Capital administrativa da África%2C Pretroria tem a a sede oficial do governo sul africano. Fica a aproximadamente 45km de Johannesburg.
Banco de imagens/Pixabay
Capital administrativa da África, Pretroria tem a a sede oficial do governo sul africano. Fica a aproximadamente 45km de Johannesburg.

Muitos turistas deixaram de viajar neste ano por causa da pandemia da Covid-19. Mesmo com a reabertura das fronteiras de diversos países e as inovações para de turismo seguro , os planos de viagem de muitas pessoas ainda não puderam ser retomados. Nesse cenário, a África do Sul se tornou uma opção bastante vantajosa para os brasileiros.

O país oferece atrações variadas como belas e variadas paisagens, museus, atividades esportivas e grandes centros urbanos. Além disso, os valores para conhecer a África do Sul são mais atrativos que os praticados em destinos da Europa,  Ásia e América do Norte.


De acordo com Piny Fellows, da BVR Operadora, agência de turismo brasileira que tem a África do Sul como seu principal destino de viagem, a moeda do país é um dos primeiros facilitadores para brasileiros que querem conhecê-lo.

“É um destino muito barato comparado com Europa, Estados Unidos e Canadá. Quando vamos hoje em dia para esses países temos que dividir nossa moeda por cinco; A moeda da África do Sul é Rand; US$ 1 equivale a aproximadamente 15 rands (ZAR), já R$ 1 vale aproximadamente 3 ZAR.

na África do Sul nós vamos multiplicar por três ou quatro. Um turista que está acostumado a quatro estrelas na Europa ou nos Estados Unidos seguramente vai poder usar o cinco estrelas e até serviço de luxo na África do Sul”, afirma. A moeda da África do Sul é Rand; US$ 1 equivale a aproximadamente 15 rands (ZAR), já R$ 1 vale aproximadamente 3 ZAR.

“É um destino para todo tipo de gosto, bolso e idade. Um pacote terrestre básico, com seis noites, incluindo a estadia e alguns passeios sai por menos de US$ 600. Como também é possível encontrar estadias dentro do Kruger Park, por exemplo, em que a diária custa US$ 3 mil dólares”, conta.

Além da moeda, há outras facilidades para os brasileiros que desejam ir para a África do Sul. Entre elas está a documentação para entrar no país. São exigidos apenas certificado internacional de vacina contra febre amarela e teste negativo para a Covid-19. O visto só é necessário para brasileiros em caso de viagens de mais de 90 dias. A comunicação também é um ponto positivo: apesar de haver 11 idiomas oficiais, o inglês é falado por todos.

Apesar das fronteiras já terem reaberto para os brasileiros , os voos do Brasil para a África do Sul ainda não estão sendo realizados. Mas, para Piny Fellows, esse é o momento ideal para programar a viagem.

“Durante e depois desta pandemia, as pessoas estão preferindo destinos com passeios ao ar livre. Há muitas opções na África do Sul. Esse é um motivo pelo qual a pessoas também estão buscando esse destino. Embora as fronteiras estejam abertas para os brasileiros, ninguém está viajando ainda, mas é o momento ideal para se planejar”, opina.


Confira as principais cidades e lugares para conhecer na África do Sul:

A cidade de Johannesburg é a capital financeira da África do Sul
Reprodução
A cidade de Johannesburg é a capital financeira da África do Sul


Johannesburg
O centro financeiro país é uma cidade bastante cosmopolita, com muitos shoppings, restaurantes e opções notunas. A cidade tem como principais pontos turísticos o bairro de Soweto, a casa de Mandela, o museu do Apartheid, Maropeng e cavernas, o centro cultural Lesedi, o Lion Park e o Santuários dos Elefantes.

Cape Town é a capital legislativa do país
Banco de imagens/Pixabay
Cape Town é a capital legislativa do país


Cape Town
Considerada uma das cidades mais bonitas do mundo, a cidade oferece muitos passeios ao ar livre. É um grande polo econômico e a segunda cidade mais populosa do país, Entre as principais atrações da cidade estão o Cabo da Boa Esperança, a ilha das focas, o Table Mountain e o Waterfront, o centro de ciências interativo, Robben Island e diversos museus.

The Palace%2C único 6 estrelas do continente africano fica em Sun City
Reprodução
The Palace, único 6 estrelas do continente africano fica em Sun City


Sun City
Resort que oferece hotéis de todas as categorias, incluindo o famoso The Palace, único 6 estrelas do continente africano. Parque aquático, lojas, cassino, restaurantes e diversas outras atrações. É possível fazer passeio de balão muito próximo ao Sun City. Distância aproximadamente de 180km de Johannesburg.

Famoso pelos safaris fotográficos%2C o Kruger Park oferece as melhores e mais tradicionais opções para esse tipo de passeio
Banco de imagens/Pixabay
Famoso pelos safaris fotográficos, o Kruger Park oferece as melhores e mais tradicionais opções para esse tipo de passeio


Kruger Park
Na fronteira com Moçambique, o Kruger é o maior parque do continente africano. Lá é possível fazer os famosos safaris fotográficos e ver de perto animais selvagens, como leões, elefantes e girafas.

Addo Elephant Park
É a terceira maior reserva do país. O turista pode se hospedar dentro ou nas proximidades do parque, que tem custo menor que outros destinos tradicionais, como Kruger e Pilanesberg.

Stellenbosch + Paarl + Franschhoek
Roteiro de enogastromia, as três cidades são consideradas o cinturão das vinícolas na África do Sul. Com mais de 300 vinícolas espalhadas pela região, a África do Sul é um dos dez melhores produtores de vinhos do mundo. A uva Pinotage é exclusiva da região.

Essas cidades também são as mais antigas cidades da colonização europeia no país. O passeio pode começar saindo de Cape Town (a 60km), mas também há a opção de se hospedar em uma das três cidades ou ainda em uma das vinículas do cinturão. Em Franschhoek dá para fazer um passeio de trem hop on - hop off pelas vinícolas.

A cidade acolhedora oferece florestas%2C praias%2C parques nacionais%2C aventuras%2C vinícolas%2C cavernas.
Reprodução
A cidade acolhedora oferece florestas, praias, parques nacionais, aventuras, vinícolas, cavernas.



Port Elizabeth
Também conhecida como "cidade acolhedora", oferece muitos esportes náuticos e a vida ao ar livre. Uma viagem comum é feita de carro, saindo de lá, pela "Rota dos Jardins", até Cape Town. São aproximadamente 700km de extensão numa mistura de paisagens deslumbrantes, cidades charmosas, florestas, praias, parques nacionais, aventuras, vinícolas, cavernas. Todos que passam por lá se apaixonam pelas inúmeras atrações que encontram ao longo do caminho.

Mossel Bay
Cidade da via costeira onde os turistas podem mergulhar com tubarões brancos.

Hermanus
Também na costa do país, é o lugar ideal para observação de baleias.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários