Tamanho do texto

40% dos comissários entrevistados disseram ter sofrido agressões físicas e outros tipos de abuso, 50% afirmaram ter sofrido agressões verbais

De acordo com uma pesquisa feita pelo portal inglês  Direct Line Travel Insurance , 4 a cada 10 comissários de bordo já sofreram algum tipo de abuso físico ou agressão por parte de passageiros alcoolizados ou sob efeito de substâncias ilícitas.

Comissária de bordo incomodada, pedindo para parar
shutterstock
Segundo pesquisa feita pelo Direct Line Travel Insurance, 4 em cada 10 comissários de bordo já foram abusados fisicamente

Leia também: Comissários de bordo revelam 6 segredos úteis para viajantes; confira

Para a realização do estudo, a Direct Line questionou 100 comissários de bordo e mais de 2 mil passageiros. Enquanto 40% dos comissários entrevistados disseram ter sofrido agressões físicas e outros tipos de abuso , 50% afirmaram ter sofrido agressões verbais.

A pesquisa do portal inglês revelou que o comportamento de agredir e desrespeitar um comissário é muito mais comum do que se imagina, mesmo que na Inglaterra haja uma pena de até dois anos e uma multa de até 5 mil libras (o que equivale a mais de R$ 26 mil) pelo comportamento agressivo e perturbador nos aviões.

Remédios e drogas ajudam a superar o medo de avião, segundo passageiros

Mulher com medo de avião
shutterstock
Os passageiros entrevistados pelo Direct Line revelaram consumir drogas e remédios para lidar com o medo de avião

Leia também: Comissário de bordo revela item que passageiros não podem esquecer na viagem

Uma preocupação crescentem, segundo os especialistas, é o consumo de bebidas alcoólicas e substâncias ilícitas por parte dos passageiros. É essa a principal causa por trás dos abusos e das agressões contra os comissários. De acordo com grande parte dos passageiros questionados, esse consumo é feito para lidar com o medo de avião .

Tom Bishop, chefe de seguros de viagem do Direct Line , afirma: "Aqueles que estão nervosos ou ansiosos para voar devem explorar opções alternativas para se acalmar ou procurar orientação de seu médico. As pessoas precisam moderar seu consumo durante o voo para garantir que estejam sempre no controle e só devem tomar medicamentos prescritos na dose certa".

Leia também: Comissária de bordo dá 5 dicas de como evitar que um voo seja estressante

Bishop ainda completa: "É chocante ver a escala de abusos que os comissários de bordo são forçados a suportar quando estão no avião com passageiros auto-medicados e bêbados se comportando de maneira inadequada".