Tamanho do texto

Renda-se a paisagens extasiantes, rica história e tradições, povo hospitaleiro e uma gastronomia que dá água na boca. Isso é Toscana!

Nesta semana teremos a oportunidade de saber um pouco mais sobre a Toscana, um dos roteiros mais incríveis da Itália . Nosso convidado é o jornalista e fotógrafo Eduardo Andreassi,  que teve a oportunidade de conhecer um dos lugares mais bonitos e românticos da Europa e nos conta todos os detalhes. 

Leia mais: Economizar na viagem internacional dos sonhos é possível; saiba como

Firenze, capital da Toscana
Eduardo Andreassi
Firenze, capital da Toscana

Veja o que Andreassi viu e viveu na Toscana e anote as dicas para sua próxima viagem:

Quando pensamos em Itália, uma das primeiras coisas que vem à mente são as paisagens deslumbrantes, arquitetura que atraem estudiosos e curiosos até os dias de hoje e sua gastronomia inigualável. Se citarmos essa região, então, não há quem não se deixe levar pela vista extasiante, rica história e tradições, povo hospitaleiro e gastronomia que dá água na boca.

Tradicional salame toscano
Eduardo Andreassi
Tradicional salame toscano


Passeios pela região da Toscana

Começando pela convidativa e deliciosa capital Firenze , ou vindo de alguma outra região via auto-estrada, ônibus ou trem, o prazer de admirar o cenário será o mesmo.

Vista noturna de Firenze
Eduardo Andreassi
Vista noturna de Firenze

As cidades e comunidades medievais de Siena, Gaiole in Chianti, San Gimignano, Montalcino, Lucca, San Quirico d'Orcia e Pienza - tombadas pela UNESCO e algumas delas pertencentes ao Vale D’Orcia - são atrações obrigatórias para quem quer explorar mais as tradições e história através das construções centenárias, ruas e vielas de séculos passados.

Pienza
Eduardo Andreassi
Pienza

Acordar logo cedo e se deparar com o cenário local é de tirar o fôlego de qualquer um, convidando-nos a caminhar por suas vielas. A cada instante, uma nova experiência e um novo aprendizado, afinal, há muito a ser visto e vivido nessa linda região.

Vinhos, massas, doces e o cafezinho

Um dos 'negozi' (lojas) da Toscana
Eduardo Andreassi
Um dos 'negozi' (lojas) da Toscana

Nos “negozi” (lojas) da região, o café italiano é servido em uma dose muito pequena, porém é tão saboroso quanto os doces de nomes desconhecidos - são doces locais e muito deles do início do século ou antes. Os queijos e salames maravilhosos harmonizam muito bem com os famosos vinhos das regiões de Orcia, Rosso e Brunello de Montalcino.

Montalcino
Eduardo Andreassi
Montalcino


Ahh, seus vinhos. Por onde andamos vimos vinhedos e olivais espalhados por toda a região. Mundialmente conhecidos pela qualidade, seja nas cantinas, nas vinícolas ou mesmo nas lojas, você irá experimentar um dos melhores e mais tradicionais vinhos do mundo.

Leia mais: 11 imperdíveis rotas de vinhos

Passeio pela era Medieval

Vielas históricas de Lucca convidam para um passeio
Eduardo Andreassi
Vielas históricas de Lucca convidam para um passeio

Não estranhe se por momentos sentir-se na era Medieval, caso visite San Quirico Val D’Orcia - uma pitoresca aldeia do século V situada em uma colina no Val d’Orcia, a 45 km de Siena e perto de Pienza, Montalcino e Montepulciano. Era pela Via Francigena, que existe até hoje, onde passavam os peregrinos e As Cruzada em direção a Roma e Jerusalém.

Melhor sorvete do mundo

Também não poderíamos deixar de destacar a Gelateria Dondoli, considerado por vários anos consecutivos como o melhor sorvete do mundo - 2006/2007/, 2008/2009. Seu proprietário, Sergio Dondoli é o mestre-sorveteiro da "Gelateria di Piazza", localizada na Piazza della Cisterna em San Gimignano, conhecida em todo o mundo e visitada por um grande número de famosos e celebridades. Tem sempre uma fila enorme na porta!

Experimente o Pici

Fechando com chaves de ouro, temos o famoso e tradicionalíssimo Pici - de origem medieval e Toscana, que pode receber outros nomes em regiões diferentes da Itália, mas o modo de preparar é o mesmo. Ele é feito com farinha de trigo, água, sal e não leva ovos, como a maioria das massas italianas. Trabalhado à mão, é enrolado feito uma massinha com resultado final bem rústico e de espessuras diferentes. Delicioso!

Pici é um tradicional prato da Toscana
Eduardo Andreassi
Pici é um tradicional prato da Toscana


E, ao contrário do que muitos pensam e muitos outros desconhecem, explorar a Toscana é algo possível de ser feito em qualquer época do ano, afinal a riqueza e a variedade do ambiente proporcionam diversas oportunidades. É aconselhável a locação de um automóvel para locomover-se entre as cidades, sem deixar de lado as caminhadas. Somente assim poderá ter um contato mais direto com o povo italiano e entender o porquê o país sempre encanta.

Leia mais: 15 destinos pouco conhecidos que valem muito a visita

San Gimignano
Eduardo Andreassi
San Gimignano


Dicas de viagem:

  • Experimente vivenciar tudo isso com o Agroturismo, algo muito comum nessa  região. Muitas dessas vinícolas oferecem esse serviço.
  • Alugue um automóvel. Ainda que você se desloque de ônibus ou trem das grandes cidades até essas regiões, somente com um carro você poderá tirar o  máximo proveito em seu passeio.
  • Ponha Firenze ou Siena em sua rota como seu pitsop. Você vai amar.

Catedral de Duomo, em Siena, uma das igrejas mais lindas da Itália, datada de 1350
Eduardo Andreassi
Catedral de Duomo, em Siena, uma das igrejas mais lindas da Itália, datada de 1350

Agora, é só planejar, realizar e viver um pouco de Toscana!

_______________________________________________________________________________________________________

Roberto Rodrigues é colunista do iG Turismo
Arquivo pessoal
Roberto Rodrigues é colunista do iG Turismo

* Roberto Rodrigues é jornalista, empresário, bon vivant, adora viajar, conhecer lugares e pessoas. Apreciador da gastronomia e frequentador dos melhores botecos, pubs, bistrôs do mundo. Completamente apaixonado por Las Vegas, Miami, New York e Europa, ele divide aqui no iG suas experiências e dá dicas de como tirar proveito em viagens, seja no Brasil ou exterior.