Tamanho do texto

Youtuber visitou as 7 maravilhas do mundo moderno para escrever seu novo livro, "O Guia do Mochileiro Terráqueo: Em busca das 7 maravilhas", e voltou com boas dicas para quem quiser curtir os países e degustar novos sabores

Mauro Nakada, de 22 anos, soma mais de 6 milhões de seguidores nas redes sociais. Em 2017, o Youtuber fez uma viagem de quase um ano buscando novas experiências, cores e sabores. Para isso, ele foi rumo às 7  maravilhas do mundo moderno, e completou uma jornada que trouxe mais do que ele tinha em mente. 

O influenciador Mauro Nakada visitou as 7 maravilhas do mundo moderno, e voltou com um livro novo e muitas dicas
Arquivo pessoal/Mauro Nakada
O influenciador Mauro Nakada visitou as 7 maravilhas do mundo moderno, e voltou com um livro novo e muitas dicas

Suas quase 120 horas de avião em busca das 7 maravilhas do mundo moderno levaram-no a 14 países, numa trajetória que se extendeu por mais de 107 mil quilômetros. Toda essa aventura resultou em seu novo livro, que será lançado na segunda-feira (14): "O Guia do Mochileiro Terráqueo: Em Busca das 7 maravilhas".

Mas não foi só o seu livro que nasceu durante a jornada. Ele trouxe também algumas dicas especiais para você aproveitar sua visita a cada um dos países das maravilhas, com direito a conselhos culinários para você sentir o sabor tradicional de cada lugar - seja no Brasil, na China, na Índia, na Itália, na Jordânia ou no México.

Leia também: Os 10 melhores monumentos do mundo e do Brasil, segundo viajantes

O que fazer nas 7 maravilhas do mundo moderno: Machu Picchu, Peru

Quem for dar um pulo na primeira das 7 maravilhas do mundo moderno pode turbinar a visita com um prato de ceviche
Arquivo pessoal/Mauro Nakada
Quem for dar um pulo na primeira das 7 maravilhas do mundo moderno pode turbinar a visita com um prato de ceviche

Caso viaje para a terra de Machu Picchu, o youtuber aconselha pedir ceviche com pisco sour. O ceviche é uma das comidas típicas do Peru, feita com frutos do mar banhados em molho cítrico e temperado com chili, cebola e outras especiarias.

Ele também recomenda uma visita à cidade de Cusco, no Vale Sagrado. A outrora capital do império Inca atualmente é famosa por seus restos arqueológicos e pela magnífica arquitetura colonial espanhola. E quando for passar na primeira maravilha da lista, Machu Picchu, Mauro recomenda que você aprecie bem o momento, respirando fundo e sentindo a brisa das montanhas.

O que fazer nas 7 maravilhas do mundo moderno: A Grande Muralha, China

Na muralha da China, a dica é aproveitar a magnífica vista de uma das maiores das 7 maravilhas do mundo moderno
Arquivo pessoal/Mauro Nakada
Na muralha da China, a dica é aproveitar a magnífica vista de uma das maiores das 7 maravilhas do mundo moderno

Pratos típicos são uma ótima forma de saborear a cultura local e se sentir imerso nela. Quando estiver na China, o prato indispensável para o influenciador é o pato a Pequim, cuja característica principal é o corte finíssimo da carne, extremamente rente à pele.

Passar na província de Hong Kong é uma boa também para quem gosta de um pouco de agito e estiver a fim de uma cerveja. Quando finalmente chegar à Muralha da China, a dica de Mauro é relaxar e curtir essa vista recheada de história.

O que fazer nas 7 maravilhas do mundo moderno: Taj Mahal, Índia

A terceira das 7 maravilhas do mundo moderno é um dos palácios mais bonitos da humanidade, num país incrível
Arquivo pessoal/Mauro Nakada
A terceira das 7 maravilhas do mundo moderno é um dos palácios mais bonitos da humanidade, num país incrível

A índia é o lar do Taj Mahal, um dos mais belos palácios do mundo - não é à toa que ele virou uma das maravilhas do mundo moderno. Para marcar presença lá de um jeito bem brasileiro, o influenciador aconselha uma selfie ao som de Jorge Ben Jor.

E quando estiver terminado com a visita ao palácio, a dica é saborear o frango na manteiga com Masala, um tempero que mistura semente de coentro, cardamomo, cominho, canela, cravo da índia, louro e noz-moscada.

O que fazer nas 7 maravilhas do mundo moderno: Petra, Jordânia

Outra das 7 maravilhas do mundo moderno é um sítio arqueológico no meio do deserto que vai te dar tempo para refletir
Arquivo pessoal/Mauro Nakada
Outra das 7 maravilhas do mundo moderno é um sítio arqueológico no meio do deserto que vai te dar tempo para refletir

Neste país do Oriente Médio cheio de história uma boa ideia, segundo Mauro, é curtir o cordeiro cozido enquanto aprecia uma vista para o deserto de Wadi Rum, que proporciona um silêncio ideal para quem precisa de um tempo para refletir.

E não se esqueça de passar pela outra maravilha da lista, as ruínas de Petra, a antiga capital do Reino Nabateu, que agora é um dos mais famosos sítios arqueológicos do mundo.

O que fazer nas 7 maravilhas do mundo moderno: Templo de Kukulcán, México

Colocando mais um pouco da América Latina na lista das 7 maravilhas do mundo moderno, esta pirâmide maia é tudo de bom para quem quer um pouco de história depois de muita comida e um pouco de tequila ao som dos mariachis
Arquivo pessoal/Mauro Nakada
Colocando mais um pouco da América Latina na lista das 7 maravilhas do mundo moderno, esta pirâmide maia é tudo de bom para quem quer um pouco de história depois de muita comida e um pouco de tequila ao som dos mariachis

No México, as dicas do youtuber voltam para a culinária . Segundo ele, só lá você poderá apreciar o verdadeiro guacamole, e tacos inigualáveis. Por fim, vale tomar uma dose de tequila e apreciar o som dos Mariachis. Tudo isso pode ser acompanhado de uma visita a El Castillo, o Templo de Kukulcán, que é uma pirâmide maia construída em Chichén Itzá por volta do século XII.

O que fazer nas 7 maravilhas do mundo moderno: Cristo Redentor, Rio de Janeiro

Ver a representante brasileira das 7 maravilhas do mundo moderno de helicóptero é a dica do youtuber Mauro Nakada
Arquivo pessoal/Mauro Nakada
Ver a representante brasileira das 7 maravilhas do mundo moderno de helicóptero é a dica do youtuber Mauro Nakada

Como já estamos no Brasil, não precisa de muito esforço para visitar a única maravilha na lista que fica em solo tupiniquim. Além de apreciar a vista que o Cristo Redentor proporciona, Mauro recomenda uma volta de helicóptero pelos céus da cidade.

Leia também: 10 destinos não convencionais que vão valorizar sua selfie durante a viagem

O que fazer nas 7 maravilhas do mundo moderno: O Coliseu, Itália

O Coliseu, que encerra a lista das 7 maravilhas do mundo moderno, é uma forma de voltar nos tempos dos Romanos
Arquivo pessoal/Mauro Nakada
O Coliseu, que encerra a lista das 7 maravilhas do mundo moderno, é uma forma de voltar nos tempos dos Romanos

Quando estiver em Roma, aja como os romanos. Para isso, nada melhor que, como sugere o influenciador, uma pizza no tradicional bairro de Trastevere, uma das áreas da boemia local.

Depois, vale sempre fazer uma visita à última (mas não menos importante) das 7 maravilhas do mundo moderno , o Coliseu, para se sentir na época dos gladiadores do Império Romano e viver uma experiência inesquecível como a de Mauro.