Nesta semana, o viajante e colunista do iG Turismo Roberto Rodrigues dá dicas do que é interessante fazer quando visitar Minas Gerais; confira

Por incrível que pareça, eu não conhecia Minas Gerais e aproveitei um feriado prolongado para conferir essa região cheia de belezas naturais e com um povo muito acolhedor. Além disso, o Estado é muito importante na formação do Brasil e reúne cidades que contam muito sobre a história do nosso país.  

Leia também: Veja dicas de passeios para fazer na luxuosa Riviera Francesa

Minas Gerais é conhecido por suas belezas naturais
Arquivo pessoal
Minas Gerais é conhecido por suas belezas naturais

O Estado de Minas Gerais reúne história e modernidade. Fiquei muito bem instalado no bairro de Savassi, em Belo Horizonte, em um hotel moderno com suíte confortável, atendimento perfeito que se transformou no meu QG em Belo Horizonte. O bairro de Savassi é conhecido por reunir excelentes restaurantes para todos os públicos, além de shopping centers.

Em Belo Horizonte, não perca a oportunidade de conhecer o Mercado Central, onde você pode comprar artesanato, queijos, doce de leite, pingas artesanais e objetos de decoração por um preço acessível. Outra parada obrigatória na cidade é conhecer o restaurante Xapuri, que serve a melhor comida mineira da cidade, feitas em fogão à lenha em um espaço que reúne arte e gastronomia. Não deixe de tomar o cafezinho com bolo de fubá cremoso no final da sua refeição.

Capitólio

A cidade de Capitólio fica a 287 km de Belo Horizonte. Procure chegar o mais cedo possível para não perder a oportunidade de conhecer as belezas naturais de um dos lugares mais bonitos que tive a oportunidade de conhecer. A cidade é o "point" da moda e vive lotada o ano todo, então o ideal é você se programar, reservar seu quarto, pousada ou hotel com antecedência, porque eles não conseguem atender a enorme demanda de visitantes que, muitas vezes, são obrigados a ficar nas cidades próximas, o que também pode ser uma opção interessante porque os preços são bem convidativos.

Só para você ter uma ideia, o preço de uma diária em Capitólio oscila entre R$ 100 a R$ 2000 o casal, de acordo com os benefícios do hotel. Moradores também alugam quartos para turistas, o que pode ser uma ótima alternativa, afinal você ficará fora o dia todo nos passeios e necessitará de um bom quarto para descansar.

A grande atração de Capitólio é o lago de Furnas, conhecido como o "Mar de Minas" e é a maior extensão de água do estado de Minas Gerais. Ele pode ser visitado em passeios de chalanas, catamarãs, lanchas ou escunas que levarão você a um universo lindo e cheio de cânions, cachoeiras e paisagens maravilhosas, ideal para esportes náuticos e mergulhos.

Eu particularmente prefiro o passeio de catamarãs, mas optei por uma lancha porque devido ao tamanho da embarcação, ela consegue chegar bem perto das cachoeiras e circula com facilidade entre os cânions, diferentemente da outra embarcação, que é muito grande. Os preços variam entre R$ 70 e R$ 90 e a experiência é maravilhosa.

A cidade de Capitólio é muito tranquila, com algumas opções de alimentação e poucos serviços bancários, então o ideal é você levar dinheiro vivo para os passeios, porque boa parte não aceita cartões de crédito e débito.

Leia também: Vai visitar o Japão? Veja dicas de passeios para fazer pelo país asiático

Instituto Inhotim

Instituto Inhotim
Divulgação
Instituto Inhotim

Conhecido popularmente como "museu a céu aberto", o Instituto Inhotim fica na cidade de Brumadinho e foi desenvolvido pelo empresário Bernardo de Mello Paz nos anos 80. O instituto reúne um acervo de grandes obras de arte contemporâneas expostas em uma área sustentável que equivale a 15 campos de futebol. Enorme!

Se for fazer o passeio, procure ir com roupas e calçados confortáveis para conhecer o espaço e caminhar bastante. Também é muito importante ter na mochila uma garrafinha de água que você pode encher novamente nos bebedouros de água geladinha espalhados por todo o parque. Se você não gosta de caminhar, existe um serviço de transporte com carrinhos elétricos que custa R$ 28 durante toda a sua estadia. Garanto que o passeio é muito útil e levará vocês aos principais pontos do parque.

No local, existem cafés e restaurantes para que você tenha uma experiência agradável. Entre eles, recomendo o Restaurante Oiticica, que fica próximo à entrada do parque, opera com sistema a quilo (R$ 39 o quilo) e serve deliciosas refeições. Lá, experimentei a melhor maçã assada com quatro queijos que comi na vida.

Leia também: Confira algumas dicas de passeios e boa gastronomia em Lisboa e Porto

Ouro Preto

Museu da Inconfidência em Ouro Preto
Divulgação
Museu da Inconfidência em Ouro Preto

A cidade de Ouro Preto, fundada por bandeirantes, é famosa por sua arquitetura colonial e faz parte da história do Brasil, sendo até considerada o primeiro patrimônio mundial da Unesco em 1980. Cidade mágica, cheia de belezas naturais, ruas estreitas repletas de repúblicas para universitários e um povo muito acolhedor.

É comum você comprar pedras preciosas nas feiras de arte e nas lojinhas localizadas no centro histórico em frente ao Museu do Aleijadinho, onde você terá a oportunidade de ver algumas obras de um dos mais conhecidos artistas do Brasil . O valor do ingresso é R$ 10. Outro museu importantíssimo e muito interessante é o museu da inconfidência, que reúne vestimentas e obras da época. Além disso, ele fica dentro do presídio onde Tiradentes foi esquartejado. Todos os profissionais que trabalham ali estão preparados para contar um pouco da história do Brasil.  

Em frente ao Museu da Inconfidência fica a Praça Tiradentes , onde o mártir da "Inconfidência Mineira" teve sua cabeça exposta para a população. Tenho de confessar que ao visitar o presídio onde fica o museu da inconfidência, eu senti uma energia estranha dentro das celas.

A comida é barata na cidade e você pode encontrar restaurantes que cobram até R$ 14 por um almoço, mas não perca a oportunidade de comer um pastel de angu feito com fubá e de recheios variados que vão de carne moída a queijo mineiro. É uma iguaria simplesmente deliciosa e que custa apenas R$ 3.  

O colunista viajou a convite da rede de hotéis "Holliday Inn". Gostou das dicas sobre Minas Gerais? Para saber mais sobre viagens para outros destinos, acompanhe a coluna do Roberto Rodrigues no iG Turismo .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.