Tamanho do texto

Cidade litorânea do Marrocos atrai diversos turistas pelas grandes ondas e paisagens paradisíacas; confira o que fazer por lá

Algumas pessoas acreditam que o Marrocos é somente um país cercado por areia e que remete aos cenários desérticos de Aladdin . Mas o país do norte da África também é conhecido por ter o “paraíso dos surfistas”.

marrocos arrow-options
shutterstock
Taghazout é o paraíso dos surfistas na África

Taghazout, no sul do Marrocos , é considerada um spot do surfe mundial e é diferente de tudo o que se divulga sobre o país. Antiga aldeia de pescadores, a cidade é rodeada pelas montanhas do Atlas de um lado e pelo Oceano Atlântico do outro.

Se você quer fazer uma viagem diferente pelo continente africano , visitar Taghazout é uma boa opção para construir experiências únicas. E o iG Turismo listou cinco bons motivos para você conhecer a cidade:

1. Paradise Valley

marrocos arrow-options
shutterstock
Uma das piscinas naturais de Paradise Valley

Em Taghazout existe o “Paradise Valley”, um vale que possui palmeiras e piscinas naturais de águas cor verde esmeralda bem no meio do deserto. Considerado um oásis, o destino atrai muitos turistas por ano.

Só é possível chegar até o Paradise Valley por meio de tours guiados ou carro. Uma das empresas que oferecem o serviço de visita é a GetYourGuide. O passeio deles dura cerca de cinco horas e passa por alguns lugares emblemáticos do vale.

Se você optar por ir sozinho, para chegar até as piscinas naturais o viajante faz uma parte do trajeto de carro e, depois de deixar o veículo no estacionamento do vale, faz uma trilha de aproximadamente 50 minutos. O albergue Taghazout Surf Hostel fica no meio do vale e é uma opção de pernoite uma vez por semana.

2. Praias paradisíacas

marrocos arrow-options
shutterstock
Banana Beach é uma das praias favoritas dos surfistas em Taghazout

Quem gosta de surfe é indispensável cair na água em Taghazout. As praias de Panorama e Banana Beach são as favoritas dos turistas. Já as praias Taghazout e de Agadir também são frequentadas, mas com menor número viajantes.

As praias da região geralmente tem grandes faixas de areia e poucas pedras, o que favorece a atividade do surfe.

3. Experimentar chás e cafés marroquinos

marrocos arrow-options
shutterstock
O chá de menta marroquino é um dos itens que chamam atenção dos turistas

O café é originário do Brasil, mas alguns países árabes chamam atenção pela forma como produzem essa bebida, sempre mais forte do que os nacionais. Por isso, quem viajar para o Marrocos precisa experimentar a bebida local.

Além do café, quem também chama atenção é o chá de menta marroquino , adocicado com açúcar ou mel.  Nas praias existem alguns fornecedores ambulantes que vendem o chá ou café por 10 dirham (R$ 11,41*).

4. Crocoparc

crocodilo arrow-options
Reprodução/ Twitter
O Crocoparc tem 300 crocodilos para os turistas conhecerem

O Crocoparc é um parque, como você já deve imaginar, cheio de crocodilos. São cerca de 300 espécies para que os turistas conheçam. Além dos animais, os turistas encontrarão no lugar jardins botânicos, cachoeiras e atrações para todas as idades.

Na entrada, adultos pagam R$ 85 e crianças até 2 anos têm entrada grátis. O passeio pelo complexo dura mais de 3 horas (de acordo com previsão do Expedia). Hotéis da região organizam translado até o parque e os serviços são todos em inglês.

5. Agadir

marrocos arrow-options
shutterstock
Agadir, cidade próxima de Taghazout, pode ser inclusa na viagem

A cidade de Agadir fica a 30 minutos de Taghazout e é uma boa opção de visita. A cidade abriga o maior resort de praia de Marrocos, tem avenidas ladeadas por palmeiras e oferece passeios marítimos a beira mar.

Como pontos turísticos, a cidade tem uma lista vasta. Entre eles está o Museu do Patrimônio Amazigh, as edificações em arquitetura islâmica e o mercado Souk El Had que é indicado para a compra de tapetes, temperos, roupas e artesanato.

Para quem aprecia espaços com história, a área de kasbah medieval é uma visitação interessante. A região foi uma das poucas que sobreviveu a um terremoto de 1960 que devastou praticamente toda Agadir.

Leia também: Quais as melhores cidades para conhecer no Marrocos?

Conseguimos te convencer a conhecer Taghazout, no Marrocos ? Deixe nos comentários se você já visitou a cidade e o que achou.

*valor pesquisado em 22 de novembro com o dirham valendo R$ 1,14

    Leia tudo sobre: surfe