Veneza e outras cidades ao redor do mundo construídas sobre a água
Unsplash
Veneza e outras cidades ao redor do mundo construídas sobre a água


Em algumas cidades ao redor do mundo, as ruas são substituídas por rios e os principais veículos são barcos ou gôndolas. Ásia, Europa e até América do Sul abrigam destinos surpreendentes com canais. O mais famoso deles é Veneza, cidade localizada ao norte da Itália, que atrai milhares de turistas todos os anos por conta do cenário belo e romântico. 

Hoje, os canais de Veneza são pensados, principalmente, para agradar os turistas, no entanto, eles foram criados ainda na Idade Média, como uma necessidade de sobrevivência da população. Por conta da ameaça constante de invasões e guerras de expansão, os cidadãos foram forçados a encontrar um lugar seguro para fixar moradia, fato que justifica a escolha de um ambiente hostil e inabitável.  

Desse modo, utilizando uma técnica antiga de drenagem de água, os italianos conseguiram construir pequenas ilhas sobre os rios, deixando o local apto para receber casas e realizar o escoamento da água. Com isso, Veneza, que foi pensada para ser uma cidade temporária, tornou-se um local de permanência fixa. 


Bangkok, Tailândia

Bangkok é a capital e maior cidade da Tailândia, além de ser um dos destinos asiáticos mais buscados pelos turistas.
Unsplash
Bangkok é a capital e maior cidade da Tailândia, além de ser um dos destinos asiáticos mais buscados pelos turistas.


Bangkok é a capital e maior cidade da Tailândia, além de ser um dos destinos asiáticos mais buscados pelos turistas. O desenvolvimento da cidade teve início no século 15: como está localizada em um ponto estratégico, logo se tornou uma importante região comercial. Atualmente, Bangkok encanta os turistas pela união entre metrópole, tradições locais, a beleza dos monumentos e templos e a cultura única presente na cidade.

Outra atração imperdível em Bangkok são os mercados flutuantes, onde a comercialização de produtos é feita dentro dos barcos. O principal é o Damnoen Saduak Floating Market, distante cerca de 100 km do centro da cidade. Há também o Amantawa, a 90 km de Bangkok. Ambos podem ser visitados por meio de tours guiados. 

Giethoorn, Holanda

Giethoorn é uma cidade completamente sem ruas, situada a aproximadamente 150 km de Amsterdã.
Reprodução
Giethoorn é uma cidade completamente sem ruas, situada a aproximadamente 150 km de Amsterdã.


Giethoorn é uma cidade completamente sem ruas, situada a aproximadamente 150 km de Amsterdã. A cidade é constituída por um imenso canal chamado Dorpsgracht e mais três estreitos. O charme do local se vale justamente pela ausência de carros, pelas casas coloridas, pela abundância de flores e pela beleza dos canais. 

Leia Também

(Continue a leitura logo abaixo)

Leia Também

Fundada em 1230, Giethoorn entrou no roteiro do turismo mundial a partir de 2010. As casas e edifícios foram erguidos em cima de terrenos com vegetação desgastada e a escavação favoreceu com que os canais tomassem forma. 

Annecy, França

Conhecida como a “Veneza dos Alpes da França”, Annecy é uma graciosa cidade no sudoeste francês.
Reprodução
Conhecida como a “Veneza dos Alpes da França”, Annecy é uma graciosa cidade no sudoeste francês.


Conhecida como a “Veneza dos Alpes da França”, Annecy é uma graciosa cidade no sudoeste francês. Além dos canais, o destino ainda apresenta um centro histórico com prédios conservados, ruas estreitas de paralelepípedos e casas medievais. Annecy está na ponta norte do lago homônimo, localizado a 40 km de Genebra, na Suíça.

No mais, ao passear pelas ruas de Annecy o turista irá se deparar com edifícios antigos que abrigam restaurantes, lojas, cafés e galerias de arte, combinados com o clima acolhedor de vila do interior. 

Bruges, Bélgica

Com cerca de 117 mil habitantes, Bruges é um local atravessado por canais, que percorrem a cidade e podem até levar os turistas para as cidades vizinhas.
Reprodução
Com cerca de 117 mil habitantes, Bruges é um local atravessado por canais, que percorrem a cidade e podem até levar os turistas para as cidades vizinhas.


Com cerca de 117 mil habitantes, Bruges é um local atravessado por canais, que percorrem a cidade e podem até levar os turistas para as cidades vizinhas. Em 2000, o centro histórico, que é plenamente preservado com calçadas de pedra e construções medievais, foi tombado como Patrimônio da Humanidade pela Unesco. Dois anos depois, Bruges recebeu a certidão de Capital Europeia da Cultura. 

Entre os séculos 12 e 15, Bruges foi um importante pólo comercial europeu, porém o rio que ligava a cidade ao mar foi assoreado e os navios ficaram sem acesso à cidade. Como as navegações eram os principais meios de locomoção e transporte de mercadorias, a cidade ficou 400 anos escondida do restante do mundo. 

Tigre, Argentina

Bem próximo ao Brasil, Tigre é um município situado a 30 minutos de Buenos Aires, capital da Argentina.
Reprodução
Bem próximo ao Brasil, Tigre é um município situado a 30 minutos de Buenos Aires, capital da Argentina.


Bem próximo ao Brasil, Tigre é um município situado a 30 minutos de Buenos Aires, capital da Argentina. A cidade é rodeada por rios e canais, formando um conjunto de ilhas, geralmente ocupadas por casas, restaurantes, chalés, pousadas e campings. A principal atração da cidade é alugar um barco e realizar um passeio pela região, conhecer seus costumes, tradições e história. 

Além disso, outro ponto turístico de Tigre é o parque de diversões de La Costa, o casino Trilenium e o Puerto de Frutos. Este último se trata de um mercado repleto de lojas com itens de decoração e souvenires. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários