Tamanho do texto

Uma nova opção para viajar sem pagar em dinheiro tem sido as plataformas de permutas; conheça como funcionam e veja como se beneficiar com elas

O mês de janeiro sempre é bastante requisitado para viagens. Muitas pessoas tiram folga nessa época e querem aproveitar para relaxar o cansaço do ano. Mas infelizmente, o início de um novo ano também representa despesas: material escolar, organização de finanças, matrículas, IPTU, IPVA, entre outras. E agora, dá para viajar sem pagar, sem gastar? A resposta é sim! 

Leia mais: Família larga casa e emprego para viajar pela América em ônibus; veja fotos

Hotel na Costa do Sauípe que pode ser alugado pela plataforma XporY.com arrow-options
Divulgação
Hotel na Costa do Sauípe que pode ser alugado pela plataforma XporY.com


A empresária Wstânia Savedra, por exemplo, conta que encontrou nas permutas multilaterais uma opção para viajar sem pagar - pelo menos não em dinheiro - com qualidade.

Leia mais: Museu da Ressaca exibe objetos roubados em noites de bebedeira

Wstânia participa da plataforma XporY.com e lá oferece animais como cavalos e potros para troca. A partir dessas negociações, ela recebe moedas digitais que só podem ser usadas na plataforma, as X$. Elas têm valor equivalente ao real e podem ser trocadas por qualquer produto ou serviço.

Rosa Spa%2C espaço que utiliza-se dos serviços da plataforma XporY.com arrow-options
Divulgação
Rosa Spa, espaço que utiliza-se dos serviços da plataforma XporY.com


A empresária diz que com seus créditos de troca, realizou uma viagem durante um fim de semana, em um condomínio fechado em Caldas Novas, Goiás. “Fui com minha família e me apaixonei. A casa é muito boa, o lugar calmo e a vizinhança é muito agradável. Gostei tanto que já estou planejando voltar para ficar pelo menos 10 dias", afirma.

Hellen Cristina Martins Brandão também é empresária e se hospedou no mesmo condomínio que Wstânia. “O local é organizado, bem limpo, a negociação foi tranquila e todo o combinado foi cumprido. Eu voltaria, sem dúvida, e já indiquei para outras pessoas”, conta. Ela destacou a economia da viagem, pois seus gastos se concentraram no transporte.

Leia mais: Conheça Trancoso, destino escolhido pelos famosos para o Ano Novo

O fundador da plataforma XporY, Rafael Barbosa, diz que o site oferece opções para os que procuram calmaria, mas também para os que estão em busca de agito. “Temos mais de 7.000 empresas e profissionais liberais cadastrados, realizando permutas das mais diversas formas diariamente e deixando de gastar em reais para usar esta estratégia que amplia a possibilidade de concretização de projetos. Talvez uma família não tenha valor em espécie suficiente para fazer uma viagem, mas se tiverem um produto ou serviço para troca , podem conseguir”, confirma.