Tamanho do texto

A ilha de San Andrés, considerada uma versão mais rústica do Caribe, vem ganhando espaço como um dos destinos favoritos dos turistas brasileiros

O mundo está se encantando com a  ilha de San Andrés , no arquipélago colombiano de San Andrés, Providencia e Santa Catalina. Com uma beleza caribenha rústica e mais de 40 pontos de mergulho nas águas que a cercam, esta ilhota de 26 km 2  está conquistando os corações de turistas por todo o mundo - inclusive no Brasil.

Na ilha de San Andrés, você poderá desfrutar de uma experiência caribenha pura, sem as mordomias dos grandes resorts
shutterstock
Na ilha de San Andrés, você poderá desfrutar de uma experiência caribenha pura, sem as mordomias dos grandes resorts

A prova disso é que, segundo levantamento do buscador de viagens Kayak, a ilha de San Andrés figura entre os 15 destinos da América Latina mais procurados pelos viajantes brasileiros.

E se você está planejando uma viagem para lá, vale a pena conhecer quais as opções de passeios em San Andrés . Assim, você poderá aproveitar ao máximo o território que já pertenceu a piratas ingleses, colonizadores espanhóis e agora está nas mãos do governo colombiano, bem como entender por que ele está crescendo tanto nas pesquisas.

Descubra a ilha de San Andrés e seu arquipélago

O litoral da ilha de San Andrés é pequeno, mas pode te surpreender com as areias brancas e águas cristalinas
shutterstock
O litoral da ilha de San Andrés é pequeno, mas pode te surpreender com as areias brancas e águas cristalinas

O litoral desta ilha colombiana pode ser relativamente pequeno - ele se estende por apenas 12 km no comprimento e 3 km na largura -, mas conta com várias opções de  o que fazer em San Andrés para aproveitar ao máximo a viagem.

Uma das possíveis atividades é mergulhar nas cristalinas águas do Mar do Caribe, explorando as piscinas naturais e os mais de 40 pontos de mergulho do paradisíaco arquipélago colombiano.

Se você preferir curtir o litoral de outras maneiras, pode descansar nas praias de areias branquinhas, decoradas pelos coqueiros que fornecem sombra aos turistas. Quem gosta de um pouco mais de aventura pode mergulhar com arraias, numa experiência que revelará a rica fauna marítima da região.

Quanto aos principais pontos turísticos da ilha de San Andrés, o site oficial de turismo colombiano, o Colombia Travel, recomenda uma visita a estes locais:

  • Bahía de Sardina, a principal praia da ilha, com 450 m de extensão;
  • San Luis, um vilarejo no litoral sul de San Andrés, habitado pelos nativos;
  • O Aquário, ou Cayo Rosa, uma pequena ilha a leste do arquipélago de águas transparentes e rasas, cheias de peixes e arrecifes de corais;
  • Praia de Spratt Bight, que tem um caminho de 1,8 km que vai do aeroporto aos principais hotéis da região;
  • Parque Regional de Johnny Cay, uma ilhota que pode ser vista do litoral nordeste de San Andrés, onde você pode relaxar na areia e degustar os pratos da culinária local.

Saboreie a culinária na ilha de San Andrés

A furta pão, servida cozida ou frita, é um grande atrativo da gastronomia típica da ilha de San Andrés
Shuttestock
A furta pão, servida cozida ou frita, é um grande atrativo da gastronomia típica da ilha de San Andrés

Falando em culinária local, o arquipélago colombiano também tem uma rica gastronomia, constituída principalmente de pratos com peixes e frutos do mar. De lagosta e camarão a truta e caranguejo preto, passando por caracóis e ciobas, você vai se surpreender com a variedade de alimentos por lá.

O leite de coco, a banana frita, a mandioca e o inhame são alguns dos ingredientes nativos mais usados na gastronomia local. Por outro lado, a influência inglesa, de acordo com o Colombia Travel, pode ser sentida no uso de especiarias como canela, gengibre e cravo-da-Índia.

