Tamanho do texto

São Pedro está na encosta da Serra do Itaqueri, a pouco mais de 150 km da capital paulista; saiba o que fazer por lá para se divertir e relaxar

Com pouco mais de 32 mil habitantes, São Pedro é uma cidade do interior de São Paulo que fica a 154 quilômetros da capital e atrai cada vez mais turistas, especialmente aqueles com um espírito mais aventureiro.

Leia também: Paraíso tranquilo: 10 praias em Florianópolis para fugir do agito

São Pedro é um destino ideal para os amantes de aventura arrow-options
Divulgação/Secretaria de Turismo de São Pedro
Voo livre de parapente e de asa-delta são algumas das atividades mais procuradas pelos turistas que amam aventura

A estância turística de São Pedro é uma das 13 cidades que integram a Serra do Itaqueri, e se destaca pelas belas paisagens naturais. O local é uma parada obrigatória a todos que desejam contemplar a natureza e se aventurar.

Há diversas opções de passeios para admirar a mata nativa de perto e o iG Turismo separou três alternativas para você. Saiba mais sobre elas:

1. Balonismo

balonismo arrow-options
Divulgação/Secretaria de Turismo de São Pedro
O passeio de balão leva 50 minutos e custa R$ 420, com direito a brinde de espumante ao final do percurso

O voo de balão é um dos atrativos da cidade e propicia uma visão privilegiada da Serra do Itaqueri . Ele decola apenas às 5h40 aos sábados e domingos, e há uma equipe de apoio que acompanha o trajeto por terra até a aterrissagem, onde os viajantes são recepcionados com um piquenique.

O percurso leva 50 minutos e os passageiros podem contemplar o nascer do sol a 300 metros de altura. Há 18 anos, o passeio é feito pelo empresário e piloto de voo de balão Feodor Nenov. A viagem, no entanto, não é permitida para pessoas menores de seis anos.

"A maioria deles [passageiros] é de primeira viagem, mas muitos voltam para voar novamente. Em quase duas décadas, posso garantir que a cada voo é uma emoção diferente", conta o piloto.

O preço do balonismo é R$ 420, e crianças de até 12 anos pagam metade. No valor está incluso também o transporte do local de hospedagem até o lugar do voo e um brinde com espumante.

Leia também: O que fazer em Santarém, o "Caribe do Norte"

2. Voo livre

voo livre arrow-options
Divulgação/Secretaria de Turismo de São Pedro
Voo de parapente ou de asa-delta atrai turistas de regiões próximas, como São Paulo, Sorocaba e Campinas, e custa R$ 300

O voo livre de São Pedro acontece no Parque Municipal do Voo Livre, e não recebe apenas diversos praticantes de asa-delta e parapente, mas também muitas pessoas que gostam de ver as aventuras de perto.

O local fica mais movimentado das 13h às 18h, período que, segundo a Secretaria de Turismo da estância, as condições do clima favorecem a prática de esportes no ar. Ronaldo Novoa, piloto de parapente e instrutor do Clube São Pedro de Voo Livre, enfatiza a emoção do passeio.

"O parapente traz uma sensação indescritível de desafio: de manter no alto uma estrutura de linha e pano, sem motorização, capaz de ir tão longe", diz ele.

Para quem não é profissional, ou seja, não voa sozinho, há o voo duplo de instrução, que pode ser feito a partir dos 16 anos e tem duração média de uma hora. Se alguém deseja praticar o esporte sem instrutor, deve participar de um curso e, após dois meses, já pode se aventurar sem companhia.

O nível intermediário, atingido depois de oito meses de curso, proporciona que o aluno faça trajetos de longa distância. O valor da aventura de parapente e da asa-delta, tanto sozinho quanto acompanhado, é R$ 300.

3. Tirolesa

rancho da tirolesa em São Pedro arrow-options
Divulgação/Secretaria de Turismo de São Pedro
O Rancho tem uma tirolesa de 500 metros que contempla a mata nativa da região, e o valor por pessoa é de R$ 45

O Rancho da Tirolesa atrai muitos turistas por propiciar admirar a natureza bem de perto. A tirolesa tem 500 metros e passa por montanhas e pela mata nativa da região, além de ter uma vista privilegiada das cidades próximas.

O trajeto pode ser feito também por crianças, que a partir dos dois anos se encaixam na modalidade de voo canguru, e fazem o percurso juntamente com um responsável adulto. A tirolesa custa R$ 45 por pessoa, e R$ 50 caso precise de acompanhante.

Rancho da Tirolesa arrow-options
Milena Tomaz/iG
O Rancho da Tirolesa dispõe de refeições típicas e redes para descanso com uma bela vista da região

Depois de contemplar a natureza, você pode desfrutar de uma refeição típica, como picanha na grelha, enquanto admira uma paisagem de tirar o fôlego ou, se preferir, há ainda a opção de descansar em uma das redes do rancho. O lugar é bastante frequentado por motociclistas viajantes, especialmente aos sábados e domingos.

Leia também: Vai fazer um mochilão pelo Brasil? Veja como montar um roteiro por Minas Gerais

São Pedro Adventure

Além dessas atrações para os amantes de aventura, a cidade organiza anualmente o São Pedro Adventure, um evento esportivo com modalidades como skate, parapente, corrida cross e de montanha, trilha de jipe, entre outras. Em setembro de 2019, a competição teve sua sétima edição. 

*repórter viajou até São Pedro a convite da Secretaria de Turismo de São Pedro