Apesar de funcionar muito bem para casais e grupos de amigos, o título poderia ser facilmente oferecido à unidade irmã, em Ibiúna. As famílias com crianças são o principal público alvo do hotel e é convidativo por transmitir a atmosfera de sossego sem dispensar de um cronograma de lazer bem recheado.

O espaço dispõe de opções proveitosas para crianças, desde estrutura para arvorismo e parquinho até áreas recreativas internas, como a brinquedoteca. O serviço de monitoria para crianças é um dos pontos altos da acomodação – entre ouvir diálogos de agradecimentos de responsáveis aos monitores é recorrente ao passear pelo resort antes da hora do check-out.

As crianças podem ser deixadas com segurança com os monitores após o café da manhã e só voltam muito depois da hora do jantar; há atividades, pelo menos, até às 22h. Ao longo desse período, os pequenos podem realizar diversas vivências incluídas na reserva e desfrutar de brincadeiras, teatro e atividades recreativas que aproveitam as disposições do hotel. As monitorias atendem crianças e jovens de três a 17 anos organizados em cinco grupos. As atividades variam a depender da faixa etária.

Em dias de integração intensa com a tecnologia desde cedo, as atividades propostas para as crianças permite que elas façam… coisas de criança. Brincadeiras como Mãe da Rua, Canibal e contações de história de terror à noite estão entre algumas das atividades proporcionadas para deixar o celular de lado e exercitar o brincar – com escorregadores gigantes, arco e flecha, quadriciclos, cavalos e até tirolesa russa à disposição, é difícil ver alguma criança com o aparelho na mão.

A mesma ideia de descompressão pode ser aplicada aos adultos (esses um pouco mais teimosos a adotar a proposta de se desconectar), principalmente para responsáveis que podem abrir mão da preocupação e dar lugar ao sossego. As piscinas de águas cristalinas, a conexão e o cheiro do mato e as espreguiçadeiras são alguns dos cantinhos preferidos para ver o dia passar sem pressa e recarregar as energias – principalmente degustando algum petisco ou drinks tradicionais.

O hotel dispõe de uma monitoria para adultos com atividades como yoga ao ar livre e passeios para conhecer as áreas do resort, por exemplo. No entanto, também é interessante sair da zona de conforto e deixar a criança interior ser a guia pelos brinquedos gigantes, a sala de jogos ou se divertindo com partidas nas quadras (mesmo que não se saiba jogar). É possível conciliar os dois estados de espíritos e sair de lá tão renovado quanto os pequenos.

Programação de férias de julho de 2022

Para marcar as férias de julho, o Clara Ibiúna Resort vai inaugurar um novo salão de jogos que tem Las Vegas como tema; além de oferecer programações como circuito de cross training, aulas de yoga e zumba e futmesa. O resort também vai passar a oferecer trajes de neoprene, ideais para a realização de atividades náuticas como canoagem, stand up paddle, esqui aquático, wakesurf e wakeboard.

O Santa Clara Eco Resort, em Dourado, também recebe opções extras para todas as idades, como escape room, campeonato de beach tennis. A unidade também vai reinaugurar o toboágua, que faz sucesso entre as crianças.

Quanto custa ficar no Clara Ibiúna Resort

Fatores como mês, alta temporada e dia de semana impactam no preço da diária. O iG Turismo realizou a cotação para o Apartamento Superior Represa levando em conta estadias para casais e para famílias com duas crianças com as idades de cinco e 10 anos.

Foram comparadas estadias no mês de junho e julho, sendo este último mês um período em que as diárias ficam mais caras devido às férias escolares. No mês de julho, reservas feitas às sextas-feiras têm estadia mínima de três noites.

Estadia em dias de semana de junho (duas noites)

  • Casal: R$ 2,3 mil
  • Casal e duas crianças: R$ 3 mil

Estadia em fins de semana de junho

  • Casal: R$ 5,1 mil
  • Casal e duas crianças: R$ 6,6 mil

Estadia em dias de semana de julho (duas noites)

  • Casal: R$ 4,6 mil
  • Casal e duas crianças: R$ 6 mil

Estadia em fins de semana de julho (três noites)

  • Casal: R$ 6,9 mil
  • Casal e duas crianças: R$ 8,1 mil

O regime do hotel é de pensão completa e se aplica bem no quesito uso de áreas abertas e no variado cardápio self service do restaurante (exceto bebidas alcoólicas); mas peca na acessibilidade às recreações. As vivências incluídas no pacote são apenas as disponíveis no cronograma de cada dia da semana; caso o hóspede queira realizar outras atividades, é necessário pagar à parte. Passeios de quadriciclo, cavalgada e passeios de barco são sempre pagos à parte.

Como chegar ao Clara Ibiúna Resort

A melhor maneira de chegar ao resort é de carro próprio, já que a área fica mais afastada do centro da cidade e está localizada morro acima; além de tornar o acesso mais funcional às duas portarias que resguardam o hotel. O heliponto também oferece praticidade e pode ser bastante movimentado a depender do dia.

O turista que preferir ir de ônibus vai passar por alguns perrengues. Ibiúna conta com uma rodoviária, mas não há tantas opções de ônibus municipais que sobem até a área do resort – esses passam pelo centro da cidade apenas em dois horários nas partes da manhã e tarde.

Se o hóspede chegar no período noturno, conseguir motoristas por aplicativos pode ser um desafio. Nesses casos, o mais indicado é buscar por taxistas que ficam na região da rodoviária. No entanto, deve-se ter em mente o custo maior: um trajeto de pouco mais de 11 km pode sair em torno de R$ 50.

Siga o perfil geral do Portal iG no Telegram.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários