Brandi destaca o manuseio do pão e dos waffles como pontos mais preocupantes
Reprodução/TikTok
Brandi destaca o manuseio do pão e dos waffles como pontos mais preocupantes

A ex-funcionária de um hotel no Tennessee, Estados Unidos, divulgou os motivos pelos quais os hóspedes deveriam parar de tomar o café da manhã em hotéis menos luxuosos. O vídeo que advertência que Brandi Augustus produziu tem 1,5 milhão de visualizações no TikTok: “Se o seu hotel serve, tipo, um café da manhã continental quente ou qualquer coisa - ovos, waffles, coisas assim - não coma essa merda”, diz no vídeo. Brandi trabalhou no setor de hospitalidade da recepção e como auditor noturno por 15 anos.

Ela explicou que, enquanto auditor noturna, ela era ensinada a utilizar uma “toalha de papel” durante a noite para fazer a limpeza, desde as mesas até as espátulas. A principal preocupação é com o manuseio dos pães, disse ao Jam Press. “Não foram usadas luvas e as mãos não foram lavadas - e este era um alimento que foi retirado do buffet na manhã anterior, então quem sabe quantos pares de mãos tocaram tudo”, contou. Brandi também recomendou permanecer distante das salsichas, já que “a salsicha não deve ser cinza”.

Aparentemente o auge da contaminação são os waffles que, além de nem sempre serem limpos pelos funcionários, as sobras da massa são reutilizadas até que ela comece a “cheirar cerveja”, de acordo com o vídeo de Brandi. “Quando me disseram para cheirar a massa de waffle para verificar se ainda estava boa, simplesmente perdi todas as esperanças”, declarou ao Jam Press sobre uma sessão de treinamento. “Isso azedou completamente meu estômago, já que a massa tinha um leve cheiro, mas o recipiente estava um pouco cheio pela metade - então, em vez de desperdiçar a massa velha, me disseram para apenas misturar uma nova massa e o cheiro iria embora”. No vídeo, Brandi diz ainda que “estou apenas tentando evitar que vocês tenham dor de cabeça” ao divulgar tais informações.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários