Tamanho do texto

As restrições impostas à praia de Mai Khao, próxima à pista de pouso do Aeroporto de Phuket, visam aumentar a segurança dos turistas

As autoridades tailandesas estão fazendo uma campanha para tirar os turistas da praia de Mai Khao, de onde tiram fotos dos aviões que aterrissam no Aeroporto Internacional de Phuket, no sudoeste da Tailândia .

Foto de uma mulher com um avião aterrissando passando sobre ela
shutterstock
Quem tentar tirar fotos na praia próxima à pista de pouso de Phuket pode enfrentar penas que vão de multas à morte

Para isso, uma área de segurança na praia e ao redor da pista do aeroporto foi desenvolvida, segundo o vice-diretor do aeroporto Wichit Kaeothaithiam. "Ninguém poderá entrar nesta área para bater fotos", reiterou ele em entrevista ao jornal tailandês Bangkok Post .

Segundo o jornal, a medida é uma forma de priorizar a  segurança dos visitantes desta região da Tailândia  - e a pena para quem infringir as regras é bastante severa. "A punição máxima é a pena de morte", alertou Wichit.

Outras medidas de segurança para a quem frequenta a praia

Avião decolando na pista de pouso do aeroporto de Phuket, às margens da praia
shutterstock
A pista de pouso do aeroporto de Phuket passa sobre a praia de Mai Khao, que rapidamente virou um ponto para selfies

Além da interdição de Mai Khao, Wichit Kaeothaithiam também pediu que habitantes e turistas que estejam a um raio de 9 km da pista do aeroporto não usem drones nem luzes piscantes (como flashes de câmeras).

Segundo o Bangkok Post , os avisos do vice-diretor do Aeroporto Internacional de Phuket vieram após reclamações de que a presença e a atividade turística na praia estavam atrapalhando os pilotos na hora da aterrissagem .

Ele também disse que medidas rígidas como as criadas para a  praia  são necessárias para cumprir com as exigências da Organização Internacional de Aviação Civil, e lembrou que o turismo e a segurança devem achar uma forma de coexistir.