Tamanho do texto

Confira 5 cidades históricas em Minas Gerais e se encante com as belezas do período colonial e viva um pouco da história do Brasil

Não é por acaso que milhares de turistas vem para o Brasil em busca de sol e mar. O país possui um leque extenso de belas praias e foi abençoado com um clima tropical, mas também tem muita história para contar. Então que tal começar essa viagem no tempo por Minas Gerais ?

Além da saborosa gastronomia , o estado conta com vários lugares que preservam diversos patrimônios desde a época colonial. E foi pensando em te ajudar a entender como tudo começou que o Hotel Urbano  separou cinco  cidades históricas para conhecer em Minas Gerais. Confira:

1. Ouro Preto

Ouro Preto é uma das famosas cidades históricas mineiras
shutterstock
Ouro Preto é uma das famosas cidades históricas mineiras

Além de ser um dos destinos mais tradicionais para curtir a folia do carnaval , Ouro Preto foi palco da Inconfidência Mineira e preserva a história do século 18. As ruas de paralelepípedo da cidade são repletas de construções que remetem ao período colonial e encantam os turistas com sua arquitetura barroca. Destaque para a Igreja São Francisco de Assis, esculpida pelo famoso Aleijadinho.

2. Tiradentes

Tiradentes faz parte da rota de turismo histórico
shutterstock
Tiradentes faz parte da rota de turismo histórico

Ao pisar em Tiradentes, a sensação é de ter feito uma viagem no tempo. O destino é um dos mais importantes pontos do circuito de Minas Gerais. Sem dúvida, o lugar perfeito para quem curte turismo histórico . Os detalhes da arquitetura colonial que formam verdadeiros tesouros barrocos são uma atração à parte. Além de apreciar as belas construções, quem visita Tiradentes não pode deixar de conhecer a praça do Largo das Forras, as fontes do Chafariz de São José, a Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos, a Matriz de Santo Antônio e o Museu Padre Toledo.

3. São Lourenço

São Lourenço é um destino de serra que tem atrações para quem gosta de natureza e atividades rurais
Wikimedia Commons
São Lourenço é um destino de serra que tem atrações para quem gosta de natureza e atividades rurais

Não é à toa que o Parque das Águas é o principal ponto turístico de São Lourenço . Desde o século 19, já existiam registros sobre a existência de água mineral na região. E foi após a descoberta de uma nascente de água gasosa e cristalina que construíram o Balneário. Em estilo colonial, a atração ganhou fama por ter sido frequentada pelos políticos brasileiros Getúlio Vargas e Juscelino Kubitscheck. Outro programa que não pode ficar de fora da sua viagem é um passeio de Maria-Fumaça às margens do Rio Verde e uma visita a Igreja Matriz para apreciar sua bela arquitetura barroca que homenageia São Francisco de Assis.

4. São Thomé das Letras

São Tomé das Letras está entre um dos destinos mais concorridos de Minas Gerais
Wikimedia Commons
São Tomé das Letras está entre um dos destinos mais concorridos de Minas Gerais

São Tomé das Letras uniu história mística à belezas naturais e se tornou um dos destinos mineiros mais concorridos. Além de contar com inúmeras trilhas e cachoeiras, a cidade é considerada um dos 7 pontos magnéticos da Terra e conta com construções antigas riquíssimas, como as igrejas Matriz e da Pedra. É por essas e outras razões que a cidade recebeu o título de Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais.

4. Diamantina

Diamantina combina locais históricos e opções de atividade ao ar livre
Flickr/Leandro Neumann
Diamantina combina locais históricos e opções de atividade ao ar livre

O casario colonial dá um toque charmoso às ruas da cidade do interior de Minas Gerais. Lá, as casas do Muxarabiê, da Glória e de Chica da Silva são o centro das atenções. Mas o Museu do Diamante, a Igreja de Nossa Senhora do Carmo e o Mercado Municipal também valem a visita. Além do rico centro histórico, Diamantina foi um dos principais polos de extração de pedras preciosas do país. Para completar, o local possui uma vasta variedade de atividades ao ar livre e ainda foi berço do ex-presidente da República: Juscelino Kubitschek.