Tamanho do texto

Roteiros partem de Lisboa e Porto e levam você para conhecer atrações turísticas históricas e religiosas bem famosas, além de belas paisagens

O país de Pedro Alvares Cabral está cada vez mais popular no cenário turístico. Lisboa, por exemplo, foi o destino internacional mais buscado pelos brasileiros no primeiro semestre de 2019, segundo levantamento do buscador de viagens KAYAK. Mas a capital portuguesa não precisa ser seu destino final no país: o centro de Portugal também está repleto de surpresas para os turistas.

Leia também: Quais destinos turísticos estão em alta no Brasil e que fazer em cada um deles

Mão segurando bandeirola de Portugal na Torre dos Clérigos, em Porto arrow-options
shutterstock
O centro de Portugal tem um papel importante no turismo do país, com atrações turísticas mundialmente famosas

As duas melhores maneiras de conhecer o principal do centro de Portugal são os roteiros partindo de Lisboa e de Porto, que podem inclusive ser feitos de carro.

Eles são ideais para quem tem pouco tempo de viagem e deseja ver os melhores destinos da região que, segundo o Turismo de Portugal , órgão turístico oficial do país, é habitado por 2,3 milhões de pessoas e diversos patrimônios da UNESCO.

É hora, então, de conhecer estes roteiros turísticos que lhe levarão por cidades como Óbidos, Fátima, Tomar, Aveiro, Coimbra e Viseu. Ambos têm menos de 360 km somando a ida e a volta, e contam com outras cidades entre as principais para quem pode passar um pouco mais de tempo na estrada.

Explorando o centro de Portugal a partir de Lisboa 

A primeira parada do roteiro é Óbidos, situada a 84 km de distância de Lisboa. O trajeto pode ser feito em cerca de uma hora e te levará até uma pequena vila cercada por muralhas no topo de uma colina.

Os destaques dessa localidade são as casas pintadas de branco, contornadas por ruelas de pedra, tudo vigiado pelo castelo da cidade. Segundo o Turismo de Portugal, assistir ao entardecer nas muralhas e passear pelas ruas à noite são coisas que qualquer um que visite Óbidos deve fazer.

Após sua estadia na vila, é hora de ir para Fátima, um dos principais destinos de  turismo religioso em Portugal e no mundo que fica a menos de uma hora de Óbidos. Diz a história que foi lá que a Virgem Maria apareceu diversas vezes para três crianças em 1917, com mensagens de esperança e paz.

A partir de então foram construídas diversas igrejas e muitos outros santuários em homenagem à santa. E, além de seu lado espiritual, a cidade também atrai os turistas por sua beleza e energia.

Por fim, o primeiro dos roteiros turísticos chega a Tomar, que fica a menos de 40 km de Fátima. Sua história está intimamente ligada à da Ordem dos Cavaleiros Templários - é nela que fica o Convento de Cristo, no qual fica um templo criado como oratório privativo dos Cavaleiros.

Fora o Convento de Cristo, a Igreja de Santa Maria do Olival também conta uma parte da história dos Templários, já que serviu como sede portuguesa da Ordem. O parque Mata dos Sete Montes, segundo o Turismo de Portugal, sediava os rituais de iniciação dos cavaleiros.

A volta para Lisboa percorre apenas 137 km. Para quem tem pressa, essa é uma ótima alternativa para conhecer o centro de Portugal a partir da capital do país. Se tiver um pouco mais de tempo, entretanto, pode parar nas cidades de Alcobaça, Batalha e Leiria, todas entre Lisboa e Fátima.

Explore o centro de Portugal a partir de Porto

A segunda opção dos roteiros turísticos é viajar para Porto, no litoral noroeste de Portugal, e sair para explorar o centro do país passando por Aveiro, Coimbra e Viseu. A distância entre o ponto de partida e a primeira cidade é de meros 79 km, então a jornada não é muito demorada.

Ela é conhecida como "Veneza Portuguesa", pois é cortada por diversos canais que servem de vias de transporte para os moliceiros, a versão portuguesa das gôndolas venezianas. Para embarcar neles, o horário ideal é o final da tarde, quando o por do sol é refletido nas águas dos canais.

Fora os canais, Aveiro também é famosa pela arquitetura Art Nouveau e pelas fachadas decoradas com os inconfundíveis azulejos portugueses.

Saindo de lá, o roteiro parte para Coimbra, uma das mais importantes cidades universitárias de Portugal. Ela fica a cerca de 60 km de distância e abriga a Universidade de Coimbra, uma das mais antigas do mundo, com 729 anos.

O centro histórico da cidade é bem preservado e não pode ficar de fora da sua lista de lugares para visitar no centro de Portugal. Os parques e as ruas também são destaques, segundo o Turismo de Portugal, e deslocar-se a pé por lá é uma ótima maneira de explorar o ambiente que o cerca.

Por fim, 92 km separam Coimbra de Viseu, a última cidade desse roteiro. Suas construções medievais contrastam com a sua população, repleta de jovens universitários. 

Os restaurantes e bares são uma boa pedida lá, e a cidade também proporciona uma oportunidade única para degustar os vinhos da região do Dão.

E, para voltar até Porto, você precisará percorrer apenas 127 km, resultando num roteiro de 359 km de ida e volta. Alguns bônus para quem tiver mais tempo sobrando são as cidades de Ílhavo e Figueira da Foz, que ficam depois de Aveiro.

Leia também: Para todos os gostos! Praias de Portugal servem de ondas gigantes a calmaria

Passando por cidades importantes para a história do país e também do ocidente, fica fácil de entender por que os roteiros pelo centro de Portugal atraem tantos turistas ano após ano.