Tamanho do texto

Veja 4 opções de destinos diferentes e acessíveis no interior pernambucano para quem quer inovar no roteiro

Conhecer o Nordeste no verão não é uma novidade para os brasileiros. Entre as belíssimas praias e o carnaval popular, porém, o estado de Pernambuco oferece destinos menos conhecidos e tão atrativos quanto, com opções de aventura, gastronomia e até enoturismo do litoral ao Sertão. 

Leia mais: Saiba qual é a praia mais procurada de 2020 e o que fazer por lá

Confira algumas dicas de roteiros diferentes para visitar em Pernambuco

Pernambuco além das praias #1: Parque Nacional do Catimbau

vale arrow-options
Reprodução/Shutterstock
Vale do Catimbau reúne história e aventura, com pinturas rupestres de mais de 6 mil anos

Se em vez de um guarda-sol na areia branquinha você prefere o turismo de aventura , o Parque Nacional do Catimbau - Um complexo de mais de 62 mil hectares de serras e rochas a 182 km do Recife - é o destino ideal para você em Pernambuco. O lugar é cercado pela caatinga, vegetação característica do Sertão brasileiro. 

Além das trilhas, que vão das mais íngremes às mais leves, o Catimbau também oferece diversos sítios arqueológicos, com cemitérios históricos e pinturas rupestres com mais de seis mil anos.

Para conhecer o Parque, cujo acesso é gratuito, é recomendado contratar um guia turístico na associação de guias da cidade de Buíque, que fica a 11 km do destino. Buíque, por sua vez, está a cerca de 300km de Recife, capital do Estado. 

Pernambuco além das praias #2: Gravatá

cidade arrow-options
Reprodução/Prefeitura de Gravatá
Gravatá, no Agreste pernambucano, possui um clima curioso com temperaturas que chegam aos 10 graus

Já para quem busca a tranquilidade e gastronomia que as cidades no interior do Nordeste conseguem oferecer, o município de Gravatá não pode ficar de fora do roteiro . O local fica no caminho de Recife para Buíque, a menos de 100km da capital, e se destaca pela ótima estrutura hoteleira, com muitas hospedagens de campo no estilo hotel fazenda. O entorno também possui algumas trilhas ecológicas ideias para o contato com a natureza. 

Leia também: O que fazer em Fortaleza além das praias? 10 passeios para conhecer a cidade

Um aspecto curioso da cidade para os menos familiarizados com a região é o clima serrano, mais frio do que o restante do estado, com temperaturas que podem chegar aos 10 graus durante a madrugada. 

Pernambuco além das praias #3: Compras e boas comidas no Agreste

feira arrow-options
Reprodução/Sutterstock
Polo de confecções em Pernambuco atrai investidores e entusiastas da moda

Pernambuco também pode ser destino para compras. Conhecida como a “rota do jeans”, o trecho entre as três cidades no Agreste Pernambuco - Caruaru, Toritama e Santa Cruz do Capibaribe - produz peças de vestimenta que podem ser adquiridas no varejo por preços inacreditáveis. 

Além de peças de vestuário, a região também é destaque na produção de queijos - como coalho e manteiga - e na gastronomia em geral. Vale à pena visitar o Parque das Feiras, em Toritama, e a Feira de Caruaru. 

Para chegar até o local, uma sugestão é seguir de Recife para Caruaru - uma viagem de cerca de 2h30 de carro pela BR-232 - e de lá explorar as cidades vizinhas. 

Pernambuco além das praias #4: Petrolina

ponte arrow-options
Reprodução/Shutterstock
Petrolina, no interior do Estado, faz divisa com a Bahia

No Sertão do estado, já na divisa com a Bahia, destaca-se a cidade de Petrolina. Banhado pelo Rio São Francisco, o município é cercado de ilhas que são um prato cheio para o turismo, com águas próprias para banho e gastronomia singular. 

Leia mais: Os encantos de Natal e outras cidades praianas do Rio Grande do Norte

A produção de vinhos é outro atrativo do lugar. Com sete vinícolas espalhadas pela região, a cidade surpreende os que pensam que o clima semi-árido  de Pernambuco seria inapropriado para essa cultura. Em passeios guiados, é possível acompanhar todos os processos de produção dos vinhos e degustar rótulos exclusivos e exportados para diversos países.

Para chegar a cidade, a sugestão é seguir de avião. O voo de Recife para lá dura 1h20. Se preferir encarar a estrada, a sugestão é também pegar a BR-232 e continuar para a BR-438. De acordo com pesquisa no Google Maps, a rota mais rápida leva 9h30 entre um destino e outro.