Tamanho do texto

Segundo viúva, a ideia de levar o marido nas viagens surgiu de uma conversa pouco antes dele morrer. E ela já faz planos para os próximos roteiros

Michelle Bourke, de 58 anos, viaja pelo mundo com um pedaço de papelão do seu falecido marido para honrar a promessa de que iriam viajar juntos. A viúva encomendou uma imagem em tamanho real de Paul Bourke, baseada em uma fotografia de seu casamento há quase 30 anos, após sua morte por câncer aos 61 anos em 2016.

Leia também: Brasileiro larga tudo para dar volta ao mundo e, agora, ganha dinheiro com isso

Michelle Bourke
Reprodução/Instagram
Na foto, Michelle Bourke está em Stonehenge. Ela viaja pelo mundo e faz registros com um papelão do marido falecido

A viúva já levou a impressão, que pode ser dobrada facilmente para caber em sua bolsa, para Nova York, Tailândia e alguns pontos turísticos como Palácio de Buckingham, em Londres, na Inglaterra, e a Torre Eiffel, em Paris, na França e muitos outros lugares. 

Em entrevista à agência SWNS , Michelle, que vive em Melbourne, na Austrália, diz que a ideia surgiu depois de uma conversa com seu marido pouco antes de sua morte. “Paul perguntou: ‘o que você vai fazer quando eu for embora?’. Eu disse: ‘Vou arrumar uma imagem sua e levar para tirar fotos de nós em diferentes países’”, conta.

12 meses após a morte do companheiro, a australiana passou por todo um trajeto com o papelão de Paul. “Visitamos Paris, Londres, Edimburgo, País de Gales, Dublin, Somerset. Stonehenge foi uma experiência incrível, porque eu realmente queria ir para lá. Estava silencioso, mas com muito vento e eu tive que impedir Paul de ‘sair voando’. Me senti em casa”, diz.

Leia também: Homem visita todos os 198 países do mundo e recomenda os 12 imperdíveis

Ela ainda contra outras experiências ao viajar pelo mundo . “O Grand Canyon, nos Estados Unidos, era espetacular. A energia lá era linda, pacífica e calma. Paris foi incrível porque Paul e eu sempre quisemos ver a Torre Eiffel. Quando eu vi, chorei. Foi lindo. No caminho de volta para a Austrália, visitei Cingapura para relaxar”, ressalta.

A história de amor do casal

Michelle Bourke
Reprodução/Instagram
Michelle já passou por diversos locais e, no final deste ano, pretende ir para o Reino Unido com outro papelão do marido

Michelle tem dois filhos com Paul: Sarah, 24, e Matthew, 26. O homem também era pai de Brendan, 36, e Garry, 38, de seu antigo relacionamento. Os dois se conheceram no trabalho e se tornaram amigos antes de partir para uma relação amorosa quando seus antigos casamentos chegaram ao fim.

“Paul era meu melhor amigo e alma gêmea. Estávamos muito confortáveis um com o outro. Ele era divertido, peculiar e tinha um estranho senso de humor. Ele falava bastante e me seguia pela casa contando as mesmas histórias várias e várias vezes. Gostava de contar piadas em volta da mesa de jantar”, expõe a viúva.

Em 2008, Bourke foi diagnosticado com melanoma, um tipo de câncer de pele, após descobrir uma grande erupção no pescoço. Ele entrou em remissão, mas em 2010 desenvolveu  linfoma não-Hodgkin.

Os médicos disseram que a condição não estava relacionada à doença anterior. Ele também fez radioterapia, mas, em 2014, teve melanoma novamente, que se espalhou para a coluna e o cérebro.

Leia também: Filho leva mãe para 20 destinos para ajudá-la a superar a morte do marido

Após sua morte em 20 de maio de 2016, a viúva  ainda escreveu um livro sobre seus últimos anos com o parceiro.

E engana-se quem pensa que a missão de viajar pelo mundo já está completa. Ela pretende continuar com os roteiros turísticos, mas agora com um "novo Paul". “O Paul com quem estou viajando está caindo aos pedaços. Vou substitui-lo por um novo para a próxima viagem”, finaliza. Michelle pretende voltar ao Reino Unido, no final deste ano, já com a nova versão do papelão do marido.