Tamanho do texto

Um dos territórios mais sagrados do mundo é um destino turístico em ascensão entre os brasileiros; veja 10 locais para incluir em seu roteiro

A Terra Santa é cada vez mais popular dentre os brasileiros. Nos últimos três anos, a frequência de turistas daqui a procura de o que fazer em Israel tem aumentado, chegando ao ponto máximo de 62,5 mil em 2018 - impressionantes 14% a mais que em 2017. O total de turistas no país no ano passado foi de 4,1 milhões.

Leia também: Quer saber o que fazer nos países das 7 maravilhas do mundo moderno? Veja dicas

Você vai achar muito mais o que fazer em Israel além de visitar os pontos turísticos clássicos, como a Cúpula da Rocha
Noam Chen/Ministério de Turismo de Israel
Você vai achar muito mais o que fazer em Israel além de visitar os pontos turísticos clássicos, como a Cúpula da Rocha

Mas apesar desse crescimento, os turistas demoraram para descobrir o que fazer em Israel . De acordo com números oficiais do Ministério de Turismo do país, foram necessários 69 anos para que o país chegasse a 3 milhões de visitantes - a marca foi alcançada em 2017.

Para o Ministro do Turismo Yariv Levin, o número recorde de turistas em 2018 foi resultado de todos os esforços do ministério ao longo dos últimos anos, que contou com uma mudança brusca nas estratégias de marketing. "[A mudança foi] apoiada no desenvolvimento de infraestrutura, abertura de novas rotas e colaborações com alguns dos maiores agentes de viagens do mundo", afirma.

Descubra o que fazer em Israel

Natureza, história e até agito na noite: você vai encontrar muito o que fazer em Israel se decidir visitar o país
Itamar Grinberg/Dafna Tal/Dana Friedlander/Noam Chen/Ministério de Turismo de Israel
Natureza, história e até agito na noite: você vai encontrar muito o que fazer em Israel se decidir visitar o país

Pensa em Israel como destino de sua próxima viagem e está em dúvida do que fazer por lá? Você provavelmente já ouviu falar, por exemplo, do Muro das Lamentações, ou então da Cúpula da Rocha - dois grandes marcos da cidade de Jerusalém . Mas, como provam os esforços do Ministério de Turismo israelense, existem muitas nessa e em outras cidades do país. Veja esta lista com 10 dicas de locais que devem fazer parte do seu roteiro: 

1. Monte Bental

O Monte Bental fica nas Colinas de Golã, e é uma opção de o que fazer em Israel para quem curte apreciar a natureza
Reprodução/Facebook
O Monte Bental fica nas Colinas de Golã, e é uma opção de o que fazer em Israel para quem curte apreciar a natureza

Se você está procurando por uma vista impressionante, o Monte Bental, na região das Colinas de Golã, é o lugar para você. A região também está repleta de casas de hóspedes, cervejarias e, principalmente, pomares.

O Monte Bental em si é um vulcão adormecido, na região norte das Colinas - que é a parte mais alta de Golã, com altitude de até 1200 metros. No topo dele, de acordo com o Ministério do Turismo israelense, fica uma cafeteria, da qual você poderá apreciar a deslumbrante paisagem.

2. Mar Morto

Quer saber o que fazer em Israel? Experimente uma visita ao Mar Morto para flutuar na água e tomar sol sem se queimar
Itamar Grinberg/Ministério de Turismo de Israel
Quer saber o que fazer em Israel? Experimente uma visita ao Mar Morto para flutuar na água e tomar sol sem se queimar

Não seria uma viagem para Israel sem uma visita ao Mar Morto . No ponto mais baixo do planeta, 400 metros abaixo do nível do mar, este lago de sal é formado pelas águas do rio Jordão que fluem pelo Vale do Rift.

Segundo o site do Ministério de Turismo do país, os raios do sol evaporam a água do lago até o ponto em que a concentração de minerais e sal faz com que qualquer um que se aventure no Mar Morto flutue.

