Tamanho do texto

A cidade conta com várias opções, que vão de observatórios gratuitos, como o do Sesc Paulista, e aos cheios de requinte, como o Terraço Itália; veja lista

O Sesc Paulista tem um dos mirantes mais incríveis da lista, com uma vista única da icônica Avenida Paulista
Reprodução/Facebook
O Sesc Paulista tem um dos mirantes mais incríveis da lista, com uma vista única da icônica Avenida Paulista

Já pensou em aproveitar a cidade de São Paulo do alto? Para isso não é preciso recorrer a caros passeios de helicóptero, por exemplo. A cidade conta com diversos mirantes que prometem agradar os mais variados públicos e bolsos. 

Leia também: Conheça a história da cidade de São Paulo através da arquitetura

A lista inclui mirantes com visitas pagas, outros gratuitos e vários com atrações para todas as idades, como restaurantes, música, eventos e mais. Ah, ainda há opção para quem ver a cidade e ainda explorar a natureza. Veja os detalhes:

Mirantes para curtir a vista de São Paulo

  1. Farol Santander, Edifício Altino Arantes, Centro
  2. Terraço Itália, Centro
  3. Tokyo 東京, Vila Buarque
  4. Sesc Avenida Paulista, Centro
  5. Alto da Harmonia, Vila Madalena
  6. HIPA TOUR, Holiday Inn Parque Anhembi, Marginal Tietê
  7. Pedra Grande, Cantareira

1.Farol Santander, Edifício Altino Arantes, Centro

O Farol Santander é um dos mirantes mais antigos de São Paulo, junto ao do Edifício Martinelli - que está fechado
Reprodução/Facebook
O Farol Santander é um dos mirantes mais antigos de São Paulo, junto ao do Edifício Martinelli - que está fechado

Para abrir a lista, um dos mirantes mais icônicos da capital paulista é o Farol Santander, no Edifício Altino Arantes - popularmente conhecido como prédio do Banespa

Além de apreciar a vista no mirante do 26˚ andar com direito a um cafézinho, os visitantes podem fazer manobras na pista de skate do 21˚ andar, locar o 8˚ andar para fazer encontros ou planejar eventos mais exclusivos no loft de 400 m2 do 25˚ andar, o qual comporta até 40 pessoas.

No site do Farol Santander é possível planejar sua visita de acordo com a experiência que quiser ter, e os ingressos podem ser comprados online ou na bilheteria, que fica aberta das 9h às 20h, de terça a sábado, e das 9h às 19h aos domingos.

Apenas a visita ao Hall de entrada é gratuita, e o edifício fica aberto para visitação das 9h às 18h entre terças e sábados, e das 9h às 17h aos domingos, com 2h de limite para permanência após o fechamento.

2. Terraço Itália, Centro

No alto do Edifício Itália, fica um dos mais famosos mirantes de SP: o Terraço Itália, um restaurante de primeira
Divulgação
No alto do Edifício Itália, fica um dos mais famosos mirantes de SP: o Terraço Itália, um restaurante de primeira

Mas talvez você queira aproveitar a vista de uma maneira mais intimista, saboreando uma boa comida ou curtindo um drink sofisticado. Nesse caso, o Terraço Itália, nos 41˚ e 42˚ andares do Edifício Itália, é uma boa pedida.

A Sala Nobre e a Sala São Paulo, ambas no 41˚ andar, proporcionam vistas panorâmicas da cidade, com destaque para a Av. Paulista e para a zona norte, respectivamente.

Para quem quiser uma vista ainda mais ampla, a Sala Panorama é ideal. É possível curtir a vista da Av. Paulista ao som de música ao vivo e dar um pulo no bar, que fica no mesmo andar. Para aproveitar a vista e a gastronomia, no entanto, é preciso fazer reserva pelo site do restaurante.

E se você estiver interessado em apenas visitar o Terraço do prédio, pode pagar R$30 para o acesso à área externa do restaurante das 15h às 19h, todos os dias da semana (exceto quando estiver chovendo). De brinde, você ainda ganha um drink da casa.

3. Tokyo 東京, Vila Buarque

Nem todos os mirantes ficam em arranha-céus: o Tokyo 011 fica entre os prédios do Centro, e por isso dá uma vista única
Reprodução/Facebook
Nem todos os mirantes ficam em arranha-céus: o Tokyo 011 fica entre os prédios do Centro, e por isso dá uma vista única

Se você prefere uma experiência mais descolada, o Tokyo 011 também tem muitas opções do que fazer para aproveitar uma vista excelente do coração do centro de São Paulo - inclusive do Edifício Itália.

No 9˚ andar do edifício, que é onde fica o terraço , há uma pista de dança que conta com a presença dos principais DJs da cidade e do Brasil. Nos outros andares também ficam restaurantes, espaço de karaokê e bar. Além disso, quatro andares do prédio são reservados para a incentivar atividades culturais como cinema, fotografia, música e até mesmo tatuagens.

A entrada no Tokyo 011 é paga, então a dica é ficar de olho no Facebook deles para ver quanto custa o ingresso para cada evento. O restaurante funciona das 20h às 03h, e o prédio fica aberto de quarta a sábado, das 18h às 05h - ou seja, você pode ver tanto o sol se por quanto nascer no Tokyo 011.

Para entrar durante o Happy Hour, até as 19h, não é preciso pagar. Porém, depois desse horário, quem tiver ingressos antecipados paga R$20. Aqueles que tiverem o nome na lista pagam R$35 - quem não tiver paga R$45. O valor da consumação é de R$90.

4. Sesc Avenida Paulista, Centro

Em mais dos mirantes da lista, a entrada é gratuita, mas é preciso pagar para consumir as coisas do cardápio do café
Reprodução/Facebook
Em mais dos mirantes da lista, a entrada é gratuita, mas é preciso pagar para consumir as coisas do cardápio do café

Continuando a lista, prepare-se para uma linda vista de uma das mais icônicas avenidas do Brasil: a Av. Paulista. A 62,45 metros de altura, o terraço do Sesc Paulista, que fica no 17˚ andar, marcará a sua memória - principalmente se você decidir ir lá para apreciar o por do sol.

O terraço também conta com um café para os visitantes fazerem um lanche ou passarem o tempo conversando enquanto apreciam a vista. A entrada é franca, então você não precisa se preocupar com agendamentos e ingressos.

Leia também: 10 opções de bate e volta para o interior de SP para fazer no fim do ano

Se quiser visitar esse mirante, porém, grave que ele fica aberto de terça a sábado, das 10 às 21h30 (com 30 minutos de tolerância) e das 11h às 18h30 aos domingos e feriados (também com 30 minutos de tolerância).

5. Alto da Harmonia, Vila Madalena

O Alto da Harmonia é um dos únicos mirantes da lista com direito a luneta para apreciar um ângulo diferente da cidade
Reprodução/Facebook
O Alto da Harmonia é um dos únicos mirantes da lista com direito a luneta para apreciar um ângulo diferente da cidade

Saindo do centro da cidade, um dos principais pontos da vida noturna paulistana também tem como te surpreender com as paisagens. O Alto da Harmonia é um bar e restaurante cujo terraço proporciona uma vista panorâmica da cidade, que pode ser vista em detalhes com um telescópio.

Segundo o site oficial do espaço, são cinco lounges em três andares diferentes, que comportam grupos grandes ou pequenos, seja pelo dia ou pela noite. As comandas são individuais, então você não precisa se preocupar em calcular quanto cada um gastou na hora de ir embora, e só é preciso pagar para entrar aos sábados após às 18h.

O local também conta com área para fumantes e aceita a entrada de animais de estimação. A trilha sonora conta com uma seleção dos gêneros de música eletrônica, deep house e pop house para você apreciar a vista enquanto curte um som com os amigos.

6. HIPA TOUR, Holiday Inn Parque Anhembi, Marginal Tietê

Novos mirantes continuam a surgir em São Paulo, como é o caso deste, no Holiday Inn Parque Anhembi, na Marginal Tietê
Divulgação/Alan Viana
Novos mirantes continuam a surgir em São Paulo, como é o caso deste, no Holiday Inn Parque Anhembi, na Marginal Tietê

Esse mirante foi entregue como um presente para o aniversário de 465 da  cidade de São Paulo  . Desde o dia 23 de janeiro, quem quiser ver a cidade das alturas conta com a opção no Holiday Inn Parque Anhembi.

O HIPA TOUR é uma visita guiada ao terraço do edifício, que proporciona vistas de pontos como o Aeroporto Campo de Marte, a Serra da Cantareira, o Sambódromo do Anhembi e a Ponte Estaiada da Marginal Tietê. As primeiras visitas já podem ser agendadas no site "Sympla".

7. Pedra Grande, Cantareira

São Paulo também tem mirantes naturais, como é o caso da Pedra Grande, localizada no Parque Estadual da Cantareira
Reprodução/Facebook
São Paulo também tem mirantes naturais, como é o caso da Pedra Grande, localizada no Parque Estadual da Cantareira

Do alto da Trilha da Pedra Grande, no Núcleo Pedra Grande do Parque Estadual da Cantareira, os visitantes poderão ver a cidade de São Paulo de norte a sul. Segundo informações do site da Secretaria do Meio Ambiente da capital, a trilha foi aberta originalmente por tropeiros na época do Brasil Colônia.

A trilha em si não é guiada e é de alta dificuldade. Mas aqueles que se arriscarem por ela irão ver de perto a riqueza da fauna e da flora da Mata Atlântica e serão recompensados com a bela vista da selva de pedra em mais dos mirantes da cidade. As visitas devem ser agendadas na sede da unidade, enquanto a trilha só pode ser feita aos sábados, domingos e feriados, das 8h às 15h.

Além dos mirantes, vela mais locais com belas vistas de São Paulo na galeria de fotos: