Tamanho do texto

O Santuário possui diversas atrações e locais ao redor que podem ser visitados. Veja também outras opções de destinos para os fiéis

No dia 12 de outubro é celebrado o Dia das Crianças, mas o feriado é uma homenagem a Nossa Senhora Aparecida. Ela é considerada a padroeira do Brasil e a devoção à santa leva milhares de fiéis a optarem por realizar passeios religiosos nessa data. Confira algumas dicas clássicas e conheça a história de uma devota que viaja em função da fé.

Fiéis visitam o Santuário de Nossa Senhora Aparecida no dia da santa
Divulgação / Prefeitura de Aparecida
Fiéis visitam o Santuário de Nossa Senhora Aparecida no dia da santa


Já planejou as férias? Veja os melhores destinos nacionais para cada mês do ano

O Brasil é um dos países mais católicos do mundo, e isso acaba sendo refletido no turismo religioso. Segundo dados do Ministério do Turismo (MTur), esse tipo de viagem movimenta cerca de R$ 15 bilhões por ano. O mês de outubro é um dos mais agitados, há diversas celebrações para Nossa Senhora Aparecida e outros santos em diversas regiões do país.

Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida

O principal destino para se visitar na data é o Santuário Nacional da santa que fica no município de Aparecida do Norte, cerca de 185 quilômetros da capital paulista. A basílica é a segunda maior do mundo e foi construída em 1955. Anualmente, o Santuário recebe 12 milhões de visitantes e para o dia 12 de outubro são esperados 160 mil pessoas.

Os devotos à santa costumam pagar promessas na basílica
Pinterest/ Carolina Torres
Os devotos à santa costumam pagar promessas na basílica


A basílica conta diversas atrações , como a sala de milagres, a imagem original encontrada pelos pescadores e a passarela da fé. Também há teleférico, aquário e uma ampla praça de alimentação. Outra indicação é visitar Porto Iguaçu, foi nesse local que santa apareceu, em1717, e fica próximo ao Santuário.

História de devoção

A devoção à santa faz com que fiéis façam a viagem a pé de São Paulo até o Santuário, subam a passarela da fé de joelhos ou com que visitem a basílica todos os anos no dia de Nossa Senhora Aparecida, como é o caso da contadora Fátima Aparecida Cardoso Machado. Em 1994, ela fez um voto de ir todo dia 12 de outubro ao local para agradecer as graças alcançadas.

“O que mais motiva ir é a minha fé em Nossa Senhora e também acho que é um sacrifício por ser muito lotado nessa data. Mas vale a pena pela emoção de estar na casa da nossa Mãezinha, já que esse dia que é todo dedicado a Ela”, conta Fátima.

A contadora diz que ela e o marido alcançaram uma graça muito grande e, em 2009, eles fizeram mais uma promessa: alugar um ônibus durante 12 anos e levar as pessoas sem cobrar pela passagem. “Já são oito anos e nenhum ano faltou lugar no ônibus, isso me deixa muito feliz. Faltam quatro anos para acabar a promessa, mas penso em continuar indo ao Santuário nessa data até quando eu viver”, expõe.

Círio de Nazaré

Círio de Nazaré é celebrado na capital paraense
Getty Images
Círio de Nazaré é celebrado na capital paraense


Outro destino muito procurado em outubro, de acordo com o Guichê Virtual, é a capital paraense, Belém . Desde 1793, acontece 15 dias de festa em homenagem a  Nossa Senhora de Nazaré . A festa conta com procissão, arraial, romarias e peregrinações, levando mais de dois milhões de fiéis ao local. Neste ano, as celebrações começaram no dia 9 de outubro.

Círio de Nazaré: por dentro da maior festa religiosa do Brasil

Pílulas do Frei Galvão

Mosteiro da Luz foi construído por Frei Galvão
Pinterest
Mosteiro da Luz foi construído por Frei Galvão


A 20 quilômetros de Aparecida do Norte, a cidade de Guaratinguetá também é um local de turismo religioso. Isso porque foi nesse local que viveu o primeiro santo brasileiro, Frei Galvão .

O santo se popularizou com as pílulas que oferecia com orações escritas dentro e ainda hoje é possível encontra-las na região. Você também pode visitar o Mosteiro da Luz, que foi construído pelo próprio Frei, além de conhecer a casa onde ele viveu e a catedral na qual foi batizado e realizou a primeira missa. Na igreja de Frei Galvão há um museu sobre a vida do santo.  

O que move é a fé

Um dos grandes objetivos do turismo religioso é fortalecer a fé dos devotos, às vezes o passeio é mais parecido com um sacrifício, já que nas datas especiais esses locais costumam ser muito lotados e de difícil acesso. Mas Fátima e outros tantos fiéis acreditam que tudo vale a pena pela fé que sente em Nossa Senhora Aparecida e em outros santos.