Além disso, como os raios solares precisam percorrer mais de 1200 pés (365 metros) para chegarem à costa, os raios ultravioleta são filtrados, o que permitirá que você se bronzeie sem queimar a pele. Todos os benefícios de um dia na praia com quase nenhum imprevisto - basta ignorar o fato de que não poderá mergulhar.

3. Deserto de Negev

Se refletir está na sua lista de o que fazer em Israel, as paisagens de Negev são os planos de fundo ideais para isso
Dafna Tal/Ministério de Turismo de Israel
Se refletir está na sua lista de o que fazer em Israel, as paisagens de Negev são os planos de fundo ideais para isso

Esse deserto ocupa 62% da área total de Israel, e sua principal característica é o tom avermelhado de seu terreno e as belas formações rochosas que se destacam ao longo do horizonte.

Além de sítios arqueológicos e vestígios de civilizações passadas, também é possível encontrar tribos beduínas - habitantes do deserto - por lá.

Queira você contemplar a paisagem, descobrir mais sobre a história do mundo ou conhecer a cultura dos beduínos mais de perto, o deserto de Negev é uma garantia de boas memórias.

4. Parque Nacional da Praia de Achziv

A praia de Achziv vai deixar você se refrescar enquanto se prepara para continuar a descobrir o que fazer em Israel
Reprodução/Facebook
A praia de Achziv vai deixar você se refrescar enquanto se prepara para continuar a descobrir o que fazer em Israel

Neste parque nacional, você poderá aproveitar um tempo com a família na praia mediterrânea de Achziv, com direito a áreas para piqueniques, lanchonete e restaurantes.

Além disso, é possível se refrescar na piscina natural ou na artificial de água salgada, com salva-vidas de plantão durante o verão. Se optar por dar um mergulho, poderá encontrar criaturas marinhas como anêmonas, ouriços-do-mar e polvos. Aproveite também para visitar a cidade bíblica que tem o mesmo nome da praia.

5. Reserva Natural da Praia de Coral

Na Praia de Coral, no litoral de Eilat, os amantes do mar também vão achar o que fazer em Israel, com mergulhos para ver de perto a vida marinha. Se prepare para ver milhares de espécies diferentes, com algumas que só existem na região
Dafna Tal/Ministério de Turismo de Israel
Na Praia de Coral, no litoral de Eilat, os amantes do mar também vão achar o que fazer em Israel, com mergulhos para ver de perto a vida marinha. Se prepare para ver milhares de espécies diferentes, com algumas que só existem na região

Ao sul da cidade de Eilat, fica essa bela praia com um recife de coral de 1,2 km de extensão. Depois dos recifes primários, vem uma muralha de coral com 35 metros de profundidade, que pode ser vista nos mergulhos com equipamentos alugados no local.

A variedade de espécies que a praia oferece promete impressionar qualquer um. São mais de 270 tipos de coral e 2500 animais marinhos diferentes, alguns exclusivos da região do Mar Vermelho.

6. Via Dolorosa

A Via Dolorosa é um destino imperdível na lista de quem quer o que fazer em Israel para se aproximar da história
Noam Chen/Ministério de Turismo de Israel
A Via Dolorosa é um destino imperdível na lista de quem quer o que fazer em Israel para se aproximar da história

Diz a história que foi nesta viela de Jerusalém que Jesus Cristo deu seus últimos passos até a crucificação. Com lojas e barracas, além de 14 marcações dos ocorridos na última caminhada de Cristo, essa rua atrai inúmeros turistas e peregrinos, e vale uma visita de quem quiser se encontrar com a história e a espiritualidade ao mesmo tempo.

Leia também: 5 passeios para fazer em Jerusalém, a capital de Israel

7. Yad Vashem

No Museu do Holocausto, o Yad Vashem, você vai ver de perto os relatos e memórias das vítimas de um dos mais horrendos genocídios da história. Não importa qual a sua ideia sobre o que fazer em Israel, uma visita a esse marco é indispensável
Noam Chen/Ministério de Turismo de Israel
No Museu do Holocausto, o Yad Vashem, você vai ver de perto os relatos e memórias das vítimas de um dos mais horrendos genocídios da história. Não importa qual a sua ideia sobre o que fazer em Israel, uma visita a esse marco é indispensável

O Yad Vashem é outra parada obrigatória em Jerusalém para quem quer ver detalhes da história do mundo. Este centro reúne de itens pessoais a relatos em vídeo das vítimas e sobreviventes de um dos episódios mais tristes e sombrios da humanidade: o Holocausto.

Além da parte expositiva, o Yad Vashem também tem, desde 1993, um instituto próprio para incentivar pesquisas a respeito do Holocausto e de eventos relacionados - é o International Institute for Holocaust Research.

8. Torre de Davi

Se você está procurando o que fazer em Israel para conhecer a história da humanidade, visitar à Torre de Davi é ideal
Noam Chen/Ministério de Turismo de Israel
Se você está procurando o que fazer em Israel para conhecer a história da humanidade, visitar à Torre de Davi é ideal

Ainda em Jerusalém, outra parada obrigatória é a Torre de Davi. Nela, segundo informações oficiais do Ministério de Turismo do país, existem apresentações e até mesmo exibições num museu contando a história da cidade.

As muralhas atuais da Torre, que foi destruída e reconstruída diversas vezes ao longo dos séculos, datam de 500 anos atrás. No entanto, descobertas arqueológicas no local têm até 2000 anos de idade, dando ainda mais força para os relatos históricos que você verá por lá.

9. Museu de Israel

Visitar o Santuário do Livro, no Museu de Israel, é uma boa ideia de o que fazer em Israel para os amantes da cultura
Noam Chen/Ministério de Turismo de Israel
Visitar o Santuário do Livro, no Museu de Israel, é uma boa ideia de o que fazer em Israel para os amantes da cultura

O Museu de Israel é a principal entidade cultural do país, e também figura dentre os principais centros de exposição culturais e arqueológicos do planeta. O último - mas não menos importante - destino de Jerusalém da lista foi fundado em 1965 e reúne mais de 500 mil artigos, que datam desde a pré-história até os dias atuais, segundo o site oficial de Turismo de Israel.

No Santuário do Livro, uma das alas originais do museu, você poderá encontrar artefatos como os Pergaminhos do Mar Morto, que são os escritos bíblicos mais antigos do mundo.

O Jardim de Arte Billy Rose, projetado pelo escultor nipo-americano Isamu Noguchi, também é outra ala obrigatória para se visitar no museu. Afinal, ela reúne uma das principais coleções de esculturas ao ar livre do século XX, e conta com obras de artistas como Pablo Picasso, Henry Moore e Auguste Rodin. Não importa o que você faça antes ou depois, o Museu de Israel deve estar na sua lista.

10. Cidade Velha de Jaffa

A procura de o que fazer em Israel à noite? A Velha Jaffa, em Tel Aviv, pode ser a resposta que você esperava para se divertir
Dana Friedlander/Ministério de Turismo de Israel
A procura de o que fazer em Israel à noite? A Velha Jaffa, em Tel Aviv, pode ser a resposta que você esperava para se divertir

Situada em Tel Aviv, uma das principais cidades de Israel, a Velha Jaffa é uma das mais antigas comunidades portuárias do mundo, e combina de forma única elementos da Antiguidade com características do mundo moderno.

Leia também: Amã quebra qualquer preconceito sobre Oriente Médio

Repleta de galerias de arte, bares, restaurantes e butiques exclusivas, a Cidade Velha de Jaffa - que agora é um bairro de Tel Aviv - promete encantar com história, diversão, e até mesmo romance para quem quer o que fazer em Israel .