As sobremesas são parte integral da gastronomia local, e variam de bolinhas de coco até bolos de milho e banana. Porém, segundo o site oficial de turismo colombiano, os pratos da culinária típica que você não pode deixar de experimentar no seu passeio em San Andrés são os seguintes:

  • Rondón, o prato mais tradicional da ilha. Ele é preparado com filé de peixe, caracóis, mandioca, inhame, rabo de porco, banana-da-terra e bolinho de massa, antes de ser temperado com leite de coco e pimenta;
  • Bolinho de peixe, que pode ser preparado com qualquer fruto do mar, como cioba, caranguejo ou peixe-papagaio. Antes de serem fritos, os bolinhos são temperados com cebola, tomate, alho e sal;
  • Fruta-pão, uma especialidade do arquipélago, que pode ser servida como acompanhamento tanto frita como cozida;

Leia também: Europa do Caribe, Aruba conquista turistas com suas praias e culinária

Explore a natureza da ilha de San Andrés

Os manguezais da ilha de San Andres ocupam uma boa parte da ilha, e abrigam uma grande variedade de mangues
Reprodução/Flickr/Louis Lammertyn
Os manguezais da ilha de San Andres ocupam uma boa parte da ilha, e abrigam uma grande variedade de mangues

A ilha de San Andrés também é rica em natureza, embora seu interior seja relativamente pequeno. Sua fauna e sua flora são preservadas pelos parques regionais e pelo Jardim Botânico.

No território da maior ilha do arquipélago, o principal tipo de vegetação é o mangue. Os fãs da natureza não ficarão sem o que fazer em San Andrés quando forem explorar os vários e ricos manguezais do território, com mangues de troncos brancos, avermelhados e pretos.

Caso você queira saber exatamente quais passeios em San Andrés fazer para vislumbrar a natureza da ilha, vale a pena considerar os seguintes pontos, segundo o Colombia Travel:

  • Lagoa Big Pond, ou Lago La Loma, que fica bem no centro da ilha e pode ser acessada a pé, a cavalo ou de bicicleta. Espécies como jacarés, iguanas, tartarugas, pássaros e outros animais fazem deste corpo d'água seu habitat natural;
  • Parque Regional do Manguezal Old Point, um santuário de vida selvagem à leste da cidade de San Andrés, cujos habitantes vão de caranguejos e mexilhões a iguanas e outros lagartos, bem como pássaros que migram para a ilha ao longo do ano;
  • Jardim Botânico de San Andrés, que fica na unidade caribenha da  Universidade Nacional da Colômbia e ocupa uma área de oito hectares. Seis destes oito hectares servem como reserva natural, e conta com espécies de plantas que sobrevivem na ilha desde o tempo dos dinossauros;
  • Hoyo Soplador, ou Blowhole, um ponto turístico no sul da ilha que funciona como um gêiser. A água que esguicha deste buraco a poucos metros do mar é resultado das ondas que se chocam com túneis subterrâneos dos arrecifes de coral.

Aproveite a vida noturna da ilha de San Andrés

Quem gosta de se divertir à noite também vai poder curtir a vida noturna cada vez mais agitada da ilha de San Andrés
shutterstock
Quem gosta de se divertir à noite também vai poder curtir a vida noturna cada vez mais agitada da ilha de San Andrés

Com o crescimento turístico, a cidade também viu um boom na sua vida noturna, que ganhou proeminência especialmente na cidade de San Andrés. Durante a noite, a ilha ganha vida sob o som de ritmos como o reggaeton, o reggae, o merengue, o calypso, a salsa e a soca, entre muitos outros.

Se para você uma viagem não estaria completa sem um pouco de agito na noite para equilibrar a calmaria do dia, então não vai faltar o que fazer em San Andrés, que irá se mostrar o lugar ideal para você visitar durante as próximas férias .

Visite as outras ilhas do arquipélago

E se você não estiver satisfeito em visitar somente a ilha de San Andrés , pode explorar as vizinhas menores de Santa Catalina e Providencia. Ambas são conectadas pela Ponte dos Namorados, uma estrutura suspensa de madeira. Nessas ilhotas, você poderá desfrutar de praias ainda mais intocadas, e realmente relaxar sob o sol caribenho.