Os destinos mais românticos para passar a lua de mel em segurança sem sair do país
Pexels/Asad Photo
Os destinos mais românticos para passar a lua de mel em segurança sem sair do país


O casamento é um momento importantes da vida de uma pessoa e a viagem de  lua de mel faz parte disso. É o momento em que o casal tem de curtir e celebrar a dois a nova união. No entanto, quem trocou alianças durante a  pandemia pode enfrentar alguns obstáculos e até ter receio de visitar outros lugares. Por isso, o iG Turismo separou 8 dicas de destinos para visitar na lua de mel, sem aglomerações e sem precisar sair do país.


1- Ilha de Marajó, Pará

Destino é mais reservado e tem menos chance de ser ponto de algomerações
TripAdvisor
Destino é mais reservado e tem menos chance de ser ponto de algomerações


Se você e seu par são fãs de ambientes praieiros e muitas aventuras, a Ilha de Marajó , que faz parte do município de Soure, no norte do Pará, pode ser uma opção. O local é a maior ilha fluviomarinha de todo o mundo e é cercada pelas águas do Rio Amazonas , Rio Tocantins e do Oceano Atlântico. É um ótimo lugar para aproveitar uma linda vista e evitar aglomerações, já que é fácil encontrar águas desertas, além de igarapés e mangues.

Um dos pontos turísticos mais conhecidos é a Praia de Barra Velha, que fica a 3 km do núcleo urbano e possui uma vegetação de manguezais de grande porte. O local só tem acesso por uma rodovia, tem uma infra-estrutura modesta e é uma excelente opção para quem gosta de tranqüilidade por ser pouco freqüentada.

A Praia do Mata-Fome, também conhecida como Garrote, fica a 5 km da cidade e é caracterizada pela vegetação com manguezais . O acesso também é pela rodovia, parte a pé, mas a paisagem compensa o esforço. O local foi descoberto recentemente e ainda é pouco visitado.

Passear de barco em meio aos igarapés de Salvaterra e Soure (R$ 50 em média) também é uma excelente opção de turismo em segurança. No percurso, é possível ver uma grande diversidade de plantas, pássaros e, com sorte, dá para observar macacos, botos rosa e até os búfalos se banhando no rio. 

Por falar neles, também é possível passear no lombo do búfalo, já que o estado do Pará possui um vasto rebanho dos animais.

2- Jalapão, Tocantins

Piscinas naturais e contato com a natureza são marcas do Jalapão
Divulgação/Vivalá
Piscinas naturais e contato com a natureza são marcas do Jalapão


Antes de começar, vamos esclarecer: o parque estadual do Jalapão é uma unidade de conservação brasileira de proteção integral à natureza, com 34 mil km², e fica entre os municípios de Mateiros e São Félix do Tocantins. Lá, o visitante pode encontrar dunas douradas, paisagens grandiosas, fervedouros e cachoeiras com quedas de até 15 metros e ainda se aventurar em esportes radicais.

Um dos momentos mais incríveis da viagem ao Jalapão é assistir ao pôr do sol nas dunas  de areia alaranjada e na Pedra Furada, um ótimo clima de romance para curtir a dois. Para quem curte aventuras, vale subi até o topo da Serra do Espírito Santo e fazer rafting pela Cachoeira da Velha e banhar na Cachoeira do Formiga. 

Outro passeio muito especial são as águas transparentes dos fervedouros, onde os visitantes podem flutuar naturalmente. O fenômeno raro faz brotar água em um chão arenoso e sai com tanta pressão que o turista boia sem muito esforço. Mesmo sem saber nadar, podem ficar tranquilos que vão ficar na superfície.

Algumas dicas fundamentais para curtir a região é alugar um carro com tração nas quatro rodas porque vocês vão chegar a lugares de difícil acesso, contratar um guia turístico, reservar campings e pousadas para se hospedar.

3- Canoa Quebrada, Ceará

Canoa Quebrada já foi cenário de novelas e filmes
shutterstock
Canoa Quebrada já foi cenário de novelas e filmes


Cenário de filme ("Bela Donna", de Fábio Barreto) e novela ("Malhação", em 2009), Canoa Quebrada pertence ao município de Aracati, no Ceará, e é um destino conhecido para quem adora praia e destinos menos óbvios. A cidade é quente o ano todo e o clima é rústico, com diversas paisagens rochosas e muitas dunas de areia, de onde dá para apreciar um pôr do sol super romântico.

Para os aventureiros, o passeio de bugue pelas dunas pode ser feito em qualquer época do ano e curta em média R$ 250 para quatro pessoas. O veículo te leva a uma lagoa onde o visitante pode fazer esquibunda e tirolesa, com preços a serem consultados no local.  Outra opção são os voos de parapente que oferecem vistas deslumbrantes e custam R$ 150 por 15 minutos.

A vista da praia faz saltar o olhar pelas águas esverdeadas do oceano que banha a região. Se você quer algo mais tranquilo, uma boa opção são paseios de jangada por 30 minutos e que custam, em média, R$ 25 por passageiro.

Um pouco mais distante de Canoa, o Morro Branco é um das paisagens que atrai os visitantes da região. Lá é possível ver um labirinto esculpido na falésia, que é possível fazer a pé e chegar ao mar O labirinto atravessa a falésia e dá no mar. A região fica localizada a 2h30 de Fortaleza.

Você viu?

4- Maragogi, Alagoas

As águas claras de baixa maré de Maragogi proporcionam sossego
Divulgação/Pratagy
As águas claras de baixa maré de Maragogi proporcionam sossego


Águas cristalinas, altos coqueiros por toda parte e um clima propício para relaxar e esquecer do dia a dia. Para casais que querem passar a lua de mel com sossego, é isso que Maragogi é capaz de proporcionar. A cidade conta com piscinas naturais  e que tem maré baixa, o que torna o banho mais tranquilo.

Para começar, as melhores praias da cidade estão, justamente, no centro. A Praia de Maragogi, por exemplo, é um dos pontos turísticos mais importantes, mas normalmente está lotada, então fuja. Aqueles locais de mar cristalino das piscinas naturais ficam um pouco mais afastados da cidade. 

A paz está em fazer passeios até as piscinas naturais em barcos menores que saem das praias mais ao norte de Maragogi, como Barra Grande. O preço é bem acessível. O local faz parte da APA Costa dos Corais, uma área de proteção ambiental de 120 km que se estende até o litoral de Pernambuco. 

Muito cuidado com os vendedores que virão oferecer passeios essas piscinas. Dê sempre preferência aos pontos de venda físicos ou de agências com indicação para que você tenha onde reclamar, caso tenha problemas. Aqueles preços muito abaixo do mercado podem ser uma verdadeira cilada. Se não tiver um snorkel, o preço do aluguel é, em média, R$ 15. Comprar um desses sempre é a melhor opção.

A culinária de lá também é muito buscada pelos frutos do mar e peixes fresquinhos.

5- Bonito, Mato Grosso do Sul

Grutas, cavernas, mergulho e escalada são atrações em Bonito
shutterstock
Grutas, cavernas, mergulho e escalada são atrações em Bonito


Se você e seu par adoram conhecer cavernas e grutas, amam cachoeiras e adoram se aventurar no fundo do mar, considere ir para Bonito. O destino conta com diversas opções para quem quer cair de cabeça em aventuras debaixo d’água, desbravar trilhas, fazer caminhadas e até mesmo escalar as rochas.

Para dizer que esteve no município sul-matogrossense, o casal precisa vistiar ao menos um parque de cachoeiras, uma caverna e fazer uma flutuação. No total, são 46 passeios credenciados, entre eles, a Gruta do Lago Azul é uma das paisagens mais impressionantes. O poço de água azulada tem 90 m de profundidade e a caverna tem dezenas de estalagmites, estalactites e colunas, formadas ao longo de centenas de anos.

Outro passeio imperdível é a flutuação nos rios, como o Rio Sucuri ou no Aquário Natural. Lá você pode observar a paisagem subaquática com snorkel, mas não pode mergulhar. 

Reserve um tempo maior para fazer as trilhas e visitar um parque como o das Cachoeiras, o Cachoeiras Serra da Bodoquena ou o Boca da Onça, que possui a maior queda d’água do Mato Grasso do Sul. Se a ideia é mais aventura, o casal pode optar pelo rapel no Abismo Anhumas ou a tirolesa no Parque Ecológico. 

Uma atividade mais tranquila é o Boia Cross em que os visitantes são levados pelo fluxo do rio.

6- Penedo, Rio de Janeiro

Penedo é chamada de Pequena Finlândia pelo clima frio e ares europeus
Divulgação/Booking
Penedo é chamada de Pequena Finlândia pelo clima frio e ares europeus


Ao contrário do clima de calor e praia da Cidade Maravilhosa, o estado do  Rio de Janeiro também abriga destinos mais fresquinhos e isolados para quem adora frio. É o caso de Penedo, que também é chamada de Pequena Finlândia. O local é um bairro e parque ecológico do município de Itatiaia, no sul do estado do Rio e é marcada por seus chalés coloridos, pelo clima super romântico e pelas paisagens intagramáveis - como uma rua com vários guarda-chuvas coloridos suspensos.

A região é repleta de cachoeiras como a Serrinha do Alambari, de Deus, Poço das Esmeraldas, do Céu e os poços do Céu e do Dinossauro. Para conhecer a maior desses lugares, você vai precisar alugar um quadricilho por um preço médio de R$ 120 (o casal). 

Outro ponto turístico que vai te deixar bem longe das aglomerações é o Pico do Penedinho que reserva adrenalina com belas paisagens. O mirante tem um pôr do sol perfeito, mas para conseguir chegar até lá, vocês precisarão retirar uma autorização na Casa do Chocolate, que fica no centro da cidade. 

O Parque Nacional do Itatiaia fica a 18 km da cidade e concentra pontos importantes da região como o Pico das Agulhas Negras, o quinto mais alto do Brasil, e a Cachoeira Véu de Noiva.

7- Ilha do Mel, Paraná

Ilha do Mel tem clima romântico e tranquilo
Reprodução
Ilha do Mel tem clima romântico e tranquilo


Antes de partir para este paraíso, saiba que o acesso é restrito, então é importante sair com bastante tempo de antecedência. Só para chegar ao local, você precisa chegar por balsa, o que pode demorar até 5 horas.

Com seus vilarejos coloridos e nenhum asfalto a vista, a Ilha do Mel, localizada na cidade de Paranaguá, é um verdadeiro paraíso para se passar a lua de mel por estar afastada de tudo e proporcionar muita tranquilidade. São mais de nove praias que são propícias para surfar, nadar, relaxar ou só observar a bela paisagem.

Lá vocês também vão encontrar a Gruta das Encantadas, na Praia da Boia, uma formação rochosa esculpida pelo mar em uma rocha preta, e piscinas naturais. À noite, é possível admirar as estrelas na areia e curtir luaus deitado na areia. Tem como ser mais romântico?

Chegar à Praia de Fora e subir o Farol das Conchas também é uma boa pedida para admirar a paisagem. Além dessas paisagens, conheça também as praias do Istmo, do Limoeiro e do Farol. Não perca também a Fortaleza de Nossa Senhora dos Prazeres e a Baía dos Golfinhos, onde é possível observar vários deles nadando livres na natureza.

8- Gramado, Rio Grande do Sul

Intimista, Gramado é uma das cidades brasileiras queridinhas para passar a lua de mel
shutterstock
Intimista, Gramado é uma das cidades brasileiras queridinhas para passar a lua de mel


Quando o assunto é lua de mel, Gramado, que fica na Serra Gaúcha, não pode ficar de fora. A cidade é ideal para passeios a dois pelo seu clima apaixonante e intimista. É uma ótima opção para recém-casados que querem curtir a companhia um do outro e aproveitar um clima mega íntimo e privado.

Além da arquitetura alemã, o frio propicia atividades como ficar em frente à lareira, comer fondue e degustar um chocolate quente. Além disso, os visitantes também podem conhecer as fazendas de uva, participar da pisa das frutas e assistir a produção de vinhos.

Um passeio imperdível é o Cânion Itaimbezinho, uma formação rochosa que é um dos cartões-postais gaúchos e impressiona pela imponência. São 720 m de altura de pura rocha e ideal para quem quer fugir do calor. O local fica no Parque Nacional de Aparados da Serra.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários