Tamanho do texto

Segundo um levantamento recente, alguns lugares do mundo são campeões em levar turistas ao hospital por problemas relacionados a clima e à comida

Por ser uma oportunidade de conhecer novos lugares e culturas, visitar pontos turístico famosos e ter experiências únicas, fazer uma viagem geralmente gera lembranças inesquecíveis. Ainda assim, o destino é traiçoeiro e há chances de situações indesejadas atrapalharem esses momentos tão aguardades, e, de acordo com um levantamento recente, alguns lugares são campeões em incidentes com turistas.

Leia também: Confira quais são os cinco destinos que são referência em segurança no mundo

Estados Unidos, Tibet e Tailândia estão entre os países com frequentes números de incidentes com turistas, diz pesquisa
shutterstock
Estados Unidos, Tibet e Tailândia estão entre os países com frequentes números de incidentes com turistas, diz pesquisa


O estudo foi realizado pela ComparaOnline, serviço que busca preços vantajosos para turistas, e aponta os Estados Unidos, o Tibet e a Tailândia como os destinos que apresentam  incidentes com viajantes mais frequentemente. Entre os fatores que mais atrapalharam a viagem estão o clima, a cultura gastronômica e a organização geográfica.  

“Alguns países possuem peculiaridades que podem trazer dores de cabeça durante a viagem. Além da questão de muitas vezes estarmos em um local que não dominamos a língua, questões emergenciais, como procurar um hospital, farmácia ou clínica odontológica, podem trazer problemas para o viajante”, comenta Paulo Marchetti, CEO do site no Brasil.

Contratar um seguro viagem pode ajudar em determinadas emergências, mas, para se adaptar ao local, é necessário abrir a mente e entender que, durante uma viagem, é possível estar em um local com costumes. Antes de fechar um pacote, uma dica é sempre pesquisar detalhes dos destinos, assim é possível escolher um local que não distoe tanto do estilo de vida do turista.

Mal-estar, intoxicação alimentar e fraturas

O Tibet está entre os países que registram caso de emergência frequentes por ser um local de altitude elevada, algo que pode causar o “Mal da Montanha”, problema caracterizado por um mal-estar intenso. Já a paradisíaca Tailândia, destino muito escolhido por casais em lua de mel e grupos de amigos, também pode costuma trazer problemas, pois a comida de lá leva muito tempero e, por não estarem acostumados, vários viajantes vão parar no hospital com intoxicação alimentar.

Leia também: Oito situações em que você pode acionar o seguro viagem e economizar

“Outro tópico que percebemos com nosso levantamento foi que os tipos de incidentes mais comuns foram os esportes radicais, com destaque para patinação no gelo, esqui e ciclismo. Muitos turistas não estão habituados com práticas esportivas e resolvem se aventurar na viagem ”, explica Marchetti. Para evitar quedas, fraturas e outros problemas, é bom ficar sempre em alerta e tomar cuidado.

Altos custos médicos  

Ficar doente ou sofrer alguma lesão durante a viagem é outra coisa que costuma dar dor de cabeça em países estrangeiros. Segundo informações de seguradoras parceiras do site, tratar uma fratura no joelho nos Estados Unidos, por exemplo, pode custar em média US$ 30 mil (aproximadamente R$ 112 mil), quase três vezes mais que no Brasil. Já retirar uma apêndice pode sair US$ 35 mil (aproximadamente R$ 131 mil).

Leia também: Seguro viagem: veja tipos, garantias e coberturas deste serviço

“Temos o exemplo do país norte-americano, que possui elevados custos médicos e que, com certeza, geram muitas situações indesejadas se o turista não se precaver contra esses contratempos”, indica Marchetti, reforçando que, para prevenir incidentes , é aconselhável contratar um seguro viagem com antecedência.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.