Tamanho do texto

Na Croacia, museu diverte os visitantes reproduzindo "noites embriagadas"

Em Zagreb, capital da Croácia , foi inaugurado o Museu da Ressaca, que exibe objetos e histórias divertidas de aventuras bêbadas ao redor do mundo. A ideia é que o visitante possa reviver aqueles momentos de ressaca em que acorda, olha para o lado e se depara com algum objeto estranho da noite anterior.

Leia também: Conheça Trancoso, destino escolhido pelos famosos para o Ano Novo

museu da ressaca arrow-options
Reprodução/Instagram
Museu da Ressaca, na Croácia

“Queríamos colecionar aqueles objetos que as pessoas acordam sem saber onde pegaram”, explica Roberta Mikelic, 24 anos, que abriu o museu com o namorado Rino Dubokovic ao site Daily Mail . Os objetos resgatados, como um semáforo, são dispostos em várias salas que recriam ambientes de bar e casa.

Rino conta que a ideia do Museu da Ressaca surgiu após uma conversa que teve com um amigo que relatou que certo dia acordou de ressaca e com um pedal de bicicleta no bolso. “Pensei, enquanto o ouvia, por que não montar um lugar, um museu, com uma coleção desses objetos e histórias que ilustram de forma engraçada essas noites de embriaguez e ressaca?”, lembra.

Leia também: Quando naufrágio vira atração: 7 destinos pelo mundo com cenários emblemáticos

Detalhes do Museu da Ressaca

pessoas com óculos de realidade virtual arrow-options
Divulgação
Com óculos de realidade virtual, Museu da Ressaca simula sinais de embriaguez

Assim que o visitante chega ao museu recebe um copo de conhaque e tem a chance de jogar dardos com óculos que simulam os efeitos embriaguez. Quem acerta o alvo pode entrar de braça, mas até o momento todos tiveram que pagar.

O primeiro ambiente é a sala Street , onde as paredes são todas pichadas. Depois, passam pela sala Mirrors,  que representa as fachadas das lojas, seguem para o Garden  (jardim) de uma casa e entram em uma sala toda bagunçada, onde o visitante termina a noite.  

Em uma lousa, as pessoas são convidadas a completar a frase “Eu acordei com...”. Algumas anotações dizem coisas como: “meu ex”, “muitas abóboras” e “dois cães”.

lousa museu da ressaca arrow-options
Reprodução/Instagram
Lousa que os visitantes do Museu da Ressaca contam suas experiências

Todos os ambientes têm esse ar de “noitada” e “bebedeira”, fazendo com que quem visite o lugar relembre como são os momentos em que as doses de bebidas são exageradas. “Estou muito impressionado, mas também muito horrorizado, porque traz de volta lembranças muito ruins ou boas ao mesmo tempo”, comenta aos risos Andrew Hardie, um turista da Escócia, de 29 anos.

Leia também: As melhores praias perto de São Paulo para um banho de mar no fim de ano

Perigos do consumo excessivo de álcool

Embora falem muito sobre álcool, o local não menciona os efeitos negativos da bebida à saúde. Segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde), praticamente 25% das mortes de pessoas entre 20 e 39 anos está relacionada ao consumo excessivo de álcool.

Os fundadores do Museu da Ressaca dizem que a ideia é focar apenas no lado “divertido” dessas noites, mas pretendem no futuro criar uma sala para explorar os riscos do álcool em excesso.