Desde 2018, o Japão lidera a lista dos passaportes mais poderoso do mundo, numa lista de 110
Banco de Imagens
Desde 2018, o Japão lidera a lista dos passaportes mais poderoso do mundo, numa lista de 110

Anualmente o ranking Henley Passport Index aponta os passaportes mais poderosos do mundo. O ranking é feito com dados da Iata (Associação Internacional de Transportes Aéreos) e leva em consideração o número de países a que eles dão acesso sem necessidade de visto ou onde é possível emiti-lo apenas depois de chegar no destino.

Desde 2018, o  Japão lidera a lista dos passaportes mais poderoso do mundo, numa lista de 110 passaportes. O documento japonês dá acesso a 191 países. O Afeganistão aparece como o mais fraco, permitindo o acesso a apenas 26 países sem o visto.

O Brasil ocupa a 19ª posição, junto da Argentina e de Hong Kong. Os três permitem que seus cidadãos entrem em 170 países sem a necessidade de solicitar e emitir visto.

Em 2021, a segunda colocação do ranking ficou com a Singapura, cujo passaporte é aceito em 190 países, e o terceiro lugar ficou com Alemanha e Coreia do Sul, que dão direito de acesso a 189 países.

Apesar do acesso irrestrito a alguns lugares,  essas condições mudaram para muitos países durante a pandemia da Covid-19, por regras temporárias de cada país.

Confira os principais países do ranking:

Os passaportes mais poderosos

1º Japão (191 países)
2º ​Singapura (190 países)
3º Coreia do Sul e Alemanha (189 países)
4º Finlândia, Itália, Luxemburgo e Espanha (188 países)
5º Áustria e Dinamarca (187 países)
6º França, Irlanda, Holanda, Portugal e Suécia (186 países)
7º Bélgica, Nova Zelândia, Noruega, Suíça, Reino Unido e Estados Unidos (185 países)
8º Austrália, República Tcheca, Grécia e Malta (184 países)
9º Canadá (183 países)
10º Hungria (182 países)

Os passaportes mais fracos
106º Somália e Iêmen (33)
107º Paquistão (32 países)
108º Síria (29 países)
109º Iraque (28 países)
110º Afeganistão (26 países)

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários