Tamanho do texto

Cotações da moeda costumam oscilar bastante, e em tempos de alta é preciso optar por países que oferecem um ótimo custo-benefício

O preço do dólar sempre varia muito, mas ultimamente a cotação da moeda estrangeira está sempre em alta, o que atrapalha o turista que quer fazer uma viagem para o exterior. Se você está planejando sair do país, a principal dica é não se render a essa constante alta. Isso é possível escolhendo destinos que oferecem um bom custo e benefício e possuem uma moeda mais em conta do que as dos países dolarizados.

Leia também: 7 dicas para os turistas que não entendem muito sobre câmbio

É possível fugir do dólar alto escolhendo conhecer destinos que possuem uma moeda com um valor mais acessível
shutterstock
É possível fugir do dólar alto escolhendo conhecer destinos que possuem uma moeda com um valor mais acessível


Para fugir do dólar , há opções de destinos na África e na Ásia, mas os que fazem mais sucesso entre os turistas brasileiros são os que estão na América do Sul. Segundo informações da operadora CVC, o turismo doméstico ainda é a escolha de 60% dos viajantes, mas a empresa registrou um aumento de 25% na venda de viagens para o exterior no primeiro trimestre deste ano.

Isso pode ser um indício que de os turistas querem fazer viagens internacionais, mas muitas vezes deixam esse desejo de lado por conta dos altos custos que envolvem uma viagem desse porte. Mas escolhendo bem o local, é possível economizar. Confira os destinos no exterior que são ideais para se conhecer sem se preocupar com as variações do dólar:

1. Chile, Santiago

Santiago, no Chile, é um destino popular entre turistas brasileiros e conta com ótimo custo-benefício e não cobra o IVA
shutterstock
Santiago, no Chile, é um destino popular entre turistas brasileiros e conta com ótimo custo-benefício e não cobra o IVA


O Chile está entre os países mais viáveis da América do Sul para viajar em tempos de dólar alto. Santiago, capital chilena, é a região que mais atrai turistas para o país e está entre os destinos mais econômicos, pois os visitantes que ficam menos de 60 dias no país são isentos do IVA (Imposto sobre valor agregado) nas diárias de hotéis. O país conta com diversos pontos turísticos, como a Cordilheira dos Andes, e mescla muito bem a cultura e os ritmos latinos com o toque das metrópoles europeias.

2. Argentina, Bariloche

Bariloche tem muitas belezas naturais e é ótimo para o turismo, principalmente se você já conhece Buenos Aires
Divulgação/Bariloche Turismo
Bariloche tem muitas belezas naturais e é ótimo para o turismo, principalmente se você já conhece Buenos Aires


A Argentina costuma atrair todos os anos diversos brasileiros, pela proximidade com o Brasil. A capital, Buenos Aires, é uma das cidades da América do Sul que mais se assemelha a regiões europeias. O destino conta com atrações culturais e costuma ser elogiado pela sua ótima gastronomia. Além da capital, outras regiões, como Bariloche, também merecem destaque. A cidade fica a duas horas de voo de Buenos Aires e costuma ser muito visitada entre julho e agosto, pois nesse período costuma nevar por lá.

3. México, Cancun

Cancun encanta por possui praias com um mar incrível de água cristalina e a melhor parte é que tem resorts all-inclusive
shutterstock
Cancun encanta por possui praias com um mar incrível de água cristalina e a melhor parte é que tem resorts all-inclusive


Caso esteja programando as férias de julho, Cancun é, sem dúvidas, umas das melhores opções de destino. Popular entre os turistas que visitam o México, a cidade conta com boa infraestrutura hoteleira. A maioria dos resorts trabalha com o sistema all-inclusive, garantindo ao viajante uma grande economia com alimentação. Fora isso, as crianças costumam ter gratuidade na hospedagem. Outro detalhe é que vira e mexe há promoções de passagens aéreas para o destino, então fique de olho.

Leia também: Chile é o destino de 2018, e visitar local pode custar menos de R$ 1,5 mil

4. Uruguai, Montevidéu

Montevidéu, no Uruguai, é uma cidade cheia de atrações turísticas, como a Plaza Indepedencia, que encanta dos turistas
shutterstock
Montevidéu, no Uruguai, é uma cidade cheia de atrações turísticas, como a Plaza Indepedencia, que encanta dos turistas


Este pequeno país vizinho ao Brasil é outra opção sul-americana com ótimo custo-benefício para os viajantes brasileiros. Montevidéu, capital do Uruguai, é a cidade mais indicada para os turistas. A região reúne história, bela arquitetura e paisagens que impressionam. Dentre as principais atrações turísticas e cartões postais estão o Mercado del Puerto, a Rambla de Pocitos, a Feira Tristán Narvaja, a Puerta de La Ciutadela e o Teatro Sólis, que conta com dias de visitação gratuita. O IVA também é isentado dos turistas que estão há menos de 60 dias no país.

5. Colômbia, Bogotá + Cartagena + San Andres

San Andres é umas das regiões da Colômbia que está recebendo cada vez mais viajantes que são apaixonados por praias
Reprodução
San Andres é umas das regiões da Colômbia que está recebendo cada vez mais viajantes que são apaixonados por praias


Ao optar pela Colômbia, dá para conhecer mais de uma região desse belo país em uma mesma viagem. O número de turistas brasileiros que visitam o local vem aumentando gradativamente, pois o local tem se mostrado ótimo no quesito custo-benefício. De acordo com a CVC, é possível comer, passear e fazer compras gastando pouco, e isso faz toda a diferença para quem está com o orçamento apertado. Bogotá, Cartagena e San Andres contam com atrações turísticas e belezas naturais e arquitetônicas que costumam encantar os viajantes.

6. África do Sul, Cidade do Cabo

A Cidade do Cabo, na África do Sul, é a cidade que possui mais atrações para os turistas por contar variadas atrações
shutterstock
A Cidade do Cabo, na África do Sul, é a cidade que possui mais atrações para os turistas por contar variadas atrações


Saindo da América do Sul, uma indicação é conhecer o país mais desenvolvido da África . Para se ter uma ideia, um rand (moeda local) equivale a 29 centavos aqui no Brasil. Isso significa que, como a moeda brasileira é mais valorizada que a de lá, os custos com alimentação e compras locais acabam ficando mais baixos.

O país tem atrações para todo tipo de viajante, os turistas podem aproveitar a viagem para passear em safáris, praias e montanhas. As paisagens da África do Sul costumam encantar os turistas e garantem ótimas fotos. Fora isso, os brasileiros não precisam de visto para entrar no país, ou seja, uma despesa a menos.

7. Índia, Deli

O Taj Mahal é um dos locais sagrados da Índia e um dos pontos turísticos mais visitados pelos viajantes que visitam o país
shutterstock
O Taj Mahal é um dos locais sagrados da Índia e um dos pontos turísticos mais visitados pelos viajantes que visitam o país


Partindo para a Ásia , um destino que não pode ficar de fora da lista é a Índia. O país está entre os mais baratos para quem deseja ir para o exterior. Um dos grandes destaques são as hospedagens, cujas diárias estão entre as mais em conta do mundo. Além de economizar, você ainda pode mergulhar em uma cultura totalmente diferente da brasileira. Com menos de R$100, você consegue visitar importantes pontos turísticos, como o Taj Mahal, em Agra, e ainda degustar uma gastronomia de qualidade e de sabor marcante.

Leia também: Economize no câmbio! Todas as dicas para gastar menos ao trocar dinheiro

Quando se trata de câmbio, sempre pode haver variações na cotação da moeda, então é sempre bom ficar de olho antes de viajar e comparar valores para ter claro qual destino é a melhor opção para o seu orçamento. Independentemente do local, tenha em mente que é possível, sim, fazer uma viagem internacional, basta ter planejamento e fugir do dólar quando ele estiver muito alto. Há um mundo aí fora para ser descoberto!

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.