Tamanho do texto

A participação de Gleici no reality da Globo deu visibilidade para o estado da região Norte, que passou a atrair mais turistas para a capital do Acre

Desde o momento em que a Globo divulgou a lista de participantes do “BBB 18”, o Brasil se interessou pela vida de Gleici, a acreana que venceu o reality show e faturou R$ 1,5 milhão no mês passado. Com isso, o estado do Acre, que para muitos “não existia”, recebeu um novo olhar com a vitória da jovem e começou a atrair turistas.

Leia também: Eventos festivos na Região Norte atraem muitos turistas; veja 4 opções

A campeã do
Paulo Belote/Rede Globo
A campeã do "BBB" atraiu turistas para o Acre e orgulhou os que moram no estado e já foram vítimas de preconceito


Antes, o Acre era procurado apenas para o turismo de negócios, mas nunca deixou de oferecer opções de lazer aos moradores. A intenção, agora que os olhos estão voltados para a região norte do Brasil, de acordo com a Secretaria de Turismo do estado, é deixar esse outro lado em evidência. Rita Ramos, chefe do departamento de promoções e eventos de Rio Branco, garante que a receptividade dos acreanos é um dos pontos altos da cidade e deve ser mais explorado.

“Se você chegar perto de um vendedor de picolé e perguntar onde fica um lugar daqui, é capaz de ele se oferecer para te levar lá”, afirma ela. Para a acreana, Gleici representou muito bem o povo de sua terra natal, mostrou esse ponto forte que está no sangue de quem nasceu lá, e jamais será esquecida. “A participação dela no programa foi perfeita para a gente. Ela se tornou um ícone. Já tínhamos Chico Mendes e Marina Silva, agora ela entrou no meio”, argumenta.

O Parque Chico Mendes é indicado para passeios em família. Aos que gostam de fazer  piquenique, esse é o destino certo!
Secom/AC
O Parque Chico Mendes é indicado para passeios em família. Aos que gostam de fazer piquenique, esse é o destino certo!


Embora a casa de Gleici , localizada no bairro Baixada da Sobral, seja um dos locais mais procurados da capital Rio Branco por enquanto, Rita afirma que existem lugares bem interessantes para conhecer por lá. O centro da cidade, por exemplo, tem uma história rica e vende alimentos muito recomendados para quem deseja provar o tempero acreano e ainda por cima tirar belas fotos para as redes sociais.

Raissa Barbosa, a acreana que ficou conhecida após participar do concurso de “Miss Bumbum Brasil” do ano passado, garantiu o segundo lugar na competição e não dá para negar que entende de fotos boas. Com orgulho de ter nascido no mesmo estado que a campeã do “BBB”, ela recomenda a Praça da Revolução para quem for andar por lá com a intenção de registrar tudo em fotos.

Leia também: Ilhas localizadas no Norte do Brasil são destinos tranquilos; conheça cinco

A Praça da Revolução, no centro de Rio Branco, recebe muitos jovens no período da noite e é o lugar preferido de Raissa
Divulgação
A Praça da Revolução, no centro de Rio Branco, recebe muitos jovens no período da noite e é o lugar preferido de Raissa


“Meu lugar preferido em Rio Branco é a Praça da Revolução, no centro da cidade, que tem um tacacá maravilhoso e outros pratos típicos regionais”, afirma a moça, que pretende manter suas origens mesmo não estando mais no estado. Assim como Rita, Raissa diz que fica triste quando escuta piadinhas negativas sobre o Acre e acredita que tudo pode mudar após a vitória de Gleici, que, consequentemente, aumentou a atividade turística no estado.

“Essa piadinha que fazem, de que o Acre não existe, não tem nenhuma graça”, dispara. A chefe do setor de eventos de Rio Branco também se irrita e explica que essa fala não faz sentido algum. “Falam que o Acre é longe e, para nós, São Paulo também é. Nós existimos, somos os óculos do Brasil, e enxergamos tudo com nossas peculiaridades”, defende.

Dicas de passeios na terra da campeã do reality da Globo

A foto divulgada pela Secretaria de Turismo do estado mostra que o Acre também é procurado pelas belezas naturais
Secom/AC
A foto divulgada pela Secretaria de Turismo do estado mostra que o Acre também é procurado pelas belezas naturais


Além da Praça da Revolução, citada por Raissa, Rita também lembra do Parque Nacional da Serra do Divisor, que fica na fronteira com o Peru. “Lá tem uma torre que acabou de ser inaugurada para observação de pássaros. Também é o único lugar do país que possui geoglifos, que são desenhos geométricos na terra”, conta.

O fato de fazer fronteira com a Bolívia e o Peru também aumenta o fluxo de pessoas que passam pelo estado de Gleici e acabam se encantando com a região. Rita diz que vira e mexe encontra estrangeiros nas pousadas de Rio Branco e, por incrível que pareça, essas pessoas acabam conhecendo mais o Acre do que muitos brasileiros que se prendem ao preconceito de imaginar que o estado não oferece nada de interessante.

O comércio nas praças de todo o estado é bem intenso. No período da noite, os vendedores faturam bem e fazem a festa
Secom/AC
O comércio nas praças de todo o estado é bem intenso. No período da noite, os vendedores faturam bem e fazem a festa


Como toda cidade turística, o centro de Rio Branco é movimentado e tem um mercado novo, na beira do rio, que foi revitalizado há pouco tempo. No passado, os ribeirinhos paravam para vender o que produziam e foram responsáveis pela criação de uma certa tradição. Até hoje, quem for até lá consegue comprar de tudo: comida, acessórios, roupas etc.

A rua Gameleira, que foi a primeira rua da capital do Acre, também foi revitalizada e é um ótimo destino para quem gosta de curtir a noite. Com barzinhos, restaurantes e hotéis, os turistas podem aproveitar tendo certeza que nem sentirão falta de casa. Aos que gostam de ir um pouquinho mais longe, no entanto, Rita recomenda um passeio no centro histórico de Quixadá, onde a Globo gravou a minissérie “Amazônia” em 2006.

A autora Gloria Perez, que também é acreana, foi a responsável pela série
Carol Chediak/Rede Globo
A autora Gloria Perez, que também é acreana, foi a responsável pela série "Amazônia", que falou sobre o estado do Norte


“E ainda temos o Parque Chico Mendes, que é bem urbano, tem animais e a nossa fauna e flora. Lá tem um memorial que conta a história do Chico e ótimo para passear com a família, fazer piquenique”, explica a mulher. Sobre a casa de Gleici, Rita acredita que daqui a pouco param de ir até lá. A residência, que para ela não se difere de outras da periferia, fica em uma área perigosa.

Leia também: Conheça o Espírito Santo! O que fazer em Vitória e Vila Velha em apenas um di a

“Não se passa de uma casa normal. Muitas moças são como a Gleici, aqui na periferia de Rio Branco, e moram em casas parecidas. Acho que o lugar não tem potencial para virar ponto turístico”, afirma.

Ainda assim, Rita acredita que a campeã do reality show não deixará de ser um exemplo a ser seguido e é grata, como acreana, pela participação dela no programa da Globo: “Ela é aquela menina guerreira, que vai lá, enfrenta tudo e fala mesmo. A Gleici lutou pelo Acre .”