Tamanho do texto

A forte influência cultural do país tem chamado a atenção dos brasileiros

O turista que quer conhecer uma cultura totalmente diferente e busca um local com belas paisagens deve considerar conhecer o Marrocos na próxima viagem. O local, que mescla costumes africanos e europeus, está conquistando os brasileiros e promete ser uma tendência turística para este ano.

Leia também: Quer saber o que fazer nos países das 7 maravilhas do mundo moderno? 

undefined
Divulgação/Turismo do Marrocos
O Marrocos é um destino que tem atraído diversos turistas brasileiros e chama atenção por suas excentricidades


Segundo um levantamento feito pela operadora de turismo Abreu, a procura pelo Marrocos aumentou neste primeiro semestre de 2019. O destino vem mostrando que tem potencial para se tornar um dos queridinhos dos brasileiros que planejam uma viagem para o exterior. Quer conhecer melhor essa região? Então comece o roteiro pelos cinco lugares mais fascinantes do país.

1. Marrakech

undefined
Divulgação/Turismo do Marrocos
Em Marrakesh, no Marrocos, é possível fazer passeios de carruagem e conferir outros pontos turísticos


A cidade mistura o tradicional com o contemporâneo, o que garante uma ótima experiência para os visitantes. Em uma parte de Marrakech, você vai se deparar com locais de cores vibrantes, aromas orientais, passeios em carruagem e muitas riquezas arquitetônicas.

Já na outra parte, você vai encontrar amplas avenidas, boutiques de luxo e locais festivos. Dois pontos turísticos indicados são o Jardim Majorelle e a Mesquita Koutoubia.

2. Casablanca

undefined
Divulgação/Turismo do Marrocos
Outro destino indicado para os turistas é Casablanca, local que mistura modernidade e bairros antigos


A região conta com palmeiras no entorno das largas avenidas, praias de tirar o fôlego e uma cidade agitada. Falando assim, até parece um destino tropical, não é mesmo?

O local mescla a modernidade com heranças muçulmanas e árabes encontradas nos bairros mais antigos, fora que a cidade carrega muitos vestígios da era colonial. O principal cartão postal de lá é a Mesquita Hassan II, que é a segunda maior do mundo.

3. Fez

undefined
shutterstock
A fonte Nejjarine é uma das atrações dessa região do Marrocos que vale a pena conhecer


Com mais de treze séculos de história, essa região é outra opção para os turistas. A arquitetura chama atenção e há muitas opções de atrações como uma grande e lendária medina e as belíssimas madraças, nome dado as escolas de estudo islâmicos.

Leia também: 5 cidades da Argentina que valem sua visita; confira dicas 

Um dos pontos turísticos mais populares dessa região marroquina é a fonte Nejjarine que, de acordo com especialistas da Abreu, é um bom ponto de partida para explorar Volubilis, o mais extenso sítio arqueológico romano desse país.

4. Rabat, a capital do Marrocos

undefined
Divulgação/Turismo do Marrocos
A capital do Marrocos, Rabat, conta com lugares com belas arquiteturas que encantam os turistas


A capital marroquina também vale a sua visita. O litoral da cidade é o que mais atrai os turistas e, fora isso, há muitos espaços verdes para quem gosta de ter um contato maior com a natureza.

A parte cultural também tem destaque, sendo que as ruas contam com obras de arte e praças. Um dos pontos turísticos de destaque é o imponente Palácio Real, rodeado por uma grande muralha que possui vasto pátio, colégio, mesquita e edifícios do governo.

5. Meknès

undefined
Divulgação/Turismo do Marrocos
Meknès abriga construções do Marrocos que são consideradas Patrimônios da Humanidade da UNESCO


Esse é um destino indicado para quem ama arte, já que essa cidade é um verdadeiro museu a céu aberto. Meknès conta também com construções que são Patrimônios da Humanidade da UNESCO, como a medina local e os vestígios do palácio real.

Leia também: Flórida além de Orlando: o que fazer nas cidades vizinhas a Disney e Universal

Um detalhe interessante é que o destino abriga com uma das principais obras hispano-mouriscas do mundo: a porta Bab Mansour, na praça El Hedime.

Outros pontos turísticos que valem visitar nessa região do Marrocos são: o Estábulo Real, que já abrigou 12 mil cavalos, e o Mellah, um antigo bairro judeu.