Tamanho do texto

Com várias praias, parque aquático e circuito gastronômico forte, é possível aproveitar o destino tanto com a família quanto com os amigos; veja detalhes

Se você ainda não sabe para onde ir nas próximas férias, considere Arraial d’Ajuda. Distrito de Porto Seguro, sul da Bahia, o destino oferece águas mornas e cristalinas durante o dia e uma vida noturna agitada com bares e restaurantes. Para quem gosta de natureza, mas sem ficar muito longe da cidade, o lugar pode ser perfeito.

Leia também: Calmaria e natureza: veja o que fazer em Caraíva, destino paradisíaco na Bahia

arraial d'ajuda arrow-options
shutterstock
Arraial d'Ajuda é um distrito de Porto Seguro, sul da Bahia, que oferece praias e vida noturna agitada

O turismo de Arraial d'Ajuda é para todos os gostos. Algumas praias são mais tranquilas, como a praia de Taípe, e outras mais agitadas, como Mucugê. Além disso, o local abriga um dos maiores parques aquático da América Latina, o Arraial d'Ajuda Eco Parque. Ou seja, é possível planejar o que fazer em Arraial d’Ajuda pensando na família toda.

Além das diversas praias, há o centro histórico e uma série de restaurantes para conhecer. Por isso, é  indicado ficar pelo menos quatro dias no destino. Também vale planejar uma viagem mais longa e aproveitar para ir até Trancoso e Caraíva, que estão a algumas horas de Arraial d’Ajuda e também são distritos de Porto Seguro.

O que fazer em Arraial d’Ajuda

arraial d'ajuda arrow-options
shutterstock
Arraial d'Ajuda está localizado ao sul da Bahia, próximo a Porto Seguro e Trancoso

Com as informações da Secretaria de Turismo e Cultura de Porto Seguro, listamos abaixo o que fazer em Arraial d’Ajuda . Confira:

Arraial d’Ajuda Eco Parque

Arraial d’Ajuda Eco Parque arrow-options
Reprodução/Instagram
O Arraial d’Ajuda Eco Parque é um dos maiores parques aquático da América Latina

Uma das principais atrações de Arraial d’Ajuda é o Eco Parque. Considerado um dos maiores da América Latina, o parque aquático oferece brinquedos, atividades de arvorismo, escalada, caiaque, entre outros atrativos aos turistas. Há infraestrutura completa de alimentação, banheiros e outros serviços para aproveitar o dia todo no local.

O Arraial d’Ajuda Eco Parque funciona diariamente das 10h às 17h. As tarifas variam de acordo com a idade do visitante. Veja o valor do ingresso para um dia na temporada 2019 -2020:

  • Criança abaixo de 1,0 m – gratuito
  • Criança acima de 1,0 m a 11 anos – R$ 90
  • Entre 12 a 59 anos – R$ 120
  • Acima de 60 anos – R$ 70

Para mais informações:  www.arraialecoparque.com.br

Praia de Mucugê

arraial d'ajuda arrow-options
shutterstock
Arraial d'Ajuda tem praias para todos os gostos: desde as mais agitadas até as mais tranquilas

A Praia de Mucugê é a mais próxima do centro da vila e, por isso, concentra a maior quantidade de turistas. Como oferece um número grande de barracas de bebidas e alimentos, é uma das praias mais procuradas por famílias.

Durante a maré baixa, é indicada para quem curte esporte. O mar fica ideal para praticar stand up paddle. Na alta temporada é possível aproveitar festas à beira-mar. Para quem vai para Arraial d’Ajuda no Réveillon ou Carnaval, Mucugê é pedida certa.

Praia Pitinga

praia pitinga arrow-options
shutterstock
Por conta da falésia natural, a praia Pitinga é ponto procurado para saltos de parapente

Várias praias do sul da Bahia são cercadas por falésias multicoloridas, como é o caso da praia Pitinga. Formada por uma pequena enseada de águas cristalinas, mornas e calmas, o local tem estrutura completa para o visitante. Existem barracas de praia, piscina artificial para a criança e gastronomia variada. A praia Pitinga também é ponto procurado para saltos de parapente.

Leia também: História, trilhas, arte e mais: o que fazer em Trancoso além das praias

Taípe

praia de taípe arrow-options
shutterstock
Buscada por quem quer relaxar com tranquilidade, a praia de Taípe é a mais isolada de Arraial d'Ajuda

Se você é do tipo que gosta de praias mais tranquilas e isoladas, vá à Taípe. A praia é a mais distante do centro da vila (cerca de 2h a pé) e fica ao sul de Arraial. Também é possível acessá-la de carro pela BA-986. Apesar do esforço para chegar, todos que visitam garantem que o visual vale a pena.

A praia tem uma falésia natural de aproximadamente 45 metros em frente ao mar. O paredão com cores que variam entre vermelho e branco contrasta com o verde intenso da vegetação e o azul do mar. A praia de Taípe também é conhecida por abrigar festas “alternativas” em datas como Réveillon e Carnaval.

Igreja de Nossa Senhora d’Ajuda

Igreja de Nossa Senhora d’Ajuda arrow-options
shutterstock
Atrás da Igreja de Nossa Senhora d’Ajuda há uma vista privilegiada do mar, vale conferir!

Arraial d’Ajuda também é história! No centro da vila é possível conhecer o primeiro templo religioso do Brasil. A Igreja de Nossa Senhora d’Ajuda foi construída no século 16 e até hoje é aberta à visitação. Além de conhecer a construção, você terá uma vista privilegiada do mar e de Porto Seguro.

Circuito gastronômico

rua do mucugê arrow-options
Reprodução/Facebook
A rua do Mucugê concentra os bares e restaurantes de Arraial d'Ajuda

O circuito gastronômico de Arraial d’Ajuda também é forte e está concentrado na famosa rua do Mucugê, que abriga restaurantes e bares para todos os gostos. Além da tradicional culinária baiana, é possível encontrar os mais diversos sabores e especialidades. Existe desde o tradicional restaurante italiano até um bar descolado para tomar um bom drink. Mais uma vez, Arraial mostra que é para todo mundo.

Para se colocar como destino de turismo gastronômico , em novembro deste ano acontecerá na vila o festival de gastronomia “Esquina do Mundo” que pretende oferecer aos visitantes de Arraial diferentes sabores e receitas não apenas da gastronomia local, como também de outros cantos do mundo.

Leia também: 10 motivos para você viajar para Porto Seguro

Como chegar a Arraial d’Ajuda

A forma mais simples de chegar a Arraial d’Ajuda é fazer a travessia de balsa saindo de Porto Seguro. O trajeto é feito no Rio Buranhém e dura cinco minutos. Após o desembarque, em dez minutos é possível chegar ao centro da vila. Existem vans e ônibus que fazem o trajeto