A Liberdade é um bairro japonês na região central de São Paulo.
Reprodução
A Liberdade é um bairro japonês na região central de São Paulo.

O bairro da Liberdade, com forte influência dos imigrantes japoneses, é um dos principais pontos turísticos de São Paulo. No entanto, a região concentra um enorme leque cultural: chineses, coreanos, tailandeses e taiwaneses também têm uma forte presença no local. Além disso, o bairro também é um lugar importante para os negros.

Antes chamado de “Largo da Forca”, a região possui um passado triste e era palco de execuções de homens escravizados fugitivos dos senhores escravocratas. Entre as décadas de 1940 e 1980, as escolas de samba Lavapés Piratas Negros e Paulistano da Glória tinham vários adeptos descendentes dessa época. 

A chegada dos japoneses se iniciou no começo do século 20, que migraram para o Brasil em busca de melhores oportunidades. Hoje, calcula-se que cerca de 1,5 milhão de japoneses e descendentes residem no país, a maioria se dividindo entre os estados de São Paulo e Paraná. 

Com uma diversidade cultural tão vasta, o bairro reserva diversas atrações para os turistas. São restaurantes, bares, lanchonetes e lojas com os hábitos e características que os orientais trouxeram para o Brasil. É preciso um dia inteiro, ou mais, para conhecer cada atividade que a Liberdade oferece. 


Feirinha da Liberdade

A feira aberta da Liberdade funciona aos finais de semana, com opções de artesanato, comidas típicas japonesas e chinesas, como yakissoba e bolinhos de polvo, além de barracas de roupas e outros itens como action figures e mangás. 

Jardim Oriental

Quem passar rapidamente em frente ao Jardim Oriental pode até não perceber o pedaço de calmaria em meio à agitação da Liberdade. Apesar de pequeno, possui belos jardins orientais e um lago com carpas. Ele é aberto diariamente, das 10h às 16h, e a entrada é gratuita.

Leia Também

(Continue a leitura logo abaixo)  

Leia Também

SoGo Plaza Shopping

SoGo Plaza Shopping é uma galeria recheada de lojas com itens da cultura oriental. Artigos como kimonos, peças de decoração, obras de arte e vestuário podem ser encontrados ali. Há também opções com eletrônicos, cosméticos e fantasias. É muito buscado principalmente pelos fãs de K-Pop, anime e personagens da cultura pop.

Empório Azuki

O Empório Azuki é um grande mercado que comercializa diversos produtos da culinária oriental. Desde doces sul-coreanos até bebidas japonesas, pode-se encontrar diversas opções diferentes no local.

Livraria Sol

Uma das livrarias mais antigas do bairro, inaugurada em 1949. Especializada em literatura oriental, nela é possível encontrar livros, revistas e mangás importados do idioma original. Além da loja física, a Livraria Sol também vende as publicações de forma on-line, pelo site. 

89°C Coffee Station

Aos fins de semana, principalmente, o café 89°C Coffee Station atrai várias pessoas, chegando a acumular filas do lado de fora. O local tem um cardápio variado que conta com doces japoneses, lanches salgados e cafés. O nome foi escolhido por 89ºC ser a melhor temperatura para se preparar um café. 

Coffee Selfie

A cafeteria Coffee Selfie proporciona uma experiência diferente aos visitantes: lá pode-se tomar uma xícara de café com a sua foto na espuma. Qualquer imagem pode ser colocada na bebida, fotos dos familiares, de um ídolo, do pet ou até mesmo uma frase. Também é possível consumir bolos, brigadeiros e salgados. 

Eat Asia + Hello Kitty

Local encantador para as crianças, o Eat Asia + Hello Kitty é um restaurante todo inspirado na personagem japonesa. A Hello Kitty se encontra na decoração, no cardápio e nas mesas. O local possui hambúrgueres de carne ou veganos, mas também apresenta várias opções como yakisoba, karaage, guioza, pokes, temaki, hot bomb, sushi, sashimi e hot rolls.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários