Graças a facilidade dos diversos meios de transporte, parece que cada canto do mundo  é facilmente acessível, só que não é bem assim na realidade. Algumas cidades reservam belezas naturais e paisagens de tirar o fôlego, mas estão complemente fora dos roteiros tradicionais. E considerando que lugares famosos por seu turismo, como Veneza, estão restringindo a presença de turistas, vale tentar desbravar destinos desconhecidos. 

Leia também: 5 locais próximos a São Paulo para aproveitar o frio do inverno

Veja as cidades mais isoladas do mundo e, quem sabe, arrisque uma viagem até lá:

1. Whittier

undefined
shutterstock
Whittier, no Alaska, é uma das cidades mais isoladas do mundo

Com cerca de 170 moradores que vivem no mesmo prédio, Whittier, no Alaska, é uma das menores cidades do mundo. Ela é conhecida por ser o porto da Alaska Marine Highway e, por causa disso, ela se torna um ponto turístico durante o verão.

2. Villa las Estrellas

undefined
Reprodução/VisitChile
A maioria dos moradores da Villa Las Estrellas são famílias formadas por militares que servem na base aérea chilena

Localizada em plena Antártica, a cidade Villa las Estrellas é vizinha à base chilena de Frei, na baía Fildes. Por essa proximidade, a maior parte de seus moradores são famílias formadas por militares que servem na base aérea chilena. Os habitantes precisam se adaptar às rigorosas condições do frio antártico e, além disso,  dividir o espaço com animais como os pinguins-papua ou pinguins-gentoo. Para chegar ao local, é preciso fazer uma viagem de dois dias de barco para atravessar a passagem de Drake.

Leia também: 10 atrações imperdíveis e dicas para quem quer aproveitar o melhor do México

3. La Rinconada

undefined
Reprodução/conexionbrando
A cidade foi construíada ao lado de uma mina de outro

A cidade peruana é construída ao lado de uma mina de ouro e é o grande atrativo para os 50 mil habitantes da região. Ela foi construída como uma estrutura temporária e não tem encanamento, esgoto ou coleta de lixo.

4. Longyearbyen

undefined
shutterstock
Longyearbyen tem o solo permanentemente congelado

Longyearbyen, na Noruega, é a cidade mais setentrional do mundo e, como resultado de sua localização, o solo é permanentemente congelado. Por causa dos ursos polares que vivem na área em torno da cidade, a maioria dos habitantes carrega uma arma sempre que precisar sair dos limites da cidade.

5. Alert

undefined
Reprodução/Pinterest
Alert tem uma população de apenas 62 residentes permanentes

Alert conta com uma população de apenas 62 residentes permanentes e fica localizada no Canadá, próxima ao Pólo Norte. O local foi originalmente povoado pelos Inuits, mas agora abriga uma base militar, uma estação meteorológica e um posto de monitoramento das alterações climáticas.

Leia também: 15 passeios bate e volta saindo de São Paulo

6. Supai Village

undefined
shutterstock
Supai Village fica localizada no extremo sudoeste do Grand Canyon

Supai Village fica localizada no extremo sudoeste do Grand Canyon, nos Estados Unidos. A cidade tem uma população de cerca de 200 habitantes e é a capital da reserva indígena Havasupai. É uma caminhada quase 13 quilômetros dela até o estacionamento mais próximo. É o único lugar do Estados Unidos em que a correspondência é entregue por uma mula.

7. Oásis de Siuá

undefined
shutterstock
Oásis de Siuá tem cerca de 25 mil habitantes

Com cerca de 25 mil habitantes, esta é uma das cidades mais exóticas da lista. Localizada no Egito, ela tem seis lagos e lindas estradas rodeadas de coqueiros que deixam a paisagem ainda mais bonita.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários