Tamanho do texto

Pelo menos 10 mil pessoas devem visitar o parque em Vinhedo (SP). Gritos, demônios e um avião destruído compõem a cidade fictícia pós-apocalíptica

Evento deve atrair cerca de 10 mil pessoas arrow-options
Hopi Hari
Evento deve atrair cerca de 10 mil pessoas por dia



Com a presença de 4 mil pessoas, entre elas influenciadores digitais, o parque Hopi Hari, em Vinhedo, no interior de SP, abriu nesta quinta-feira (8) a programação da Hora do Horror 2019 com um espetáculo cheio de personagens de arrepiar.

Com ingressos no valor de R$ 129,90, os visitantes podem conhecer uma cidade cinematográfica devastada, que conta com a carcaça de um avião destruído depois da queda e gritos de pavor de demônios que perambulam pelas ruas. Tudo faz parte do cenário da Hora do Horror 2019 - em sua 20° edição -, que constitui mil anos do fim do mundo por causa dos sete pecados capitais. 

Para atrair ainda mais visitantes ao principal evento do parque no ano - realizado entre 8 agosto e 3 de novembro -, a direção do parque investiu R$ 2,8 milhões (em 2018, o valor foi de R$ 500 mil) e espera receber 10 mil pessoas por dia. 


Leia também: Hopi Hari divulga data e tema da "Hora do Horror 2019"

Todas as quintas-feiras, sextas-feiras, sábados e domingos do mês contarão com o espetáculo. A encenação envolve atores, bailarinos e performances em um show de horror coreografado em um palco de 16 metros de boca, cheio de efeitos especiais. Quem não quiser se assustar, pode ficar em lugares seguros, sem personagens. 

Ver essa foto no Instagram

detalhes 😍 #hopihari #horadohorror2019 #hdh2019 #apocalipse

Uma publicação compartilhada por Fã club Hopi Hari (@hopimaniako) em


O engenheiro Júlio César Palma, de 31 anos, se entusiasma com o tema sinistro desta edição. "Eu gosto muito de livros de terror. Fico imaginando se eu não vou encontrar o clima de 'As Ruínas'", diz, se referindo ao livro de um dos principais autores de literatura de terror,  o escritor norte-americano Scott Smith.


"A Hora do Horror é uma forma de fugir da realidade. É onde materializo algumas coisas que leio no cotidiano.  Não consigo deixar de levar pelo menos dois amigos, principalmente os mais medrosos", brinca. 

Baseado no livro bíblico Apocalipse , ao menos 150 atores representam o anticristo e seus quatro cavaleiros: Peste, Guerra, Fome e Morte. Os participantes devem se arrepiar com a cenografia da cidade fictícia Urb. 

Na 20° edição, a organização do maior evento com a temática do medo da América Latina garante que a Hora do Horror 2019 vai superar os anos anteriores em público e em experiência com o medo. 

A estudante de Publicidade e Propaganda de Suzano (SP), Hayla Almeida Paiva, de 20 anos, está ansiosa para conhecer um dos quatro túneis: Desmanche Mr. Call, Medical Clínica, Purgatório e Gruta das Visões. 

Paiva faz parte do Centro Acadêmico da Universidade de Mogi das Cruzes e ajudou na organização de uma caravana com 92 colegas. Os estudantes votaram e escolheram, por unanimidade em uma enquete que listou eventos em São Paulo, participar da Hora do Horror. "Sempre que sugerimos esse evento todo mundo vota a favor”, conta a estudante.  

De Campinas (SP), o administrador Clayton Carvalho, de 27 anos, já participa do evento há sete: "Quero ver os túneis e a caracterização dos atores".

O parque vai funcionar normalmente a partir das 11h. Às 18h30, o Hopi Hari dará lugar à devastação da cidade Urb. Os espetáculos começam às 20h30.

Serviço:

O que: A Hora do Horror - Apocalipse.
Quando: Entre 8 de agosto e 3 de novembro. 
Onde: Hopi Hari, na Rodovia dos Bandeirantes, KM 72, vinhedo - São Paulo. 
Valor: R$ 129,90.
Gratuidade: crianças com até 1 metro e idosos acima de 65 anos. 
Custo do estacionamento: R$ 40 para carros e R$ 25 para motos.
Compra de ingresso: pelo site www.hopihari.com.br, pela Central de Vendas (11) 4210-4000 e na bilheteria do site.