Viagem de trem com pets
Divulgação
Viagem de trem com pets

Um dos maiores problemas dos tutores  na hora de viajar é pensar onde deixar o pet. Além de ser um lugar confiável, que o bichinho fique bem, a saudade dele bate forte. 

Mas, existem alguns passeios e viagens que podem ser feitos com os bichinhos de estimação! Uma das alternativas são alguns casos de trens turísticos que possuem vagões aonde os pets podem acompanhar seus tutores. 


Uma das empresas a disponibilizar esse serviço, é a Serra Verde Express. A ideia surgiu em 2019 e tem dois trens com vagões pet friendly. O primeiro trajeto é Curitiba-Morretes, no Paraná e a estrada de ferro conta com mais de 41 pontes, centenas de pontilhões, 13 túneis e viadutos de grande destaque, como a Ponte São João e o Viaduto do Carvalho.

Esse trajeto tem muito contato com a fauna e flora da Serra do Mar Paranaense, na maior área contínua de Mata Atlântica preservada do país.

A outra opção de vagão pet oferecido pela empresa é no Trem Republicano, que percorre o roteiro histórico entre as cidades de Itu e Salto, no estado de São Paulo.

Para viajar é simples, basta comprar o ingresso, que variam de R$ 77 a R$ 135 por pessoa, para o vagão pet friendly e os tutores devem apresentar a carteira de vacinação do pet em dia e autorização de um veterinário.

O pet conta ainda no trem com cinto de segurança e adaptação do ambiente para uma boa experiência.

Você viu?

Vagão adapatado para viajar cães e gatos
Divulgação
Vagão adapatado para viajar cães e gatos


 Como são os vagões adaptados?


O diretor geral da Serra Verde Express, Adonai Aires de Arruda Filho, explica que é possível até 17 animais por vagão. Cada compartimento possui poltronas feitas para os bichinhos, com assentos feitos de tecido impermeável e cinto de segurança. 

“Os ambientes contam com piso de textura leve e impermeável, dando mais segurança na movimentação, além de tapetes higiênicos e potes com água. Na varanda, o piso foi feito com borracha reciclável, pensando nas patinhas de cães e gatos. E, claro, o trem conta com o conforto e estrutura para os turtores”, explica. 

Os vagões ainda têm um piso impermeável, que facilita a locomoção dos animais, além de tapetes higiênicos e potes com água. Na varanda, o piso foi feito com borracha reciclável, pensando nas patinhas de cães e gatos. Durante o trajeto, os animais ainda recebem um kit lanche.

Vagão de trem
Divulgação
Vagão de trem


Protocolos do coronavírus

Além de todos os cuidados para o bem estar dos tutores e dos pets, o passeio também segue todos os protocolos exigidos por conta do coronavírus. Além de um sistema de nebulização dos trens.

Eles também têm um controle para plataformas e saguões, embarques orientados, máscaras de proteção dupla, álcool em gel disponível para colaboradores e passageiros, cumprimento de todos os protocolos de distanciamento e orientação e treinamento frequente a todo o operacional. Além disso, os trens estão operando com capacidade reduzida.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários