Tamanho do texto

Gastando pouco, é possível fazer um passeio pela metrópole mais importante do país e visitar as construções espalhadas por toda a cidade

Moderna, composta por imponentes construções, cheia de agito e atrações. A importante metrópole brasileira está prestes a completar 463 anos e celebrar a data sem gastar muito é possível. Você pode aproveitar o dia para realizar um roteiro arquitetônico e conhecer a história da cidade de São Paulo de uma forma diferente.

Descubra mais sobre a história da cidade de São Paulo em um passeio arquitetônico
Ana Paula Hirama
Descubra mais sobre a história da cidade de São Paulo em um passeio arquitetônico


Leia mais: 15 passeios bate e volta saindo de São Paulo

São muitas as opções de passeios e entretenimento na “terra da garoa”, mas em meio aos grandes prédios e arranha-céus, há muitas construções antigas que ajudam a contar a história da cidade de São Paulo . Com a mescla de tendências do passado com estilos arquitetônicos mais modernos, as edificações da cidade se tornaram bem ecléticas.  

“Como a cidade foi construída e reconstruída diversas vezes a partir do final do século XIX. Temos uma mistura de gêneros em diversos pontos, mostrando que, ao longo de sua história, predominou o ideal de que o novo é sempre melhor”, diz Antônio Soukef Júnior, professor do curso de Arquitetura e Urbanismo do FIAM-FAAM Centro Universitário.

Leia mais: Descubra quais são os 7 melhores lugares para tirar selfie em São Paulo

Quando se fala em prédios históricos é comum pensar no centro de São Paulo, mas o professor fala que essas construções podem ser encontradas em todas as partes da metrópole. “Bairros como o Butantã, Jabaquara e Campo Limpo abrigam edificações importantes, que ajudam a reconstruir a evolução arquitetônica da cidade”, afirma.

Estilos arquitetônicos

Quem busca voltar aos anos de 1600 e tirar fotos em lugares que remetem à época colonial devem fazer uma visita a Casa do Sítio do Capão , na Vila Formosa, e a Casa do Bandeirante , no bairro do Butantã.

Casa do Bandeirante é um exemplo de construção da época de 1600
Pinterest
Casa do Bandeirante é um exemplo de construção da época de 1600


Do final do século XIX até meados de 1920, as edificações passaram a ser mais ecléticas e incorporar o que era tendência em outros países. Antônio cita como exemplos de construções desse movimento a Casa das Rosas , no Paraíso, o Theatro Municipal , a atual sede do Centro Cultural do Banco do Brasil e a Estação Júlio Prestes , no Centro.

Theatro Municipal de São Paulo foi inspirado na Ópera de Paris
Getty Images
Theatro Municipal de São Paulo foi inspirado na Ópera de Paris


Hoje, a cidade é lotada de arranha-céus , mas nem sempre foi assim. Os primeiros foram construídos entre os anos de 1930 e 1940 e possuíam um estilo “art déco”. O professor explica que esse estilo tem como característica geometrizar as formas para dar uma ideia de movimento. Alguns exemplos de destaque são o Edifício Saldanha Marinho e a antiga loja Mappin , ambos no Centro.

As construções modernas se tornaram populares a partir de 1950. Nesse período, o uso de concreto e a ausência de decoração nas fachadas foram as mudanças mais notáveis. Na conhecida Avenida Paulista há dois exemplos clássicos: o Conjunto Nacional e o MASP .

O prédio do MASP foi projetado pela arquiteta Lina Bo Bardi
Marcelo N Valente
O prédio do MASP foi projetado pela arquiteta Lina Bo Bardi



Para ver o lado mais contemporâneo da cidade de São Paulo - com construções marcadas pelo uso da tecnologia, pela preocupação com questões de sustentabilidade e pelo uso de materiais modernos - são muitas as referências. O indicado pelo especialista é visitar as várias construções presentes nas avenidas Juscelino Kubistchek e Luís Carlos Berrini .