Casa Branca libera entrada de estrangeiros no país a partir de novembro
Reprodução
Casa Branca libera entrada de estrangeiros no país a partir de novembro


Nesta segunda-feira 20, o presidente dos Estados Unidos Joe Biden anunciou que vai revogar as medidas restritivas a turistas em decorrência da pandemia do novo coronavírus. A partir do início de novembro, viajantes vacinados de todos os países poderão fazer a viagem.


O comunicado da medida afirma que, para entrar no país, é obrigatório que o turista esteja totalmente imunizado e apresente comprovante de vacinação. Além disso,  deve ser apresentado um teste negativo de Covid-19 feito até três dias antes da data de embarque.

O Centro de Controle e Prevenção de Doenças do EUA (CDC) está verificando quais imunizantes serão aceitos para entrar no país. No entanto, são consideradas pessoas totalmente imunizadas as que tomaram as vacinas da Pfizer, Moderna ou Janssen, que foram aprovadas em caráter emergencial no país. Após o período de duas semanas da última dose, o indivíduo é considerado apto a viajar.

O site do órgão afirma que também podem ser aprovadas as vacinas listadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS), como a AstraZeneca. A CoronoaVac também consta na lista da OMS, mas imunizante não é citado no site da CDC.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários