Tamanho do texto

Belezas naturais, cachoeiras, festas típicas com muita arte, comida e música boa são só algumas das opções para os viajantes que quer conhecer o local

O estado de Minas Gerais é cheio de destinos turísticos e um dos municípios que se destaca é Poços de Caldas. Todos os anos, o local, que está a certa de 280 km de São Paulo, atrai inúmeros turistas. São diversas as opções de passeios e paisagens com belezas naturais. 

Leia também: 5 destinos de serra que você precisa conhecer

Em Poços de Caldas, é possível encontrar tranquilidade e diversão
shutterstock
Em Poços de Caldas, é possível encontrar tranquilidade e diversão


Se você pretende conhecer Poços de Caldas , saiba que é possível montar um roteiro incrível passando pelos principais pontos turísticos da cidade. Para te ajudar a escolher os melhores passeios, o gerente do Monreale Hotel Resort Jair Joaz ressalta quais são as principais atrações do local.

“Recomendo visitar a Cascata das Antas, a Pedra Balão, o Jardim Botânico, o Recanto Japonês e a cachoeira Véu de Noivas, que é formada por três quedas e as águas formam corredeiras que encantam os visitantes”, afirma. “Nesse local ainda é possível fazer um passeio de trenzinho pelos limites do complexo, assim você pode contemplar toda a beleza do lugar, formada por pinheiros e plantas ornamentais”, completa.

Além de visitar esses pontos turísticos, você pode fazer um passeio de teleférico e aproveitar a bela vista da cidade, cercada por uma rica vegetação típica da serra. A indicação de Jair para quem ama natureza é conhecer o Calendário Floral. “O local é composto por variadas flores e plantas, placas de cimento e pedrinhas, onde marca a data e a estação do ano, com atualização diária. É um local marcante para registrar sua passagem pela cidade”, diz.

Festas regionais

No mês de julho, a cidade contará com mais atrações, como o 23º Julho Fest – Festival de Inverno de Arte e Cultura de Poços de Caldas. Este ano, o evento será realizado de 07 a 23 de deste mês, em vários pontos da cidade.

Leia também: 5 cidades históricas para conhecer em Minas Gerais

Monumento do Cristo Redentor, em Poços de Caldas
shutterstock
Monumento do Cristo Redentor, em Poços de Caldas


“Ao longo de 17 dias acontecem centenas de atrações artísticas e oficinas culturais. Já aqueles que apreciam uma boa música podem conferir as apresentação do Blues and Jazz Festival, da Sinfonia da Paz e da Sinfonia Fantástica das Águas, um espetáculo musical diferenciado, com muitos efeitos especiais, farta iluminação e repertório”, fala Jair.

O viajante que gosta de conhecer festas típicas precisa se programar para ir ao destino em maio, quando acontece a Festa de São Benedito. “A programação inclui apresentações de grupos de congos e caiapós, eventos religiosos, além das famosas barracas de pratos típicos”, conta o gerente.

Também tem a Festa Uai, realizada em agosto, que traz modas de viola e reafirma a cultura local com trajes e roupas comuns na região mineira e boa culinária.

Tempo de hospedagem e melhor época

O recomendado para aproveitar bem a região é ficar por volta de três dias no destino. Embora seja uma cidade pequena, ela oferece diversos atrativos. Além das belezas naturais, durante os meses de férias há diversas programações especiais que vale a pena você conhecer.

Leia também: Estado de Minas Gerais mistura belezas naturais com história e modernidade

“Poços de Caldas pode ser visitada em todas as épocas do ano – O verão é indicado para quem quer praticar esportes radicais, tomar banho nas cachoeiras e desfrutar de passeios ao ar livre. Já o inverno é indicado para quem quer relaxar em meio à brisa fria com um bom banho quente nas águas termais”, finaliza Jair.