Tamanho do texto

Os colunistas do iG Turismo visitaram essa cidade do interior de São Paulo, localizada a apenas 80 km da capital, e contam os detalhes desta viagem

Como moramos em São Paulo e adoramos passear pelo interior do estado, resolvemos ir até Guararema, uma cidade que já tínhamos visitado algumas vezes, mas é incrível como lá sempre nos encanta. O destino está localizado a 80 km do centro da capital e virou ponto turístico para muitas pessoas que querem passar um dia sossegado no interior paulista.

Leia também: Passeie por Ribeirão da Ilha, uma região de Florianópolis dominada pelas ostras

Gisella e Fernando falam das melhores atrações turísticas de Guararema
Arquivo pessoal
Gisella e Fernando falam das melhores atrações turísticas de Guararema


Partimos para Guararema em um domingo frio de outono, mas o céu estava azul e a temperatura muito agradável. Como a viagem não era longa, resolvemos levar o Larry, nosso cachorro, conosco e ele logo adorou o passeio.

Pau D’Alho ou Recanto do Américo

Assim que chegamos à cidade, já paramos o carro no estacionamento do centro, em frente ao famoso Pau D’Alho, ou o Recanto do Américo, que é o nome oficial. Pau D’Alho é o nome de uma árvore centenária muito alta que fica nessa praça, e, portanto, os moradores começaram a usar o nome da árvore para denominar o local.

A praça fica no centro da cidade e as pessoas costumam ficar aproveitando a vista para o Rio Paraíba do Sul sentadas em um dos bancos charmosos espalhados pela praça. O bacana desse espaço é que é possível alimentar os peixes do rio jogando ração ou pão, uma atividade que acompanhamos de perto enquanto visitávamos o lugar.

Vista do alto do Pau D'Alho
Arquivo pessoal
Vista do alto do Pau D'Alho


Outras opções de lazer são os restaurantes e quiosques que ficam em torno da praça. É possível ver o quanto os moradores e turistas gostam e se identificam com esse lugar. Idosos, crianças, jovens, casais e famílias passam o dia aproveitando esse espaço tão aconchegante.

Ilha e Igreja Nossa Senhora da Escada

Logo em frente à praça fica uma ilha que é possível visitar cruzando pontes de madeira que dão um toque muito charmoso ao local. A ilha tem uma pista para atividades esportistas de 400 metros e o contato com a natureza é direto, com muitos pássaros, árvores e animais, como capivaras que ficam andando em meio aos turistas. Por essa razão, não é permitida a entrada de animais domésticos na ilha, então não pudemos levar o Larry.

Leia também: Floresta em SP! Pedra Grande é atração do Parque Estadual da Cantareira

Igreja  Nossa Senhora da Escada é uma ótima atração
Arquivo pessoal
Igreja Nossa Senhora da Escada é uma ótima atração


Outro ponto turístico muito bonito e cheio de história é a Igreja Nossa Senhora da Escada, que fica no bairro da Freguesia. Dentro dela, está a imagem de São Longuinho, o santo dos objetos perdidos. Além da charmosa igreja, o bairro da Freguesia é repleto de restaurantes, o que acabou transformando o local em um centro gastronômico. É justamente lá que está um dos restaurantes mais tradicionais e conhecidos de toda a cidade.

Estação Ferroviária

Um ponto alto da cidade é a Estação Ferroviária, que foi responsável por transportes de cargas e pessoas entre 1876 e 1970 e passou por uma grande reforma e recebeu a Maria Fumaça, na qual hoje é possível realizar um dos mais belos passeios pela cidade. Os moradores e turistas podem viajar entre as estações da cidade e se encantar com a arquitetura da típica daquela época que foi mantida. Um verdadeiro cenário de cinema e novelas antigas.

Outras atrações

Outros pontos turísticos que podem ser visitados na cidade são o Parque Municipal da Pedra Montada, Ilha Grande, Igreja Nossa Senhora D’Ajuda, Cachoeira do Putim, Cachoeira do Zecão, Morro do Gervásio ou Vista Panorâmica.

O casal adorou a viagem e a gastronomia do local
Arquivo pessoal
O casal adorou a viagem e a gastronomia do local

Além de conhecer as atrações turísticas da cidade, nós gostamos muito de conhecer a culinária local dos lugares que visitamos, então resolvemos almoçar por Guararema e comer a especialidade da cidade: peixe. Escolhemos o restaurante Quinta da Freguesia e fomos muito bem atendidos no local, que aceita animais de estimação. O espaço é bem familiar, com área para as crianças se divertirem e para os pets darem um passeio.

Leia também: Viagem pela Tailândia: como é tomar café e até banho com os elefantes

Depois que nos despedimos dessa cidade, nós entendemos o motivo pelo qual usam o slogan, “visite, conheça e ame” Guararema. Sem dúvidas, é uma cidade para estar no roteiro de fim de semana, pois sempre terá uma atividade nova para fazer, um ponto turístico para visitar e um bom restaurante para degustar a gastronomia local.