Tamanho do texto

Confira os melhores destinos internacionais para passar a virada; países da América do Sul estão entre as opções mais econômicas

Para você que estava sonhando em passar o Réveillon fora do país e foi surpreendido com a alta do dólar, não desanime! Ainda dá para fazer uma viagem inesquecível, conhecer uma cultura diferente e não gastar tanto assim. A Câmbio Store, plataforma de câmbio no Brasil, listou 6 destinos diferentes e econômicos para passar o ano novo em grande estilo:

Leia mais: "Uma Noite no Museu": Uruguai abrirá museus durante a noite em dezembro

1. Buenos Aires - Argentina

Buenos Aires, na Argentina arrow-options
Reprodução/Divulgação
Buenos Aires, na Argentina

Buenos Aires, ao longo dos anos, tornou-se um grande centro urbano. Repleta de diversidade, com pessoas de nacionalidades variadas, é uma cidade tradicional que se reinventa a todo momento. Agências de viagens costumam oferecer promoções para esse destino, que na época do Réveillon , fica bem agitado: queima de fogos de artifício, muita música, culinária do local e bebida à vontade.

A grande vantagem do ano novo em Buenos Aires é a economia. O peso argentino costuma ser mais barato que o dólar e você pode levar o dinheiro em real para trocar lá, já que as conversões na Argentina costumam ser mais baratas. De qualquer forma, é bom se informar antes com as corretoras para não ter nenhuma surpresa desagradável por lá. 

Como os nativos de Buenos Aires geralmente passam o Réveillon nas praias, é provável que a cidade esteja praticamente vazia. Por conta disso, também podem ter mais turistas, havendo a chance de até encontrar alguns brasileiros por lá.

2. Lisboa - Portugal

Lisboa, em Portugal arrow-options
Reprodução/Divulgação
Lisboa, em Portugal

O destino ideal para os que não falam outras línguas além do português. Se o idioma pode ser um problema em viagens internacionais, principalmente quando estamos em grupo, Lisboa nos livra dessa situação. Além disso, existem vários pontos gratuitos na cidade para curtir a virada. A queima de fogos, por exemplo, pode ser vista da Praça do comércio e na Torre de Belém. Para os turistas que querem mais agitação, a dica é aproveitar o resto da noite no Bairro Alto.

Apesar de o dólar ser aceito na capital, é recomendável já chegar no local com euro, a moeda oficial de lá. Como o euro em geral não é tão barato, vale fazer uma pesquisa dedicada das corretoras que oferecem a melhor taxa. Algumas delas dão a opção de parcelar a compra da moeda estrangeira no cartão de crédito. A Câmbio Store, por exemplo, dá essa opção com um parcelamento de até 12 vezes. 

Lisboa , além de muito bonita, é um centro histórico e cultural. Suas opções de lazer são variadas: de museus e parques até praias. No Réveillon, a dica é incluir uma visita ao Castelo de São Jorge e uma ida ao teleférico da cidade.

3. Punta Del Este - Uruguai 

Punta Del Este, Uruguai arrow-options
Reprodução/Divulgação
Punta Del Este, Uruguai


Essa opção é uma das mais badaladas. Punta Del Este é uma rota animadíssima no Réveillon e para conseguir ingresso nas festas particulares da virada, é preciso comprar com antecedência. Alguns dos destaques da cidade são as praias e a escultura de Las Manos. Os preços de restaurantes e lojas também são bem acessíveis.

Outra boa notícia: existe uma lei no Uruguai que devolve aos turistas 22% em contas de restaurante e locadoras de carro, quando são pagas com cartão de crédito, débito ou pré-pago internacional. Isso significa que se você vai comer em um restaurante ou alugar um carro, vale a pena usar o cartão, pois lhe dará uma ótima economia. A moeda oficial do local é o peso uruguaio, embora o dólar e o real sejam aceitos também em várias regiões. 

Leia mais: Dicas para aproveitar a primeira vez em Nova York sem passar perrengues

Viajar para Punta Del Este é mais barato do que ir para a capital uruguaia Montevidéu, muito cheia e com preços elevados. É também a chance de presenciar uma grande queima de fogos, com turistas de todo o mundo.

4. Dubrovnik - Croácia 

Dubrovnik, na Croácia arrow-options
Reprodução/Divulgação
Dubrovnik, na Croácia

Um dos cenários de gravação da série "Game of Thrones", Dubrovnik possui uma arquitetura medieval e é um dos destinos europeus mais baratos para passar a virada do ano. Museus e centros históricos se destacam como as programações mais interessantes dessa cidade. Apesar de possuir ótimas praias, o sol provavelmente não vai aparecer nessa época do ano, pois ela corresponde ao início do inverno.

A moeda de Dubrovnik se chama kuna croata, que vale menos que o real, e o euro também é aceito com facilidade. Se você busca sossego, essa é a viagem perfeita, pois a cidade é muito tranquila. Porém, também oferece uma programação diferente no Réveillon, com fogos, espetáculos, musicais e feiras de gastronomia.

5. Cuba 

Cuba arrow-options
Reprodução/Divulgação
Cuba

A paisagem de Cuba é afrodisíaca, com muitas praias, resorts e atrações turísticas internacionalmente reconhecidas, como o centro histórico de Havana Viejas. Formada por várias ilhas e com um clima tropical, a cidade tem ainda muitas cores, carros antigos e arquitetura característica. 

Dois tipos de moeda circulam em Cuba: o peso cubano e os pesos conversíveis. Você também pode usar euro ou dólar canadense. Existem medidas para a utilização do dólar americano no país, então o melhor é priorizar as moedas oficiais. 

Diferentemente do que pode-se pensar, Cuba é extremamente aberta e acolhedora. Para o Réveillon, é uma alternativa de cidade muito charmosa e boa para o bolso. 

6. Tríplice Fronteira - Argentina, Paraguai e Brasil 

Tríplice Fronteira arrow-options
Reprodução/Divulgação
Tríplice Fronteira

Com certeza, a opção mais exótica. Para quem gosta de aventuras, vai adorar viajar para a Tríplice Fronteira .  O turista sempre chega pela Foz do Iguaçu, no Paraná, onde pode procurar estadia e comida. É também nesse ponto que geralmente se fazem passeios turísticos, como as famosas Cataratas. Dessa região, dá para pegar um ônibus em direção a Puerto Iguazu, na Argentina, ou à Cidade Del Leste, no Paraguai. 

Tem opções para se divertir nos três lugares. Quem gosta de compras, vai gostar de comprar no Paraguai, onde é aceito principalmente o dólar, mas também o real em alguns pontos.

Como o acesso ao caixa eletrônico é restrito em algumas localidades, o ideal é levar um pouco de cada moeda em espécie na carteira. Gastando pouco, o visitante da Tríplice Fronteira pode conhecer áreas turísticas e fazer compras um bom preço, tudo isso em pouco tempo. 

Leia mais: 5 motivos para conhecer Taghazout, o paraíso dos surfistas no Marrocos

O ponto negativo de passar o Réveillon em algumas dessas cidades é que a queima de fogos só acontece em eventos fechados. Festas em hotéis, bares e resorts são algumas das possibilidades. Apesar disso, é possível aproveitar a vista sem ser na virada do ano, pois o Marco das Três Fronteiras apresenta um ótimo pôr do sol.