O clube é reservado a milionários com patrimônio mínimo de 800 milhões de dólares
freepik/Racool_studio
O clube é reservado a milionários com patrimônio mínimo de 800 milhões de dólares


Um clube de ingleses milionários começou a enviar os membros aos Emirados Árabes , Índia  e Marrocos para passar as férias com direito à vacina contra a Covid-19, que está sendo aplicada nestes países. Os pacotes de viagem incluem experiências de luxo por quatro semenas, com voos de primeira classe, acomodações de cinco estrelas em apartamento com vista ao mar e claro: a vacina contra o coronavírus .


Você viu?

Para aproveitar tudo isso, é necessário desembolsar US$ 54 mil, por volta de R$ 286 mil na cotação atual. Para entrar no clube do Knightsbridge Circle você também deve ter patrimônio líquido de US$ 800 milhões ou mais de R$ 4 bilhões, segundo a Forbes. 

Este prestigiado clube é descrito no site oficial como "um serviço exclusivo de viagens e estilo de vida que encapsulou uma ideia simples: oferecer serviço pessoal excepcional em um nível insuperável como uma associação que garante aos clientes acesso incomparável ao melhor de tudo que a vida tem a oferecer". 

Segundo o fundador do clube, Stuart McNeill, duas cidades dos Emirados Árabes estão oferecendo doses privadas da vacina da Pfizer e na Índia, da Oxford-AstraZeneca. "É como se fôssemos os pioneiros deste novo programa de vacina para viagens de luxo”, disse. Ele ainda contou que aproximadamente 20% dos membros já voaram para Abu Dhabi e Dubai para serem vacinados.

Atualmente há uma longa lista de espera para fazer parte do clube, que é apenas para convidados. Além disso, os serviços são limitados a apenas 50 membros.

A assessoria de imprensa do Turismo de Dubai enviou uma nota ao iG para "esclarecer que apenas residentes com documento de identidade dos Emirados Árabes Unidos podem tomar a vacina contra a Covid-19 nos postos espalhados pelo Emirado. Turistas não são elegíveis à vacinação".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários