Tamanho do texto

O prêmio estava descrito no contrato e faz parte de uma campanha da seguradora para incentivar seus segurados a lerem o que estão assinando

Você costuma ler todos os termos e condições quando vai fechar um contrato? A maioria das pessoas não leem, e isso é um erro porque elas não sabem o que estão assinando. A professora Donelan Andrews sabe bem disso e, como de costume, foi ler as letras miúdas do seu contrato de seguro viagem e acabou descobrindo que tinha ganhado um bom prêmio em dinheiro.

Leia também: Seguro viagem: veja tipos, garantias e coberturas deste serviço 

Donelan Andrews ganhou 10 mil dólares porque leu todo o contrato do seguro viagem
Divulgação Squaremouth
Donelan Andrews ganhou 10 mil dólares porque leu todo o contrato do seguro viagem

De acordo com informações do portal britânico The Sun , Donelan, que vive na Geórgia, nos Estados Unidos, ganhou um prêmio de 10 mil dólares (em torno de R$ 38,4 mil) porque ela foi a primeira pessoa que leu do início ao fim o contrato do seguro viagem .

O concurso faz parte de uma campanha feita pela empresa Squaremouth chamada “Pague para ler”. O intuito é conscientizar as pessoas a não contratar um serviço sem entender os termos e condições. A campanha secreta durou apenas 23 horas, mas muitas pessoas perderam o prêmio porque não leram o que estavam contratando.

Leia também: Vale a pena contratar um seguro viagem para doenças preexistentes?

Detalhe no contrato do seguro viagem

A empresa fez esse concurso para incentivar as pessoas a lerem e entenderem que tipo de seguro viagem estão contratando
Divulgação Squaremouth
A empresa fez esse concurso para incentivar as pessoas a lerem e entenderem que tipo de seguro viagem estão contratando

A empresa inseriu uma linha na página sete do contrato informando sobre o prêmio de 10 mil dólares. “Nos últimos 16 anos, aprendemos que muitos viajantes compram um seguro de viagem e apenas assumem que estão cobertos se alguma coisa der errado, sem realmente ler os detalhes de sua política. No entanto, isso geralmente leva a reclamações por perdas que não são cobertas”, comenta a empresa.

Essa falta de informação é uma das maiores razões pelas quais muitos dos pedidos dos segurados são negados. De acordo com a empresa, foram vendidas 65 apólices após a campanha ser lançada. A professora foi a única que leu as letras pequenas e, por isso, saiu na vantagem. Agora, ela pretende usar o dinheiro para fazer uma viagem de aniversário de casamento de 35 anos para a Escócia.

Leia também: Entenda as vantagens de um seguro viagem para gestantes

Vale ressaltar que existem vários tipos de seguro viagem e os valores entre eles podem variam muito. Por isso, é muito importante ler e saber qual é a cobertura do plano que está contratando, pois se surgir um imprevisto na viagem você pode ter grandes gastos adicionais.