A imagem foi encontrada no fundo do lago Mari Menuco
eprodução/LM Neuquén
A imagem foi encontrada no fundo do lago Mari Menuco

A estátua de um minotauro de cerca de 1,5 metro foi encontrada no fundo do lago Mari Menuco, assustando moradores e turistas da cidade de Neuquén, na Argentina. Quem se deparou com a imagem foi um homem identificado pelo jornal local LMNeuquén sob o pseudônimo de Cristian. Quando o viu pela primeira vez, ele estava passeando de caiaque pelo lago em abril junto com a família. 

Após chegar à costa, Cristian chamou o primo e eles voltaram ao ponto em que viram a escultura. Eles entraram na água para chegar o mais perto possível, mas não conseguiram movê-la ou tirá-la do lugar. Cristian encontrou uma máscara junto à escultura e começou a pesquisar a origem das imagens, assim como a equipe da reportagem da LMNeuquén. Descobriu-se um antigo conceito local que faz parte da cultura mapuche, gen ko, uma espécie de energia ou entidade protetora da água para quem os antigos nativos da região pediam permissão antes de entrarem em contato com este elemento da natureza. 

A equipe do jornal também encontrou dois artistas locais – que mantiveram a identidade em sigilo – e responsabilizam-se pelas peças. Eles revelaram que instalaram o minotauro em fevereiro deste ano. Os artistas contaram com um terceiro amigo que ajudou a projetar tanto a estátua quanto a máscara digitalmente. Eles procuraram por um ser sobrenatural que protegesse as águas afim de fazer um alerta ambiental.

Siga o perfil geral do Portal iG no Telegram.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários