O Castelo de Santa Marta de Portuzelo, na cidade de Viana do Castelo, norte de Portugal, faz sucesso no Airbnb
Airbnb/reprodução
O Castelo de Santa Marta de Portuzelo, na cidade de Viana do Castelo, norte de Portugal, faz sucesso no Airbnb

Portugal tem muitos castelos que merecem a visita. O de São Jorge, dominando a paisagem de Lisboa. O de Óbidos, dado pelo rei Dinis à rainha Dona Isabel, como presente de casamento. Ou mesmo o de Marvão, construído na fronteira com a Espanha no século XII para proteger o território português. Menos conhecido, o Castelo de Santa Marta de Portuzelo tem um diferencial: nele é possível hospedar-se. E por isso mesmo tem feito sucesso no Airbnb entre aqueles que pretendem passar algumas noites de realeza no país.

O castelo fica na freguesia de Santa Marta de Portuzelo, na cidade de Viana do Castelo, a pouco mais de 70 quilômetros ao norte do Porto. "Um lugar ideal para descansar" garante o anúncio na plataforma. Além de bucólica, a localização era estratégica para a defesa do território no século XIII, quando foi construída uma torre no mesmo espaço, que séculos depois seria substituída pelo atual palácio em estilo manuelino, datado de 1853 - e que desde 1977 é tombado como imóvel de interesse público pelo governo português.

Com uma estrutura fortificada quadrada, com uma torre no meio, o castelo tem cerca de dois mil metros quadrados e conta com 12 quartos, sendo nove disponíveis para os hóspedes. Cada um deles leva o nome de uma cidade portuguesa (como Lisboa, Óbidos, Porto e Viana) e tem camas de casal ou de solteiro e banheiro privativo. As paredes grossas de pedra e o piso de madeira garantem a sensação de viagem no tempo. O mesmo acontece nos salões, de estar e jantar, espalhados pelo palacete, com móveis antigos e ar aristocrático. Os hóspedes podem também contar com os serviços de cozinheiros.

Em volta dessa construção de pedra está o jardim de mais de 17 mil metros quadrados, com muito espaço ao ar livre e grande variedade de árvores ornamentais como laranjeira, limoeiro, oliveira, castanheira, palmeira, cipreste, nogueira e figueira. Uma das diversões possíveis é acessar essa área externa através de um túnel subterrâneo, que sai de dentro da casa principal. Outros destaques são a piscina, de 17 metros de comprimento por oito de largura, e a fonte, do século XV. E, claro, a bela vista para o vilarejo, que preserva um clima rural, mesmo estando tão perto de grandes cidades.

Um dos usos mais frequentes do castelo é como cenário de festas de casamento. Além de ideal para a sessão de fotos, o espaço comporta muitos convidados e tem até uma capela centenária (fechada aos hóspedes na maioria do tempo) para a realização da cerimônia religiosa. Mas também é possível alugar o espaço para outros tipos de evento ou viagens em famílias numerosas. Para isso, é preciso pagar uma diária que está na casa dos R$ 4,4 mil. E ainda assim há poucas vagas disponíveis para os próximos meses.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários